Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/704
Tipo do documento: Dissertação
Título: História evolutiva de espécies do gênero Potamotrygon Garman, 1877 (Potamotrygonidae) na Bacia Amazônica
Autor: Ribeiro, Daniel Toffoli 
Primeiro orientador: Farias, Izeni Pires
Primeiro membro da banca: Gomes, Jose Antônio Alves
Segundo membro da banca: Charvet, Patricia
Terceiro membro da banca: Carvalho, Marcelo Rodrigues de
Quarto membro da banca: Carneiro Filho, Arnaldo
Quinto membro da banca: Brito, Reinaldo Otávio Alvarenga Alves de
Resumo: O ancestral da família Potamotrygonidae adaptou-se ao ambiente de água doce há cerca de 20 milhões de anos atrás a partir do noroeste da América do Sul. Desde então, o grupo irradiou em cerca de 20 espécies, classificados em três gêneros. No presente estudo foi demonstrado que o surgimento de Plesiotrygon iwamae, Potamotrygon sp.1 e P. schroederi ocorreu em um curto espaço de tempo evolutivo há cerca de 7 milhões de anos atrás. A origem da maior parte das espécies do gênero Potamotrygon, aqui denominado grupo roseta-ocelado, um complexo de ao menos seis espécies, se deu aproximadamente nos últimos dois milhões de anos atrás. Essa diversificação ocorreu de forma extremamente rápida, o que impossibilita a reconstrução das relações filogenéticas entre essas espécies. O recente e rápido surgimento dessas espécies provavelmente está relacionado com a transposição do Arco do Purus pelo ancestral do grupo, seguido da colonização dos tributários da Amazônia leste e posterior isolamento, provavelmente relacionado com mudanças no nível das águas pelas oscilações climáticas do Pleistoceno. Análises filogeográficas e genéticopopulacionais demonstraram a existência de pelo menos cinco linhagens evolutivas distintas quando as espécies Potamotrygon motoro, P. orbignyi e P. scobina foram analisadas em conjunto. Essas linhagens evolutivas ocorrem nos tributários do médio e baixo rio Amazonas, todas mais proximamente relacionadas a P. motoro. Foi demonstrada uma forte associação entre haplótipos e localidades geográficas, com padrões de cor replicados em diferentes linhagens. A espécie P. orbignyi é polifilética, e deve ser revisada. A aplicação da metodologia do DNA barcoding nas espécies da família Potamotrygonidae é válida para designar espécimes às respectivas espécies, com exceção do complexo P. motoro, P. orbignyi e P. scobina que compartilham extensivamente haplótipos. Entretanto essa metodologia não é válida para identificar novas espécies, para o que devem ser utilizadas informações complementares.
Abstract: The ancestors of the family Potamotrygonidae have adapted to freshwater environment about 20 millions years before present, colonizing the continental South America from the Caribbean region. Since then, the group has radiated to about 20 species classified in three genera. In the present study it was demonstrated that the species Plesiotrygon iwamae, Potamotrygon sp.1 and P. schroederi, which represent the root of the potamotrigonid radiation, have diverged within a short period of time around 7 millions years before present. The origin of the majority of the species of the genus Potamotrygon, here denominated roseta-ocelado group, a complex of at least six species, has begun in the last 2 millions years before present. This diversification has occurred extremely rapidly, which makes the reconstruction of the phylogenetic relationships among these species very difficult. The recent and rapid origin of the species of the roseta-ocelado group is probably related to the breach of the Purus Arch by the ancestral of the group, followed by the colonization of Amazonas River tributaries of eastern Amazônia and their isolation which most likely was caused by changes in water level caused by climatic oscillations in Pleistocene. Phylogeographic and population genetic analyses demonstrated the existence of at least five distinct evolutionary lineages when the species Potamotrygon motoro, P. orbignyi e P. scobina were analyzed together. These distinct lineages occur in tributaries of middle and lower Amazonas River, all more closely related to P. motoro. There is a strong association between haplotypes and geographic localities, and replicated color patterns in different lineages found at different geographic localities. As currently defined, Potamotrygon orbignyi is polyphyletic and should be taxonomically revised. The application of DNA barcoding methodology to species of the family Potamotrygonidae is only valid for assignment of specimens to its species, with exception of the species of the complex P. motoro, P. orbignyi and P. scobina which share haplotypes extensively. However, the barcoding methodology is not valid for the identification of new species which should be done in conjunction with other information.
Palavras-chave: Potamotrygon
Arraias-de-água-doce
Filogenia
Filogeografia
Radiação
DNA barcoding
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Genética, Conservação e Biologia Evolutiva
Programa: Genética, Conservação e Biologia Evolutiva
Citação: RIBEIRO, Daniel Toffoli. História evolutiva de espécies do gênero Potamotrygon Garman, 1877 (Potamotrygonidae) na Bacia Amazônica. 2006. 146 f. Dissertação (Mestrado em Genética, Conservação e Biologia Evolutiva) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/704
Data de defesa: 15-Set-2006
Aparece nas coleções:Mestrado - (GCBEv)

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Dissertacao_Daniel_Ribeiro.pdf3,59 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.