Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1758
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estruturação e dinâmica populacional de pellona castelnaeana, valenciennes, 1847, e evidências de unidades evolutivas em pellona flavipinnis (valenciennes, 1837) na bacia amazônica
Autor: Ximenes, Aline Mourão 
Primeiro orientador: Farias, Izeni Pires
Primeiro coorientador: Ruz, Emil José Hernández
Resumo: A bacia Amazônica, um dos ecossistemas com maior diversidade do mundo, apresenta uma das mais diversas faunas de peixes. Dentro dessa grande diversidade ictiofaunística, os peixes do gênero Pellona, conhecidos comumente como “apapás, sardas ou sardinhões”, estão entre as poucas espécies da Ordem Clupeiformes com valor econômico reconhecido. Na bacia Amazônica Pellona está representado por duas espécies, P. castelnaeana Valenciennes, 1847 e P. flavipinnis (Valenciennes, 1837). Este trabalho teve como objetivos: (i) caracterizar locos de microssatélites para Pellona castelnaeana, e sua transferibilidade para P. flavipinnis (ii) estimar a variabilidade genética, estrutura e dinâmica populacional em P. castelnaeana e (iii) entender a distribuição da diversidade genética e investigar prováveis nova espécie em P. flavipinnis. Para atender ao objetivo (i) foram isolados e caracterizados 8 locos de microssatélites. A caracterização foi realizada com 9 a 19 indivíduos de P. castelnaeana provenientes de Santarém e 27 a 31 indivíduos de P. flavipinnis da cidade de Manaus. Para atender ao objetivo (ii) foram sequenciados 175 indivíduos para região controle e genotipados 119 indivíduos para 7 locos de microssatélites, provenientes de cinco localidades na calha do rio Amazonas, seis tributário e, uma localidade no rio Guaporé (sub-bacia Boliviana). Os resultados de D-loop para P. castelnaeana mostraram uma homogeneização ao longo da bacia Amazônica com uma subestruturação na sub-bacia Boliviana (Fst=0, 3172). Os índices de diversidade mostraram-se altos, com diversidade gênica média de (Ĥ=0,8646) e nucleotídica (π=0,044236). Os resultados da análise bayesiana a partir dos locos de microssatélites mostraram uma estruturação populacional, indicando que a área amostrada neste estudo pode ser dividida em quatro macroregiões, sendo três na bacia Amazônica e uma na sub-bacia Boliviana. Os valores de heterozigosidade esperada (HE) e observada (HO) variaram entre 0,42211 a 0,79681 e 0,23564 a 0,63561, respectivamente. Em ambos marcadores uni e biparentais os resultados indicaram que as corredeiras e cachoeiras do alto rio Madeira atuaram restringuindo o fluxo gênico entre a bacia Amazônica e sub-bacia Boliviana. Para atender ao objetivo (iii) foram sequenciados 99 indivíduos para o gene COI, 114 indivíduos para região controle e genotipados 73 indivíduos para 7 locos de microssatélites. P. flavipinnis foi coletada em quatro localidades na calha, duas localidades a jusante e montante das corredeiras do alto rio Madeira e em cinco outros tributários do rio Amazonas. Os resultados para a espécie P. flavipinnis sugerem a existência de dois grupos co-ocorrendo (linhagens A e B) nas localidades de Tabatinga, baixo rio Madeira e Santarém, com uma maior diversidade dentro da linhagem B. A distância genética obtida a partir de sequências de COI entre essas duas linhagens foi de 2,3 %. A presença de duas linhagens foi confirmada pelas análises com os locos microssatélites que também sugerem a existência de dois grupos biológicos dentro desta espécie na bacia Amazônica. No entanto, a análise bayesiana a partir de sequências de D-loop mostrou a existência de três grupos biológicos dentro de P. flavipinnis evidenciando a linhagem A e os outros grupos sugeridos pela alta diversidade genética na linhagem B. Esses resultados mostram informações novas sobre a estrutura populacional dos apapás na bacia Amazônica e, podem contribuir para planos de manejo e conservação dessas espécies.
Abstract: The Amazon basin has one of the largest and most complex ecosystems in the world, and harbors the highest diversity of freshwater fishes. Within this ichthyofauna, the fishes of the genus Pellona, commonly known as the “Amazon pellona”, are among the few clupeiform species with a recognized economic value. The genus has two representatives in the Amazon basin: P. castelnaeana Valenciennes, 1847 and P. flavipinnis (Valenciennes,1837). The aims of this study were: (i) to characterize microsatellite loci of Pellona castelnaeana, and their transferability to P. flavipinnis; (ii) to evaluate the genetic variability and population structure in P. castelnaeana and (iii) to understand the distribution of the genetic diversity in P. flavipinnis. To reach aim (i), we isolated and characterized 8 microsatellite loci. The characterization was realized with 9 to 19 individuals of P. castelnaeana from Santarém, and 27 to 31 individuals of P. flavipinnis from Manaus. To achieve aim (ii), we sequenced 175 individuals for the the mitochondrial DNA control region and genotyped 119 individuals for 7 microsatellite loci. Individuals were sampled from five localities in the mainstream of the Amazon River, six tributaries of the Amazon river and one locality in the Guapore river (Bolivian subbasin). The control region results for P. castelnaeana showed lack for population structuring within the Amazon basin, but a signal of substructure when compared with the Bolivian subbasin (Fst=0.3172). The diversity index was high, with mean gene and nucleotide diversity of (Ĥ=0.8646) and (π=0.044236), respectively. Analyses of the microsatellite data in the program Structure showed a population structure, indicating that the sampling area in this study could be divided in four macro regions: three in the Amazon basin and one in the Bolivian subbasin. The expected (HE) and observed (HO) heterozygozity value ranged among 0.42211 to 0.79681 and 0.23564 to 0.63561, respectively. Markers in both single and two parent results indicated that the rapids and waterfalls of the upper Rio Madeira acted restringuindo gene flow between the Amazon basin and sub-basin Boliviana. To achieve aim (iii), the COI gene was sequenced in 99 individuals, the control region was sequenced in 114 individuals and 7 microsatellite loci were genotyped in 73 individuals of P. flavipinnis. Pellona flavipinnis was collected in four localities in the mainstream of the Amazon basin, in two localities downstream and upstream of the Madeira river rapids and in five other tributaries of the Amazon river. The results suggested the existence of two co-occurring groups (lineages A and B) in the localities of Tabatinga, lower Madeira river and Santarem. The genetic distance obtained from the COI sequences between these two lineages was 2.3%, and lineage B showed larger diversity. The presence of two lineages was confirmed by the analysis with the microsatellite loci, that also suggest the existence of two biological groups in this species. A BAPS analysis of control region sequences showed the existence of three biological groups of P. flavipinnis, one confirming the A lineage and two within the B lineage. This study presents new data on the population structure of the Amazon pellona in the Amazon basin, and can contribute to management and conservation planning.
Palavras-chave: Genética de populações
Estrutura de População
Pellona
Área(s) do CNPq: GENETICA::GENETICA ANIMAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Genética, Conservação e Biologia Evolutiva (GCBEv)
Citação: XIMENES, Aline Mourão. Estruturação e dinâmica populacional de pellona castelnaeana, valenciennes, 1847, e evidências de unidades evolutivas em pellona flavipinnis (valenciennes, 1837) na bacia amazônica. Manaus: [s.n.], 2014. xiv, 85 f.. Dissertação (Genética, Conservação e Biologia Evolutiva (GCBEv)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1758
Data de defesa: 20-Jun-2014
Aparece nas coleções:Mestrado - (GCBEv)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Aline Mourão Ximens.pdf2,23 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons