Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/721
Tipo do documento: Tese
Título: Caracterização genética da dourada - Brachyplatystoma rousseauxii, Castelnau, 1855 (Siluriformes: Pimelodidae) na Amazônia por meio de marcadores moleculares mitocondriais e microssatélites: subsídios para conservação e manejo
Autor: Batista, Jacqueline da Silva 
Primeiro orientador: Gomes, Jose Antônio Alves
Primeiro coorientador: Farias, Izeni Pires
Primeiro membro da banca: Zucchi, Maria Imaculada
Segundo membro da banca: González, Juan Carlos Alonso
Terceiro membro da banca: Brito, Reinaldo Otávio Alvarenga Alves de
Quarto membro da banca: Dávila, Carmen Rosa García
Quinto membro da banca: Torres, Rodrigo Augusto
Resumo: A dourada (Brachyplatystoma rousseauxii) é um bagre migrador de longa distância e provavelmente a espécie de bagre de maior importância comercial para a pesca na região Amazônica. Em função da intensa captura realizada em cima desse recurso pesqueiro, dados recentes apontam que esta espécie encontra-se em sobrepesca de crescimento. Essa espécie realiza extensas migrações incluindo áreas distintas de criação, alimentação e reprodução a fim de realizar o seu ciclo de vida. Dada à distribuição geográfica, abrangendo o território político de mais de cinco países amazônicos, a dourada é capturada ao longo do sistema Estuário-Solimões-Amazonas (EAS) e seus tributários, pela frota comercial e artesanal desde Belém, no estuário do rio Amazonas, até Pucallpa, no Peru, a aproximadamente 5000 Km a Oeste, próximo aos sopé dos Andes peruanos. Considerando a importância sócio-econômica e ecológica na Amazônia, foi estimada a variabilidade genética de B. rousseauxii em 15 localidades distribuídas na Amazônia brasileira e peruana, a fim de verificar, por intermédio de marcadores moleculares de sequências de DNA mitocondrial (região controle) e nucleares (microssatélites), se esta espécie constitui um único estoque, de larga distribuição e geneticamente homogêneo, ou se a pescaria é exercida sobre vários estoques, geneticamente diferenciáveis. Trinta e seis marcadores microssatélites foram isolados e caracterizados em 35 indivíduos da espécie amostrados em 10 cidades do Pará, Brasil. Foram obtidos um total de 349 alelos, variando entre 2 a 22 alelos por loco, com uma média de 9,70. A heterozigosidade observada (Ho) e esperada (He) variou entre 0,143 a 0,914 (média de 0,614) e 0,215 a 0,929 (média de 0,712), respectivamente. A amplificação heteróloga resultou entre 15 a 27 locos polimórficos entre seis espécies do gênero Brachyplatystoma [B. capapretum (filhote capapreta), B. vaillantii (piramutaba), B. filamentosum (piraíba), B. platynemum (babão), B. tigrinum (dourada zebra) e B. juruense (flamengo)]. Os marcadores microssatélites obtidos podem ser utilizados em estudos genéticos que poderão não só subsidiar políticas de conservação e manejo da dourada, mas também das demais espécies comerciais do gênero Brachyplatystoma. A região controle (DNAmt) foi obtida para 652 indivíduos amostrados em 15 localidades e compreendeu 911 pb, 301 haplótipos, 240 haplótipos únicos, diversidade gênica (HD) de 0,979 ± 0,002, diversidade nucleotídica (Pi) de 0,0089 ± 0,005, a média nucleotídica par a par (K) igual a 8,079 ± 3,760, média da distância genética variando entre 0,1 a 3,6% com uma média de 1,0 % (±0,07). Oito locos microssatélites foram utilizados nas analises de genética populacional envolvendo 483 indivíduos amostrados em 13 localidades, mostrando um número total de 98 alelos, com uma média de 12,3 alelos, média das heterozigosidades observada de 0,607 ± 0,178 e esperada de 0,588 ± 0,008 por loco. Os resultados obtidos não permitem a confirmação do comportamento de homing em dourada. Porém, algumas tendências de estruturação genética encontradas não permitem o descarte completo da hipótese. Com o resultado dos dois marcadores moleculares, corrobora-se a hipótese migratória da espécie desde o estuário no Brasil a Pucallpa no Peru, incluindo os tributários do rio Solimões/Amazonas, e que essa espécie é composta por um único estoque genético de ampla distribuição na Amazônia.
