Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/674
Tipo do documento: Dissertação
Título: FILOGEOGRAFIA DO GÊNERO NEOTROPICAL Fluviphylax (CYPRINODONTIFORMES: POECILIIDAE) DAS BACIAS DO AMAZONAS E DO ORINOCO
Autor: Souza, Eduardo Rodrigues de 
Primeiro orientador: Hrbek, Tomas
Primeiro coorientador: Farias, Izeni Pires
Primeiro membro da banca: Lucinda, Paulo Henrique Franco
Segundo membro da banca: Brito, Reinaldo Otávio Alvarenga Alves de
Terceiro membro da banca: Torres, Rodrigo Augusto
Quarto membro da banca: Silva, Simoni Santos da
Resumo: A sistemática e taxonomia do gênero Fluviphylax foi conduzida utilizando a associação das ferramentas moleculares, gene COI e região controle do DNA mitocondrial, e métodos baseados em dados morfológicos. Adicionalmente, a filogeografia e a genética de populações das espécies de Fluviphylax baseando-se em segmentos do gene COI e região controle do DNA mitocondrial foram estudadas para compreender os processos ecológicos e eventos históricos que atuaram e atuam sobre essas espécies. Os espécimes de Fluviphylax analisados nesse trabalho distribuem-se ao longo das bacias Amazônica e Orinoco, e nos afluentes dos rios do estado do Amapá e Ilha de Marajó. Nesse estudo foi proposta uma hipótese filogenética, baseada nos dados moleculares, para as espécies do gênero Fluviphylax, assim como, foi identificado uma nova espécie que habita o alto rio Negro e a bacia do Orinoco (Venezuela). A hipótese filogenética obtida é concordante com trabalhos prévios baseados em morfologia, no entanto, não foi possível resolver as relações de parentesco evolutivo entre as espécies Fluviphylax sp., F. zonatus, F. pygmaeus e F. simplex. Os estudos filogeográficos indicaram a existe de seis regiões geográficas distintas, as quais foram ocupadas por linhagens monofiléticas e concordantes com a distribuição geográfica. A distribuição dos Fluviphylax é influenciada por processos como o sistema de inundação da área da várzea, a diferenciação limnológica das drenagens e os aspectos geológicos de formação dos rios. Acredita-se que o ancestral comum dos Fluviphylax habitava bacia Amazônica e as drenagens do Atlântico e apartir dessas localidades dispersou-se para a bacia do Orinoco. Os estudos populacionais evidenciaram uma forte estruturação das populações analisadas, com exceção das populações de F. palikur e F. simplex localizadas respectivamente, nas drenagens do Atlântico (estado do Amapá) e Ilha de Marajó, e ao longo da calha Solimões e Amazonas. Apesar da Ilha de Marajó está separado do estado do Amapá pelo rio Amazonas, barreira física à dispersão de F. palikur, as populações dessa espécie não apresentaram estrutura populacional e houve o compartilhamente de haplótipos entre essas áreas. As populações de F. simplex da calha Solimões/Amazonas se comportaram como uma única população panmítica, provavelmente devido à influência do sistema de inundações na região da várzea, que facilita a conexão entre as populações dos organismos aquáticos que habitam essa área.
Abstract: A systematic and taxonomic study of the genus Fluviphylax was conducted using molecular methods, the COI gene and the control region of the mitochondrial DNA, and morphological methods. Additionally, a phylogeographic and population genetic study of Fluviphylax species was performed using the COI and control region sequence data in order to understand ecological processes and historical events that have acted on these species. The specimens analyzed in this study are distributed in the Amazon and Orinoco basins, and in the drainages of the state of Amapá and on the Marajó Island. This study resulted in the identification of a new species of Fluviphylax located in the upper Negro River and the Orinoco basin of Venezuela, and a phylogenetic hypothesis based on molecular characters was proposed for the species of the genus Fluviphylax. The molecular phylogenetic hypothesis corroborated the previously proposed phylogeny base on morphological characters; however, the relationships between species of the clade formed by Fluviphylax sp., F. zonatus, F. pygmaeus and F. simplex were unresolved. Populational studies indicated strong structuring among the analyzed localities with the exception of populations of F. palikur and F. simplex located, respectivement, in Atlantic drainage (Amapá state) and Marajó island, and along the main Solimões and Amazonas River channels. Amazon river separates Marajó island from Amapá state and serves as a physical barrier to F. palikur dispersion. Despite this fact, populations of this species showed no populational structure and there has been sharing of haplotypes among those areas. The F. simplex populations, distribuited in Solimões/Amazoans channel, are behaving as one large panmictic population probably as a result of the annual innundations of the várzea system which facilitates connectivity among populations of the aquatic species inhabiting this region.
Palavras-chave: Filogenia
Fluviphylax
gene COI
DNA mitocondrial
Sistemática
Filogeografia
Região Controle
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Genética, Conservação e Biologia Evolutiva
Programa: Genética, Conservação e Biologia Evolutiva
Citação: SOUZA, Eduardo Rodrigues de. FILOGEOGRAFIA DO GÊNERO NEOTROPICAL Fluviphylax (CYPRINODONTIFORMES: POECILIIDAE) DAS BACIAS DO AMAZONAS E DO ORINOCO. 2008. 122 f. Dissertação (Mestrado em Genética, Conservação e Biologia Evolutiva) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/674
Data de defesa: 4-Set-2008
Aparece nas coleções:Mestrado - (GCBEv)

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Dissertacao_Eduardo.pdf1,86 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.