Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1075
Tipo do documento: Dissertação
Título: Caracterização e diagnóstico do uso da terra na Reserva de Desenvolvimento Sustentável de Uatumã, AM
Autor: Guimarães, Eduardo Rizzo 
Primeiro orientador: Viana, Virgilio Mauricio
Primeiro membro da banca: Pereira, Henrique dos Santos
Segundo membro da banca: Wandelli, Elisa Vieira
Terceiro membro da banca: Almeida, Luis Felipe Paes de
Resumo: A criação e a gestão de Unidades de Conservação são utilizadas prioritariamente como estratégias para conservar a biodiversidade, porém também devem contribuir com a promoção do desenvolvimento sustentável das populações que nelas habitam. Muitas Unidades de Conservação foram criadas nos últimos anos no Brasil, e especialmente na Amazônia, porém o planejamento e eficiência de gestão dessas áreas ainda exibem resultados pouco expressivos. Isso ocorre muitas vezes porque o planejamento não está intimamente ligado à dinâmica de uso da Unidade de Conservação. Dessa forma é preciso realizar análises profundas da relação das populações que utilizam as Unidades de Conservação com o uso da terra, para compreender o comportamento delas e propor ações que contribuam com o bem estar das pessoas e a conservação da biodiversidade. Nesse sentido, o que se procurou neste trabalho foi a integração de uma série de documentos da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Uatumã, localizada nos municípios de Itapiranga e São Sebastião do Uatumã, Amazonas - Brasil, que permitisse uma análise estratégica do uso da terra na Unidade de Conservação. A principal atividade produtiva na RDS do Uatumã é a agricultura, seguida da pecuária, pesca e extrativismo florestal. A agricultura possui um modelo familiar, e utiliza muito pouco de recursos que possam torná-la mais eficiente. A pecuária também é realizada com baixíssimos índices técnicos. O extrativismo florestal madeireiro é feito com base em planos de manejo florestal comunitário, apesar de haver relatos de extração ilegal de madeira na região. O extrativismo de produtos florestais não madeireiros é muito pequeno, apesar disso, existem regras que norteiam o bom manejo desses produtos. Existem 2 modalidades de pesca: a comercial e a esportiva. O acesso ao mercado é um problema para todas as atividades, porém com menor limitação para a pecuária. Há uma série de atividades que devem ser priorizadas visando à melhoria no uso da terra, a geração de renda, e a conservação ambiental. Entre as principais destaca-se a revisão das regras de uso, o ordenamento fundiário, a capacitação agroflorestal dos produtores, o enriquecimento de capoeiras, implantação de um programa de conservação e melhoramento de espécies nativas e o fortalecimento da comercialização agrícola e extrativista.
Abstract: The creation and management of Protect Areas is primarily a strategy for conserving biodiversity, but should also contribute to the promotion of sustainable development for the people who inhabit them. Many protected areas have been created in recent years in Brazil, especially in the Amazon, but the planning and efficient management of these areas still exhibit some significant results. This often occurs because planning is not closely linked to the dynamics of use of protected area. Thus it is necessary to carry out a deep analysis of the relationship between these populations and land use, in order to understand their behaviour and to propose actions which could contribute to the well-being of people and to the conservation of biodiversity. In this sense, this work seeks to integrate a number of documents on the Uatumã Sustainable Development Reserve (located in the municipalities of Itapiranga and São Sebastião do Uatumã, Amazonas - Brazil) which will allow a strategic analysis of land use in the Protect Area. The Uatumã Sustainable Development Reserve is used mainly for agriculture, followed by livestock, fishery and forest extraction. Agriculture is based on a family model, and uses very little resources which could make it more efficient. Livestock is also carried out with very low technical indexes. Timber extraction is carried out on the basis of community forest management plans, although there are reports of illegal timber extraction in the region. The extraction of non-timber forest products is small, however, there are rules which guide the good management of these products. There are two methods of fishing: the commercial and sports. Market access is a problem for all activities, but with fewer restrictions for livestock. There are a number of activities which should be prioritized for improvement in land use, income generation and environmental conservation. These activities include land management, revision of the rules of use, agroforestry training for producers, the enrichment of secondary forests, implementation of a programme of conservation and improvement of native species and the strengthening of agricultural and extractive marketing.
Palavras-chave: Unidades de conservação Gestão
Unidades de conservação Planejamento
Desenvolvimento rural
Uso da terra
Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Uatumã (AM)
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Conservação e Uso de Recursos Naturais
Programa: Gestão de Áreas Protegidas da Amazônia
Citação: GUIMARÃES, Eduardo Rizzo. Caracterização e diagnóstico do uso da terra na Reserva de Desenvolvimento Sustentável de Uatumã, AM. 2013. 110 f. Dissertação (Mestrado em Conservação e Uso de Recursos Naturais) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1075
Data de defesa: 11-Jul-2013
Aparece nas coleções:Mestrado - GAP

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Dissertacao_Eduardo_Guimaraes.pdf7,09 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.