Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1118
Tipo do documento: Dissertação
Título: Adição de carvão vegetal no substrato para formação de mudas de leguminosas arbóreas
Título(s) alternativo(s): Addition of charcoal in substrate for formation of tree seedlings legume
Autor: Freitas, Aroldo Felipe de 
Primeiro orientador: Souza, Luiz Augusto Gomes de
Primeiro coorientador: Cardoso, Irene Maria
Primeiro membro da banca: Lima, Roberval Monteiro Bezerra de
Segundo membro da banca: Ferreira, Marciel José
Terceiro membro da banca: Alfaia, Sonia Sena
Resumo: O fino do carvão pode aumentar a porosidade e capacidade de retenção de água do substrato de crescimento de mudas, além de facilitar a proliferação de microrganismos benéficos. Assim, Avaliou-se em viveiro o efeito da adição de carvão vegetal em mistura ao substrato sobre a qualidade de mudas de leguminosas arbóreas cultivadas em viveiro. O delineamento empregado foi o inteiramente casualisado com cinco tratamentos e dez repetições. Para todas as espécies foi empregado como controle a mistura substrato 3:2:0,5 (v:v) de solo argiloso, areia e esterco e para Dipteryx odorata também uma mistura base 3:2:0,5 (v:v) solo argiloso, areia e esterco combinada com 0, 0,5, 1,0 e 1,5 partes de carvão. Para Cassia moschata, Copaifera multijuga, Parkia pendula e Senna multijuga foi testado o controle, uma mistura base 3:2 areia e argila combinada com 0, 0,5, 1,0 e 1,5 partes de carvão. Para Clitoria fairchildiana, Enterolobium shomburgkii e Inga edulis os tratamentos foram o controle e uma substrato composto de solo argiloso e areia 3:2 (v:v), combinado com carvão vegetal em concentrações de 0, 10, 19 e 29% de carvão. Amostras dos substratos foram coletadas e submetidas à análise química. Após a formação dos dois primeiros pares de folhas em sementeira as plantas foram repicadas para sacos plásticos com capacidade para 2 kg. A altura (H) e diâmetro do coleto (D) das mudas foram mensurados um dia após a repicagem e mensalmente. Ao final do período experimental foram colhidas e mantidas em estufa à 65 ºC/72h para pesagem da massa seca aérea (MSA), caule, folhas e da raiz (MSR) e massa seca dos nódulos. Com os dados também foi calculado o Índice de Qualidade de Dickson, sobrevivência e as relações MSA/MSR e H/D. Os resultados sugerem que o carvão pode substituir o esterco para produção de mudas de D. odorata na proporção 3:2:0,5 de solo, areia e carvão (v:v). O substrato com esterco pode ser substituído sem prejuízo na qualidade das mudas no caso de C. multijuga e C. moschata pelo substrato com uma parte de carvão e no de P. pendula pelo substrato com meia parte de carvão. O uso de esterco na composição dos substratos inibiu a nodulação em I. edulis, E. schomburgkii e C. fairchildiana e também com a adição de carvão houve favorecimento da qualidade das mudas pela melhoria na nodulação.
Abstract: The fine charcoal can increase the porosity and water holding capacity of the substrate, and facilitate the proliferation of beneficial microorganisms. Thus, the experiment was in nursery in order to investigated the effect of adding charcoal mixture to the substrate on the quality of seedlings of leguminous trees. The experimental design was a completely randomized design with five treatments and ten replicates. For all species was used as a control substrate 3:2:0,5 mixture (v:v) of loamy soil, sand and manure and also a mixture Dipteryx odorata base 3:2:0,5 (v:v) clay, sand, manure, and combined with 0, 0,5, 1,0 and 1,5 part charcoal. To Cassia moschata, Copaifera multijuga, Parkia pendula and Senna multijuga control was tested, a 3:2 mixture based sand and clay combined with 0, 0.5, 1.0 and 1.5 parts of biochar. To Clitoria fairchildiana, Enterolobium shomburgkii and Inga edulis treatments were control and a substrate with clay soil and sand 3:2 (v:v), combined with charcoal concentrations of 0, 10, 19 and 29% charcoal. Substrate samples thus prepared were collected and passed through chemical analysis. After formation of two pairs of sheets in seedlings were transplanted to plastic boxes with capacity for 2 kg substrates were proposed. The height (H) and diameter (D) of seedlings were measured one day after transplanting and every month. The seedlings were harvested and kept at 65 ºC/72h weighing of dry air (MSA), stem, leaf and root (MSR) and dry weight of nodules. With data was also calculated the Quality Index Dickson, survival rates, MSA/MSR and H/D ratios. The results suggest that coal could replace the manure to produce seedlings of Dipteryx odorata the ratio 3:2:0,5 soil, sand and charcoal (v: v). The substrate with manure can be substituted without loss of quality seedlings in case of C. multijuga and C. moschata the substrate with a piece of coal and P. pendula of the substrate with a half piece of coal. The use of manure in the composition of the substrates inhibited nodulation in Inga edulis, Enterolobium shomburgkii and Clitoria fairchildiana and also with the addition of coal were favored seedling quality by improving nodulation.
Palavras-chave: Produção de mudas
Silvicultura, Leguminosas na Amazônia
Espécies arbóreas
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Manejo florestal, Silvicultura
Programa: Ciências de Florestas Tropicais
Citação: FREITAS, Aroldo Felipe de. Addition of charcoal in substrate for formation of tree seedlings legume. 2013. 116 f. Dissertação (Mestrado em Manejo florestal, Silvicultura) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1118
Data de defesa: 19-Abr-2013
Aparece nas coleções:Mestrado - CFT

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Dissertacao_Aroldo_Freitas.pdf1,88 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.