Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1621
Tipo do documento: Dissertação
Título: Efeitos do aumento de gases do efeito estufa na frequência e intensidade dos eventos extremos de precipitação na região norte da América do Sul: análise de dados modelados
Autor: Fonseca, Paula Andrea Morelli 
Primeiro orientador: Veiga, José Augusto Paixão
Primeiro coorientador: Correia, Francis Wagner Silva
Resumo: O presente estudo tem por objetivo analisar as alterações na frequência e intensidade dos eventos extremos chuvosos na região norte da América do Sul em duas simulações de clima futuro: 2040-2050 e 2090-2100. Ambos os experimentos numéricos foram realizados com o modelo regional ETA, utilizando como condições iniciais e de fronteira dados provenientes do modelo global CCSM3, para o cenário de altas emissões SRES A2. O período analisado corresponde aos meses de JFM e o clima futuro foi comparado ao clima atual, representado pela década 1980-1990. Para a identificação dos eventos extremos chuvosos utilizou-se a metodologia R5d, indicada pela Organização Mundial de Meteorologia para estudo de tais eventos. A mesma consiste em selecionar o maior valor de chuva a cada 5 dias. Calcula-se a média desse subconjunto e ao analisar novamente a série original, consideram-se extremos os valores que forem maiores ou iguais que a média obtida. Depois de identificados os eventos extremos, passou-se a classificação dos mesmos: a classe Evento Extremo Tipo (EET) – I consiste dos eventos que eram iguais ou maiores que a média dos extremos (cmax) e menores que a média dos extremos (cmax) mais uma vez o desvio padrão (dpmax); EET-II, aqueles eventos maiores ou iguais cmax mais uma vez dpmax e menores que cmax mais duas vezes dpmax; EET-III, eventos maiores que cmax mais duas vezes dpmax. Em suma, a análise espacial mostra que a região central da Amazônia (RCA) apresenta intensas anomalias positivas para a média dos EET-I, EET-II e EET-III, enquanto a região nordeste (RNE) e região norte (RNO) apresentam, para a maior parte da área, anomalias negativas para as três classes. Espacialmente, anomalias para frequência não apresentam padrões claros. A avaliação quantitativa confirma o que foi observado espacialmente para a RCA: anomalia positiva na média dos eventos nas três classes de extremos e na frequência dos EET-I e EET-II para os dois períodos analisados e redução na frequência para EET-III em ambos os períodos. Da mesma forma, RNE e RNO apresentam anomalias negativas na média dos eventos extremos e na frequência para EET-I e EET-II em ambas as décadas. Para os EET-III na RNE houve anomalias positivas para frequência e para média dos eventos na década 2040-2050 e anomalias negativas para ambas variáveis na década 2090-2100. Na RNO, as anomalias na média dos eventos extremos foram positivas em ambos os períodos analisados e a frequência teve aumento na metade do século e redução no final do século. As tendências de intensificação dos eventos extremos chuvosos na RCA e de redução dos mesmos na RNE e RNO concordam com estudos prévios utilizando modelos e cenários de emissões diferentes.
Abstract: The present study analyses the changes in the frequency and intensity of extreme precipitation events in northern South America for two future climate simulations: 2040-2050 and 2090-2100. Both numeric experiments were performed with the regional ETA model, using data from the CCSM3 global model as initial and boundary conditions for the high emissions scenario SRES A2. The future climate was compared to the actual one, represented here by the decade 1980-1990 for the three months period JFM. To identify the extreme precipitation events we used a methodology known by R5d, indicated by the World Meteorological Organization to study extreme climate events. R5d selects the maximum rainfall value for a period of 5 days. We calculated the mean value from this subset and analyzed again the original series, considering values higher or equal to this mean as extremes. Once identified, the extreme events were classified. Extreme Event Type (EET) – I consist of the events that are equal or higher than the extreme average (cmax) and smaller than the extreme average (cmax) plus once standard deviation (dpmax). EET-II are the extreme events equal or higher than cmax plus once dpmax and smaller than cmax plus twice dpmax. The last type, EET-III, are all events higher than cmax plus twice dpmax. In summary, the spatial analysis shows that the Central Amazon Region (RCA) presents intense positive anomalies for the average of EET-I, EET-II and EET-III, while the Northeastern Region (RNE) and the Northern Region (RNO) present negative anomalies for most of their areas for the three types of extremes. Frequency anomalies do not present clear spatial patterns. Quantitative analysis confirms what was observed spatially for the RCA; Positive anomalies for the mean values of the three types of EET and for the frequency in EET-I and EET-II for both time period and a decrease in frequency to EET-III for both time periods. Likewise, RNE and RNO present negative anomalies for the mean values and in frequency of the EET-I and EET-II for both decades. For EET-III in RNE there were positive anomalies in frequency and in the events average for 2040-2050 decade and negative anomalies in both variables for the 2090-2100 decade. In RNO the average anomalies were positive for both analyzed periods and the frequency had an increase in the half of the XXI century and reduction for the final of the XXI century. The intensification tendencies for extreme precipitation events in RCA and their reduction in RNE and RNO show the same results as previous studies using different models and emission scenarios.
Palavras-chave: Efeito estufa
Extremos de precipitação
Mudanças Climáticas
Precipitação atmosférica
Área(s) do CNPq: METEOROLOGIA::METEOROLOGIA APLICADA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Clima e Ambiente (CLIAMB)
Citação: FONSECA, Paula Andrea Morelli. Efeitos do aumento de gases do efeito estufa na frequência e intensidade dos eventos extremos de precipitação na região norte da América do Sul: análise de dados modelados. Manaus: [s.n.], 2013. xv, 77p. Dissertação( Clima e Ambiente (CLIAMB)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1621
Data de defesa: 5-Ago-2013
Aparece nas coleções:Mestrado - CLIAMB

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_ Paula Andrea Morelli Fonseca.pdf1,83 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.