Abstract: The dourada (Brachyplatystoma rousseauxii) is a long distance migratory catfish and probably a catfish species of greatest importance to commercial fishing in the Amazon region. Because of the intense catch made up of fishery resource, recent data indicate that this species is in growth overfishing. This species perform extensive migrations and has differentiated breeding, feeding and reproduction areas in order to carry out its life cycle. Given the geographical distribution, covering the political territory of more than five Amazonian countries, the dourada is captured along the Estuary-Amazonas-Solimões (EAS) and its tributaries, by fleet and commercial craft from Belem at the mouth of the Amazon River to Pucallpa, Peru, about 5000 km to the west, near the the Peruvian Andes. Considering the socio-economic and ecological effects of this fish resources in the Amazon, the genetic variability of B. rousseauxii was estimated from samples collected in 15 locations around the Brazilian and Peruvian Amazon, to verify, through molecular markers of mitochondrial DNA sequences (control region) and nuclear (microsatellites), if this species is a single stock, widely distributed and genetically homogeneous or if the fishery is carried on various stocks, genetically distinguishable. Thirty-six microsatellite markers were isolated and characterized in 35 individuals of the species sampled in Belém-PA. The total number of alleles were 349, ranging from 2 to 22 per locus with an average of 9,70. The observed (Ho) and expected (He) heterozygosity ranged from 0,143 to 0,914 (average 0,614) and from 0,215 to 0,929 (average 0,712), respectively. Cross-amplification in six con-generic species resulted between 15 and 27 polymorphic loci, depending upon the species ((B. capapretum, B. vaillantii, B. filamentosum, B. platynemum. B. tigrinum e B. juruense). These polymorphic microsatellites should be useful for management policies of B. rousseauxii in the Amazon as well as for the others Brachyplatystoma species of commercial value. The control region (mtDNA) was obtained for 652 individuals sampled in 15 locations and comprised 911 bp, 301 haplotypes, 240 singletons, gene diversity (HD) of 0,979 ± 0,002, nucleotide diversity (Pi) of 0,0089 ± 0,005, the pairwise average nucleotide (K) equal to 8,079 ± 3,760, average genetic distance ranging from 0,1 to 3,6% with an average of 1,0% (± 0,07). Eight loci were used in the analyses of population genetics involving 483 individuals sampled in 13 localities, showing a total of 98 alleles, with an average of 12,3 alleles, average observed heterozygosity of 0,607 ± 0,178 and expected 0,588 ± 0,008 per locus. The results do not allow the confirmation of the behavior of homing in dourada. However, some trends of genetic structure found not allow the complete discarted of the hypothesis. The results of the two molecular markers support the migratory hypothesis of the dourada from the estuary in Brazil to Pucallpa in Peru, including the tributaries of the Solimões /Amazonas river, and that the dourada is composed by a single genetic stock with a range distribuition in the Amazon.
Palavras-chave: Dourada (peixe)
Amazônia
Microssatélites
Variabilidade genética
Conservação
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Genética, Conservação e Biologia Evolutiva
Programa: Genética, Conservação e Biologia Evolutiva
Citação: BATISTA, Jacqueline da Silva. Caracterização genética da dourada - Brachyplatystoma rousseauxii, Castelnau, 1855 (Siluriformes: Pimelodidae) na Amazônia por meio de marcadores moleculares mitocondriais e microssatélites: subsídios para conservação e manejo. 2010. 148 f. Tese (Doutorado em Genética, Conservação e Biologia Evolutiva) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/721
Data de defesa: 12-Mar-2010
Aparece nas coleções:Doutorado - (GCBEv)

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Tese_Jacqueline_Batista_Pt_1.pdf3,09 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.