Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2144
Tipo do documento: Dissertação
Título: Composição e estrutura trófica das assembleias de peixes em veredas de buritizais, no período de seca, no lavrado de Roraima, Brasil
Autor: Almeida , Isis Rafânia Souza de 
Primeiro orientador: Santos, Geraldo Mendes dos
Primeiro coorientador: Zuanon, Jansen Alfredo Sampaio
Resumo: Este estudo foi realizado em área de lavrado de Roraima, Brasil, e incluiu veredas de buritizais que drenam para as bacias dos rios Branco, Tacutu e Uraricoera, totalizando 10 amostras. Teve o intuito de investigar aspectos ictiofaunísticos (composição, riqueza, abundância, diversidade, equitabilidade e similaridade) e tróficos (dieta) das assembleias de peixes. As coletas foram feitas uma vez em cada local no período de seca/estiagem (outubro de 2014 a fevereiro de 2015) com uso de puçás e rede de arrasto. Nos trechos amostrados foram mensuradas características estruturais dos corpos d’água (largura, comprimento e profundidade, para posterior cálculo de área e volume). Foram capturados 3733 exemplares de peixes, distribuídos em 6 ordens, 20 famílias, 43 gêneros e 56 espécies. Characiformes foi o grupo mais representativo em número de espécies, seguido de Perciformes, Gymnotiformes, Siluriformes, Cyprinodontiformes e Synbranchiformes. A família de maior riqueza e abundância foi Characidae, seguida de Lebiasinidae e Cichlidae. As análises de similaridade na composição de espécies entre os locais e entre bacias hidrográficas, a partir dos índices de Jaccard (presença/ausência) e Bray-Curtis (abundância das espécies) evidenciaram uma tendência de agrupamentos de parte das veredas da bacia do rio Branco e parte das veredas da bacia do rio Uraricoera. No entanto, a bacia hidrográfica aparentemente não foi o fator mais importante para determinar a composição da ictiofauna entre as veredas. A distância geográfica entre os locais de amostragem também não explicou adequadamente a similaridade na composição local de espécies, e a estrutura das assembleias de peixes não foi influenciada significativamente pela área e volume dos ambientes aquáticos. Os resultados obtidos não permitem afirmar com segurança se a baixa similaridade entre as assembleias de peixes das três bacias hidrográficas reflete eventos históricos ou se decorre de condições ambientais locais não mensuradas ou processos estocásticos. A dieta das espécies de peixes foi baseada principalmente em itens de origem autóctone, como insetos aquáticos (larvas, pupas e adultos), zooplâncton e algas. Esses resultados evidenciam que os peixes das veredas de buritizais são dependentes da produção primária aquática no período de seca.
Abstract: This study was conducted in the “lavrado” of Roraima, Brazil, in aquatic habitats along corridors of Buriti palm trees draining to the Branco, Takutu and Uraricoera river basins, totaling 10 samples. We aimed to investigate ichthyofaunal (species composition, richness, abundance, diversity, evenness and similarity) and trophic (diet) aspects of the local fish assemblages. Sampling was done once at each location in the dry season (October 2014 to February 2015) using dip nets and seine nets. Environmental (structural) characteristics of the water bodies (width, length and depth for later measurement area and volume) were also evaluated. Overall, 3733 specimens of fish were collected, distributed in 6 orders, 20 families, 43 genera and 56 species. Characiformes was the most representative group in number of species, followed by Perciformes, Gymnotiformes, Siluriformes and Cyprinodontiformes and Synbranchiformes. The family of greater richness and abundance was Characidae, followed by Lebiasinidae and Cichlidae. The similarity analysis in species composition among sites and between river basins, using the indices of Jaccard (presence / absence) and Bray-Curtis (abundance) showed a tendency of grouping part of the samples from the Branco River basin and also part of the samples of the Uraricoera River basin. However, river basin apparently did not constitute the most important factor in determining the composition of the fish fauna in the samples. The geographic distance among samples also did not explain most of the variation in the composition and structure of fish assemblages. Neither morphometric variables of the water bodies. These results do not allow us to state whether the low similarity among fish assemblages of the three river basins reflect the effects of historical factors, the influence of unevaluated local environmental factors, or stochastic processes. The diet of the fish fauna was based mainly on autochthonous items such as aquatic insects (larvae, pupae and adults), zooplankton and algae. This indicates that the fish of buritis palm trees corridors are dependent on the aquatic primary production in the dry season.
Palavras-chave: Assembleias de peixes
Bacia Hidrográfica
Alimentos de origem autóctone
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Biologia de Água Doce e Pesca Interior
Citação: Almeida , Isis Rafânia Souza de. Composição e estrutura trófica das assembleias de peixes em veredas de buritizais, no período de seca, no lavrado de Roraima, Brasil. 2016. 60f.. Dissertação( Biologia de Água Doce e Pesca Interior) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus,2016 .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2144
Data de defesa: 11-Mar-2016
Aparece nas coleções:Mestrado - BADPI

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação IRSA_GMS_JZ.pdf2,37 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons