Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1817
Tipo do documento: Dissertação
Título: Composição florística e análise estrutural da floresta primária de terra firme na bacia do rio cuieiras, Manaus-Am
Autor: Carneiro, Vilany Matilla Colares 
Primeiro orientador: Higuchi, Niro
Resumo: O presente estudo descreve a caracterização da vegetação e análise da estrutura horizontal da comunidade arbórea em floresta de terra firme na bacia do rio Cuieiras, região de Manaus, localizada na Estação Experimental de Silvicultura Tropical do INPA, núcleo ZF-2. O clima da região é do tipo “Amw”, caracterizado como quente e úmido durante o ano inteiro. Para o levantamento florístico e fitossociológico foram utilizados os dados de transectos (Norte-Sul e Leste-Oeste) de 20 x 2.500 m cada, subdivididos em 125 unidades amostrais quadradas de 20 x 20 m, ao longo de um gradiente topográfico estratificado em platô e baixio. Nas unidades amostrais presentes no platô e baixio foram observados os indivíduos arbóreos com DAP ≥ 10 cm, dos quais obteve-se amostras botânicas para identificação. A composição florística nos sete hectares (platô + baixio) constou de 737 espécies, pertencentes a 238 gêneros e 59 famílias. As famílias mais ricas em espécies foram: Sapotaceae (69 espécies), Chrysobalanaceae e Lauraceae (44), Lecythidaceae e Fabaceae (39) e Mimosaceae (38). As famílias mais importantes, em ordem decrescente de IVIf, foram: Sapotaceae, Lecythidaceae e Euphorbiaceae. As espécies que mais se destacaram em valor de importância foram: Oenocarpus bataua Mart., Eschweilera wachenheimii (Benoist) Sandwith, Eperua glabriflora (Ducke) R.S.Cowan, Hevea guianensis Aubl. e Scleronema micranthum Ducke. No platô a composição florística constou de 533 espécies, pertencentes a 187 gêneros e 53 famílias, apresentando uma densidade total de 623 ind./ha e área basal de 28,3 m².ha-1. As famílias mais ricas em espécies foram: Sapotaceae (61 espécies), Lecythidaceae (36) e Burseraceae (27). As famílias mais importantes, em ordem decrescente de IVIf, foram: Lecythidaceae, Sapotaceae e Fabaceae. As espécies que mais se destacaram em valor de importância (IVI) foram: Eschweilera wachenheimii (Benoist) Sandwith, Eschweilera truncata A.C.Sm., Micrandropsis scleroxylon W.Rodr., Eschweilera coriacea (DC.) Mart. ex Berg. e Eschweilera pseudodecolorans S.A.Mori. No baixio a composição florística constou de 461 espécies, pertencentes a 177 gêneros e 50 famílias, apresentando uma densidade total de 624 ind./ha e área basal de 29,1 m² ha-1. As famílias mais ricas em espécies foram: Sapotaceae (37 espécies), Fabaceae (33) e Chrysobalanaceae (28). As famílias mais importantes, em ordem decrescente de IVIf, foram: Arecaceae e Euphorbiaceae. As espécies que mais se destacaram em valor de importância foram: Oenocarpus bataua Mat., Eperua glabriflora (Ducke) R.S.Cowan, Micrandra siphonioides Benth. e Vitex sprucei Briq.. Quanto a exclusividade de famílias, gêneros e espécies, o platô sobressaiu-se com 9 famílias, 60 gêneros e 281 espécies, enquanto que o baixio apresentou 6 famílias, 54 gêneros e 212 espécies.
Abstract: This study dealt with vegetation characterization and horizontal structure analysis of a plant species community, and it was carried out at ZF-2 Tropical Forestry Experimental Station of the National Institute for Research in the Amazon (INPA). The climate is characterized as “Amw”, which means warm and humid all year long. Floristic and phytosociologic surveys were done over two transects (East-West and North-South) measuring 20 x 2500 m each, which were stratified by plateau and “baixio”. Each transect was divided into 125 sample units of 20 x 20 m each, where botanical samples were collected for identification besides information related to diameter at breast height (dbh) of 10 cm. For this study only plateau and “baixio” were used for further comparisons, therefore, 7 hectares were used instead of 10 ha of the two transects together. The floristic composition of the 7-ha (plateau + “baixio”) site is represented by 737 species, 238 genera and 59 botanical families. The richest families in terms of species are: Sapotaceae (69 species), Chrysobalanaceae (44), Lauraceae (44), Lecythidaceae (39), Fabaceae (39) and Mimosaceae (38). In terms of individual species, the most important are: Oenocarpus bataua Mart., Eschweilera wachenheimii (Benoist) Sandwith, Eperua glabriflora (Ducke) R.S. Cowan, Hevea guianensis Aubl., and Scleronema micranthum Ducke. The floristic composition in plateau is represented by 533 species, 187 genera and 53 families with 623 individuals per hectare and basal area equivalent to 28.3 m2ha-1. The richest families in plateau are: Sapotaceae (61 species), Lecythidaceae (36) and Burseraceae (27). The three most important families are: Lecythidaceae, Sapotaceae and Fabaceae. The most important species are: Eschweilera wachenheimii (Benoist) Sandwith, Eschweilera truncata A.C. Sm., Micrandropsis scleroxylon W.Rodr., Eschweilera coriacea (DC.) Mart. ex Berg. and Eschweilera pseudodecolorans S.A. Mori. The floristic composition in “baixio” is represented by 461 species, 177 genera and 50 families with 624 individuals per hectare and basal area equivalent to 29.1 m2ha-1. The richest families in “baixio” are: Sapotaceae (37 species), Fabaceae (33) and Chrysobalanaceae (28). The two most important families are: Arecaceae and Euphorbiaceae. The most important species are: Oenocarpus bataua Mart., Eperua glabriflora (Ducke) R.S. Cowan, Micrandra siphonioides Benth. and Vitex sprucei Briq.. In terms of occurrence exclusivity, plateau presented 9 families, 60 genera and 281 species, while “baixio” presented 6 families, 54 genera and 212 species.
Palavras-chave: Floresta de terra-firme
Composição florística
Fitossociologia
Área(s) do CNPq: CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Ciências Biológicas (Botânica)
Citação: CARNEIRO, Vilany Matilla Colares. Composição florística e análise estrutural da floresta primária de terra firme na bacia do rio cuieiras, Manaus-Am. 2004. 67 f. Dissertação( Ciências Biológicas (Botânica)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1817
Data de defesa: 26-Fev-2004
Aparece nas coleções:Mestrado - BOT

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Vilany.pdf548,1 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons