Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2242
Tipo do documento: Tese
Título: Mapeamento físico de genes expressos de resposta imune e sensorial de Anopheles (Nyssorhynchus) Darlingi, vetor da malária neotropical
Autor: Bridi, Letícia Cegatti 
Primeiro orientador: Rafael, Míriam Silva
Resumo: A malária no Brasil ocorre especialmente na Amazônia (99% dos casos), onde as condições ambientais são favoráveis para a proliferação dos agentes etiológicos e de seus mosquitos vetores, cujo principal transmissor é o Anopheles darlingi. Fatores ambientais e atividades antrópicas são alguns dos principais aspectos que contribuem para o processo adaptativo e evolutivo desse anofelino, o que pode ser refletido em rearranjos cromossômicos. Neste trabalho, realizamos o mapeamento físico cromossômico por hibridização in situ fluorescente (FISH) dos genes de resposta inume do genoma de A. darlingi, GNBP (Gran-negative binding protein), Toll-interacting protein (Toll), defensina, Chymotrypsin-like serine protease (AdChyL), 28S ribosomal protein S7- mitochondrial precursor (RpS7), gambicin anti-microbial peptide (gambicina) e ainda, o gene de resposta sensorial: OBP (odorant binding protein), para auxiliar na montagem mais precisa do seu genoma estrutural. Esses genes foram mapeados em regiões cromossômicas únicas, com exceção do RpS7 que mapeou em mais de um local. Outros genes foram mapeados em regiões de inversão: GNBP (inversão 2Rd); AdChyL, na região 38D (inversão 3Lb) e RpS7, na região 22C (inversão 2Lb). O gene OBP mapeou o cromossomo X de indivíduos de cinco localidades, onde apenas A. darlingi de São Gabriel da Cachoeira/AM (SGC/AM) o gene OBP marcou na região 3A em comparação com as quatro localidades Coari/AM, Manaus/AM, Barra do Bugres/MT e Macapá/AP, onde a sonda mapeou a região 4A. Duas novas inversões foram descritas, para A. darlingi sendo uma no cromossomo X (Xb) na população de SGC/AM e outra no braço 2L (2Lc), população de Barra do Bugres/MT. Distâncias geográficas e ecoregiões (barreiras geográficas) são fatores ambientais que podem favorecer o aparecimento das duas novas inversões descritas nesse trabalho. Na análise filogenética dos genes GNBP, Toll, defensina, RpS7 e gambicina, obtivemos três clados para GNBP e a maioria das sequências analisadas foi homóloga com a da subfamília B, incluindo GNBP de Anopheles gambiae (87%), sugerindo, que GNBP de A. darlingi pertence à subfamília B. As árvores filogenéticas para os genes RpS7, gambicina, defensina e Toll mostraram um alto grau de conservação entre esses genes em A. gambiae e Anopheles arabiensis. Os genes de resposta imune de A. darlingi e Anopheles albimanus são filogeneticamente próximos, mas nem sempre com um suporte confiável. Isso pode sugerir algum nível de conservação evolutiva entre os genes de resposta imune de ambas as espécies. Os genes mapeados in situ foram considerados marcadores citogenéticos úteis aos estudos de variabilidade cromossômica e evolução em A. darlingi já que são genes conservados, além de auxiliar no aprimoramento das análises de sequências não finalizadas na montagem e anotação do genoma de A. darlingi.
Abstract: Malaria in Brazil occurs especially in the Amazon (99% of cases), where environmental conditions are favorable for the proliferation of the etiologic and their mosquito vectors agents, whose main transmitter is the Anopheles darlingi. Environmental factors and human activities are some of the main aspects that contribute to the adaptive and evolutionary process that anopheles, which can be reflected in chromosomal rearrangements. We carried out the physical chromosome mapping by fluorescence in situ hybridization (FISH) of inume response genes in the genome of A. darlingi, GNBP (Gran-negative binding protein), Toll-interacting protein (Toll), defensin, Chymotrypsin-like serine protease (AdChyL), 28S ribosomal protein S7- mitochondrial precursor (RpS7), gambicin anti-microbial peptide (gambicin) and also the gene sensory response: OBP (odorant binding protein) to assist in more precise assembly of its structural genomics. These genes have been mapped in single chromosomal regions, with the exception of RpS7, which mapped in more than one location. Other genes have been mapped in inversion regions: GNBP (inversion 2 Rd); AdChyL in the region 38D (inversion 3Lb) and RpS7 in 22C region (inversion 2Lb). The OBP gene mapped the X chromosome from five locations individuals, where only A. darlingi of São Gabriel da Cachoeira/AM (SGC/AM) OBP gene marked the region 3A compared to four locations Coari/AM, Manaus/AM, Barra do Bugres/MT and Macapá/AP, where the probe mapped the region 4A. Two new investments were described for A. darlingi and one on chromosome X (Xb) in the population of SGC/AM and another in the arm 2L (2LC), population Bugres/MT. Geographical distances and ecoregions (geographical barriers) are environmental factors that can favor the appearance of the two new inversions described in this work. In the phylogenetic analysis of GNBP genes Toll, defensin, RpS7 and gambicin, we obtained three clades for GNBP and most of the analyzed sequence was homologous to the subfamily B, including GNBP Anopheles gambiae (87%), suggesting that GNBP A . darlingi belongs to the subfamily B. Phylogenetic trees for RpS7 genes, gambicin, defensin and Toll showed a high degree of conservation between these genes in A. gambiae and Anopheles arabiensis. Immune response genes of A. darlingi and Anopheles albimanus are phylogenetically close but not always a reliable support. This may suggest some level of evolutionary conservation of the genes of the immune response of both species. The genes mapped in situ were considered cytogenetic useful markers for chromosomal variability studies and developments in A. darlingi as they are conserved genes, and assist in the improvement of sequence analyzes not finalized the assembly and annotation of the genome of A. darlingi.
Palavras-chave: Malária
Anopheles (Nyssorhynchus) darlingi
Citogenética
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Genética, Conservação e Biologia Evolutiva (GCBEv)
Citação: Bridi, Letícia Cegatti. Mapeamento físico de genes expressos de resposta imune e sensorial de Anopheles (Nyssorhynchus) Darlingi, vetor da malária neotropical. 2016. 84 f.. Tese( Genética, Conservação e Biologia Evolutiva (GCBEv)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus,2016 .
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2242
Data de defesa: 23-Ago-2016
Aparece nas coleções:Doutorado - (GCBEv)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese doutorado Letícia Cegatti Bridi.pdf1,51 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons