Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1358
Tipo do documento: Dissertação
Título: PRODUÇÃO DE MUDAS DE CASTANHA DE CUTIA (Couepia edulis Prance), UTILIZANDO DIFERENTES TIPOS DE ESTACAS E CONCENTRAÇÕES DE AIB
Autor: Leandro, Raimundo Cajueiro 
Primeiro orientador: Yuyama, Kaoru
Primeiro membro da banca: Bueno, Carlos Roberto
Segundo membro da banca: Chaar, Jamal da Silva
Terceiro membro da banca: Nagao, Eduardo Ossamu
Quarto membro da banca: Sampaio, Paulo de Tarso Barbosa
Quinto membro da banca: Oliveira, Luiz Antonio de
Resumo: A castanha de cutia (Couepia edulis Prance) é uma planta nativa da Amazônia, que está distribuída nas terras firmes de quase todos os estados da região. A árvore adulta produz em torno de 200 kg de frutos por ano, ricos em proteína, cujas sementes contêm cerca de 73% de óleo, que é utilizado na alimentação de populações locais, além de mostrar potencialidade para uso industrial. A propagação dessa espécie se dá, normalmente, via sementes que germinam poucas semanas após o plantio. Entretanto, esse processo é demorado, pois requer a retirada do pericarpo, tratamento sem o qual as sementes podem levar até um ano e meio para germinar, o que acaba dificultando essa forma de multiplicação de castanha de cutia. Este trabalho teve o objetivo de avaliar a produção de mudas de castanha de cutia, utilizando diferentes tipos de estacas e concentrações de Ácido Indolbutírico (AIB). As estacas foram retiradas de plantas adultas, com mais de 20 anos, procedentes de uma área experimental localizada na Estação Experimental de Fruticultura do INPA, na rodovia 174, Km 41. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, seguindo o esquema fatorial 4 x 3 com quatro repetições. Cada unidade experimental foi composta por 10 estacas, sendo os fatores: tipos de estacas (estacas herbáceas com folhas inteiras, estacas herbáceas com meias folhas, estacas herbáceas sem folhas e estacas semilenhosas sem folhas) e concentrações de Ácido Indolbutírico (0, 3.000 e 6.000 ppm). As estacas tiveram suas bases imersas na solução de AIB por um tempo de cinco segundos. O plantio das estacas ocorreu imediatamente à imersão na solução líquida de AIB. A coleta de dados foi realizada mensalmente, durante seis meses e as variáveis avaliadas foram: formação de calos, emissão de brotos e emissão de raízes, com dados em porcentagem. Ao final das avaliações, a maior porcentagem na emissão de brotos ocorreu nas concentrações de 0 (testemunha) ppm e 3.000 ppm de AIB (21,25% e 28,12%, respectivamente), aos 30 dias. Entre as estacas, a emissão de brotos foi maior nas estacas herbáceas sem folhas e semilenhosas sem folhas (28,33% e 33,33%, respectivamente), após 180 dias de observação. Na variável formação de calos, as maiores percentagens foram obtidas na testemunha (13,75%) e nas estacas herbáceas com folhas inteiras e meias folhas (17,5% e 15%, respectivamente), aos 180 dias. A emissão de raízes mostrou uma tendência maior na testemunha (15%) e na concentração de 6.000 ppm de AIB (11,25%), aos 180 dias. As estacas que tiveram maior emissão de raízes foram as estacas herbáceas com folhas (inteira e ½ folha) com 22,5% e 21,67%, respectivamente. Esse resultado nos permite concluir que é possível produzir mudas de castanha de cutia pelo método da estaquia, sem uso de hormônio AIB.
Abstract: The castanha de cutia (Couepia edulis Prance) it is a native plant of the Amazonian, that it is distributed in the firm lands of almost all of the states of the area. The adult tree produces around 200 kg of fruits a year, rich in protein, whose seeds contain about 73% of oil, that it is used in the feeding local populations, besides showing potentiality for industrial use. The propagation of that species feels, usually, through seed, that they germinate few weeks after the planting. However, that process is been long, because it requests the retreat of the pericarp, treatment without which the seeds can take until one and a half year to germinate, the one that finishes hindering that form of multiplication of castanha de cutia. This work had the objective of evaluating the production of seedlings of castanha de cutia, using different types of stakes and Indolbutiric Acid concentrations (IBA). The stakes were removed of adult plants, with more than 20 years, coming from a located experimental area in the Experimental Station of Horticulture of INPA, in the highway 174, Km 41. The used experimental delineation was it of casual blocks, following the factorial outline 4 x 3 with four repetitions. Each experimental unit being composed of 10 stakes, being the factors: types of stakes (herbaceous stakes with whole leaves, herbaceous stakes with stockings leaves, herbaceous stakes without leaves and stakes half woody without leaves), and Indolbutiric Acid concentrations (0, 3.000 and 6.000 ppm). The stakes had their submerged bases in the solution of AIB for a time of five seconds. The planting of the stakes happened immediately to the immersion in the liquid solution of IBA. The collection of data was accomplished, monthly, for six months and the appraised variables were: formation of calluses, emission of sprouts and emission of roots, with data in percentage. At the end of the evaluations, the largest percentage in the emission of sprouts happened in the concentrations of 0 (witness) ppm and 3.000 ppm of IBA (21,25% and 28,12%, respectively), to the 30 days. Among the stakes, the emission of sprouts was larger in the herbaceous stakes without leaves and half woody without leaves (28,33% and 33,33%, respectively), after 180 days of observation. In the variable formation of calluses, the largest percentages were obtained in the witness (13,75%) and in the herbaceous stakes with whole leaves and stockings leaves (17,5% and 15%, respectively), to the 180 days. The emission of roots showed an adult tendency in the witness (15%) and in the concentration of 6.000 ppm of IBA (11,25%), to the 180 days. The stakes that had larger emission of roots were the herbaceous stakes with leaves (it completes and ½ leafs) with 22,5% and 21,67%, respectively. That result we allow to end that it is possible to produce seedlings of castanha de cutia for the method of the stakes, without hormone use IBA.
Palavras-chave: castanha de cutia
estaquia
concentrações de AIB
estacas herbáceas e semilenhosas
folhas inteiras
meias folhas
sem folhas
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Ciências Biológicas, Ciências Agrárias, Ciências Humanas
Programa: Agricultura no Trópico Úmido
Citação: LEANDRO, Raimundo Cajueiro. PRODUÇÃO DE MUDAS DE CASTANHA DE CUTIA (Couepia edulis Prance), UTILIZANDO DIFERENTES TIPOS DE ESTACAS E CONCENTRAÇÕES DE AIB. 2007. 63 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas, Ciências Agrárias, Ciências Humanas) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1358
Data de defesa: 17-Jan-2007
Aparece nas coleções:Mestrado - ATU

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Dissertacao_Raimundo_Leandro.pdf827,94 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.