Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1715
Tipo do documento: Dissertação
Título: Evolução e diversificação cromossômica no gênero Ancistrus (Siluriformes, Loricariidae, Ancistrini) através da caracterização e mapeamento de DNA repetitivo
Autor: Favarato, Ramon Marin 
Primeiro orientador: Matoso, Daniele Aparecida
Resumo: A família Loricariidae está subdividida em seis subfamílias sendo elas: Lithogeneinae, Neoplecostominae, Hypoptomatinae, Loricariinae, Delturinae e Hypostominae. Dentro da subfamília Hypostominae, encontra-se o gênero Ancistrus, com cerca de 62 espécies. Os dados citogenéticos a cerca desse gênero mostram uma grande variação no numero diploide, variando de 2n=34 a 2n=54 cromossomos, além da ocorrência de sistemas de determinação sexual, tanto do tipo simples quanto múltiplo. Entretanto, os dados citogenéticos são basicamente relacionados à citogenética clássica. Em vista disso, o presente trabalho teve como objetivo mapear, por meio da citogenética molecular, sequências de DNA repetitivo em oito espécies do gênero Ancistrus, utilizando sondas de rDNA 18S e 5S, sequências teloméricas e de retrotransposons Rex1, Rex3 e Rex6. Os dados referentes aos rDNA revelaram uma conservação dos sítios de 18S, sempre marcando um único par cromossômico. Já, para o 5S os resultados apresentaram maiores variações, com os sítios variando de um a treze pares cromossômicos marcados, sendo ainda relatada a ocorrência de sintenia com o 18S em cinco das oito espécies. As sequências teloméricas foram visualizadas apenas na porção terminal dos cromossomos na maioria espécies, porém sequências teloméricas intersticiais (ITS) foram detectadas em Ancistrus sp. 3 “Barcelos” e Ancistrus sp. 7 “Dimona”, possivelmente ocasionados por rearranjos cromossômicos. Em relação aos retroelementos, os resultados mostraram um padrão de dispersão bastante singular para os três Rex analisados, com uma distribuição em clusters tanto em regiões heterocromáticas quanto eucromáticas. Não foram visualizadas marcações dos três retroelementos nos cromossomos sexuais das espécies, sugerindo que eles não estejam diretamente ligados ao processo de surgimento dos sistemas de cromossomos sexuais nas espécies analisadas. Os dados mostram uma variedade cariotípica presente no gênero Ancistrus, onde as sequências repetitivas estão contribuindo para toda essa diversidade genômica presente no gênero.
Abstract: Loricariidae family is subdivided in six subfamilies: Lithogeneinae, Neoplecostominae, Hypoptomatinae, Loricariinae, Delturinae and Hypostominae. Within Hypostominae family, there is the Ancistrus genus with about 62 species. Cytogenetic data about this genus show a great variation in diploid number, from 2n=34 to 2n=54 chromosomes, besides the occurrence of sexual determination systems, both of simple and multiple types. However, cytogenetic data are basically related to classic cytogenetics. In views of this, the present work had as objective mapping, by molecular cytogenetics, sequences of repetitive DNA in eight species of Ancistrus genus, using 18S and 5S rDNA, telomeric sequences and Rex1, Rex3 and Rex6 retrotransposons. Data referring to rDNA reveal a conservation of the 18S sites, always marking a single chromosome pair. Yet, for the 5S, the results presented greater variations, with sites varying from one to thirteen chromosome pairs marked, being also mentioned the occurrence of synteny in five out of the eight species. The telomeric sequences were visualized only in the terminal portion of the chromosomes in the most of the species, but interstitial telomeric sequences (ITS) were detected in Ancistrus sp. 3 “Barcelos” and Ancistrus sp. 7 “Dimona”, possibly occasioned by chromosomal rearrangements. Concerning to retroelements, the results showed a very singular dispersion pattern for the three analyzed Rex, with a clusters distribution both in heterochromatic and euchromatic regions. No retroelements markings were viewed in the sexual chromosomes of any species, suggesting that they are not directly to the process of chromosome sexual systems appearance in the analyzed species. Data show great variations and karyotypic variety present in the Ancistrus genus, in which the repetitive sequences are contributing to all of such genomic diversity present in the genus.
Palavras-chave: Evolução cariotípica
Elementos transponíveis
Peixe Cascudo
Área(s) do CNPq: ZOOLOGIA::ZOOLOGIA APLICADA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Genética, Conservação e Biologia Evolutiva (GCBEv)
Citação: FAVARATO, Ramon Marin. Evolução e diversificação cromossômica no gênero Ancistrus (Siluriformes, Loricariidae, Ancistrini) através da caracterização e mapeamento de DNA repetitivo. Manaus: [s.n.], 2014. x, 74 f.. Dissertação (Genética, Conservação e Biologia Evolutiva (GCBEv)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1715
Data de defesa: 20-Mar-2014
Aparece nas coleções:Mestrado - (GCBEv)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Ramon Marin Favarato.pdf1,34 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons