Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/731
Tipo do documento: Dissertação
Título: ASSOCIAÇÕES NO USO DO HÁBITAT POR CINCO ESPÉCIES DE LAGARTOS AMAZÔNICOS
Autor: Lobão, