Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1551
Tipo do documento: Dissertação
Título: Diversidade de espécies de anastrepha schiner, 1868 (diptera: tephritidae) no município de Caxias e no parque estadual do mirador, Maranhão, Brasil
Autor: Holanda, Mery Jouse de Almeida 
Primeiro orientador: Rafael, José Albertino
Primeiro coorientador: Zucchi, Roberto Antonio
Resumo: Anastrepha Schiner é o gênero mais diverso de moscas-das-frutas nos trópicos e subtrópicos da América, com mais de 250 espécies descritas. Atualmente o Brasil é o país com maior número de espécies conhecidas de Anastrepha, 112 espécies. Dessas, oito espécies são consideradas pragas no Brasil. Anastrepha é um dos gêneros de tefritídeos mais importantes economicamente em várias regiões. Apesar da sua importância, muitas espécies ainda são desconhecidas. No estado do Maranhão, são conhecidas 16 espécies o que reflete o pouco que se conhece sobre a sua diversidade no Estado. Com o objetivo de conhecer a diversidade de espécies de Anastrepha nos municípios de Caxias e Mirador (Parque Estadual do Mirador), no Maranhão, foram examinados exemplares da Coleção Zoológica do Maranhão (CZMA). Para Caxias, foi realizada análise faunística com espécimes coletados no período de 2005 a 2006 e foram estimados parâmetros de frequência, dominância, índice de diversidade de Simpson, Índice de Shannon-Weanner e Índice de Hill modificado. No Parque Estadual do Mirador, foram feitos levantamentos de 2007 a 2009, sem análise faunística. Para ambas as áreas foram obtidos 1207 exemplares de Anastrepha, distribuídos em 25 espécies; das quais, três são provavelmente novas. Em Caxias, foram capturados 208 exemplares pertencentes a 15 espécies. Dentre essas, A. obliqua, A. zenildae e A. striata foram espécies dominantes. Anastrepha obliqua foi mais frequente com relação ao total de fêmeas coletadas, 56,7%, seguida por A. zenildae com 15,8%, A. striata 12, 9%, A. serpentina 4,3%, A. sororcula 2,4% e A. dissimilis com 2%. As demais espécies apresentaram frequência inferior a 2%. Anastrepha daciformis, A. alveata, A. montei, A. binodosa e A. bistrigata são novos registros para o Maranhão, essas duas últimas espécies são também os primeiros registros na região Nordeste.
Abstract: Anastrepha Schiner is the most diverse genus of fruit flies in the tropics and subtropics of the Americas, with over 250 described species. Brazil is currently the country with the largest number of species (112 species). Eight species of Anastrepha are considered pests in Brazil and are of economic importance in many brazilian regions. In spite of their importance, a lot of species are still undescribed. In the state of Maranhão there are only 16 known species, which reflects how little it is known about the genus in that state. Specimens from the Zoological Collection of Maranhão (CZMA) were examined in order to assess the diversity of Anastrepha species in the city of Caxias and in the Mirador State Park, both in Maranhão. A faunal analysis was performed with Caxias specimens collected in the period from 2005 to 2006 and parameters of frequency, dominance, Simpson's diversity index, Shannon-Weanner and modified Hill index were estimated. In the Mirador State Park, surveys were done from 2007 to 2009, without faunal analysis. A total of 1207 specimens from 25 species of Anastrepha were obtained for both areas, of which three species are probably new to science. In Caxias 208 specimens from 15 species were collected, with A. obliqua, A. zenildae and A. striata being the dominant species. Anastrepha obliqua was more frequent (56.7%) in relation to the total of females collected, followed by A. zenildae with 15.8%, A. striata 12.9%, A. serpentina 4.3%, A. sororcula 2.4% and A. dissimilis 2%. The remaining species collected presented frequency values below 2%. Anastrepha daciformis, A. alveata, A. montei, A. binodosa and A. bistrigata are new records for the state of Maranhão, the latter two species are also the first records in the Northeast region.
Palavras-chave: Anastrepha
Diptera I
Moscas-das-frutas
Área(s) do CNPq: BIOLOGIA E FISIOLOGIA DOS MICROORGANISMOS::BACTEROLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Ciências Biológicas (Entomologia)
Citação: HOLANDA, Mery Jouse de Almeida. Diversidade de espécies de anastrepha schiner, 1868 (diptera: tephritidae) no município de Caxias e no parque estadual do mirador, Maranhão, Brasil. Manaus: [s.n.], 2012. xvii, 84p. Dissertação( Ciências Biológicas (Entomologia)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1551
Data de defesa: 27-Jul-2012
Aparece nas coleções:Mestrado - ENT

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_ Mery Jouse de Almeida Holanda.pdf2,15 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.