Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1237
Tipo do documento: Dissertação
Título: Etnoentomologia Baniwa: estudo dos insetos na concepção dos povos Baniwa que vivem na cidade de São Gabriel da Cachoeira - Amazonas, Brasil
Autor: Bentes, Sunny Petiza Cordeiro 
Primeiro orientador: Hamada, Neusa
Primeiro coorientador: Bruno, Ana Carla dos Santos
Primeiro membro da banca: Costa Neto, Eraldo Medeiros
Segundo membro da banca: Affonso, Elizabeth Gusmão
Terceiro membro da banca: José, Ermelinda do Nascimento Salem
Resumo: Etnoentomologia é uma subárea das etnociências que busca compreender a maneira como diversas sociedades humanas percebem, identificam, classificam, nomeam, utilizam e conhecem o que entendem por inseto em suas culturas. A cultura Baniwa (referida neste estudo para os povos Baniwa e Coripaco que ocupam a região do Içana e efetivam relações matrimoniais entre si) conta com o previlégio de ser uma das mais bem estudadas entre antropólogos e lingüistas. São diversas as citações de nomes de insetos em narrativas míticas, listas lexicais e no dicionário do idioma Baniwa-Curripaco. Portanto, o objetivo desta pesquisa consistiu em detectar conhecimentos tradicionais da cultura e do saber Baniwa acerca dos insetos, tentando identificar os modos de construção destes conhecimentos, suas principais características e as diferenças destes conhecimentos entre homens e mulheres de diferentes clãs e religião. Neste contexto, o Conhecimento Entomológico Baniwa (CEB) foi investigado mediante o discurso nativo de moradores Baniwa da cidade de São Gabriel da Cachoeira, noroeste amazônico. Foram realizadas entrevistas abertas, estruturadas e semi-estruturadas com 46 participantes adultos em três comunidades peri-urbanas situadas ao longo da estrada de Camanaus: Areal, Itacoatiara-Mirim e Vila Amazonino. Os dados foram obtidos com ênfase em três aspectos referentes ao CEB: processo de ensino-aprendizagem, aspectos gerais (identificação, classificação e nomenclatura de insetos) e específicos (importância econômica e ecológica, nomenclatura da morfologia externa de insetos e diferenças de cognição). Os Baniwa reconhecem aspectos ecológicos, morfológicos, etológicos, diferentes fases de desenvolvimento, reprodução, padrões de sazonalidade, habitat, relações de parentesco, inclusive sociais e culturais entre os insetos. A etnoclassificação está presente nas narrativas míticas e foi construída por experiências individuais e entre agrupamentos humanos ao longo de rios, interflúvios e igarapés da bacia do rio Içana. Foram registrados 280 nomes diferentes de insetos, classificados em 17 categorias de classificação geral para os seres vivos, referentes a 21 ordens da Classe Insecta. Para os Baniwa da cidade de São Gabriel, os insetos são importantes como: fonte alternativa de proteínas, iscas de pesca, remédios e também são mencionados em benzimentos, crenças e brincadeiras. Tais conhecimentos sobre os insetos são importantes para orientar a vida Baniwa, auxiliando atividades de pesca, fornecem recursos medicinais, proteicos, lúdicos e adquirem importância em narrativas míticas e benzimentos proferidos por anciãos Baniwa.
Abstract: Ethnoentomology is a subarea of ethnosciences that seeks to understand how different human societies perceive, identify, classify, denominate, use and know what they mean by "bug" in their languages and cultures. The Baniwa (as used in this study, this term refers to the Baniwa and Coripaco groups who occupy the Içana region and have marital relations between them) have the privilege of being one of the peoples that has been most studied by anthropologists and linguists. Various references to insect names appear in mythical narratives, lexical lists and the Baniwa-Curripaco dictionary. Therefore, the purpose of this research was to identify traditional Baniwa knowledge about insects, trying to identify construction methods of such knowledge, their main characteristics and differences between people from different clans, genders and religions. In this context, the Baniwa Entomological Knowledge (BEK) was investigated by means of the speech of Baniwa residents in the town of São Gabriel da Cachoeira, in northwestern Amazonia. The study was conducted in three peri-urban communities located along the Camanaus road (Areal, Itacoatiara-Mirim and Vila Amazonino). Structured and semi-structured interviews were conducted with total of 46 adult participants of both sexes. The data were obtained with emphasis on three aspects of the BEK: the teaching-learning process, general aspects (identification, nomenclature and classification of insects) and specific aspects (economic and ecological importance, nomenclature of the external morphology of insects and differences between BEKs). Baniwa recognize the ecological, morphological and ethological aspects, different stages of development, reproduction, seasonality patterns, habitat, family relationships and even cultural aspects of insects. The ethnoclassification has origins in mythical stories and was constructed through individual experiences and between human groups along rivers, streams and interfluves in the Içana basin. This research was recorded 280 different names of insects classified into 17 categories of general classification for living creatures, relating to 21 Insecta orders. For Baniwa agriculturists living in the town of São Gabriel da Cachoeira, insects are important as an alternative source of protein, fishing lures and natural medicines, also they are also mentioned in blessings, beliefs and games. Such knowledgements is important as a guide to the Baniwa‟s life, helps in fishing activities, provides medical and protein resources, mantains recreational uses and even gains importance in mythical stories and blessings made by Baniwa elders.
Palavras-chave: Etnoconhecimento
Populações indígenas
Noroeste amazônico
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::ZOOLOGIA APLICADA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Entomologia
Programa: Ciências Biológicas (Entomologia)
Citação: BENTES, Sunny Petiza Cordeiro. Etnoentomologia Baniwa: estudo dos insetos na concepção dos povos Baniwa que vivem na cidade de São Gabriel da Cachoeira - Amazonas, Brasil. 2011. 153 f. Dissertação (Mestrado em Entomologia) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1237
Data de defesa: 26-Jul-2011
Aparece nas coleções:Mestrado - ENT

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Dissertacao_Sunny_Bentes.pdf3,46 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.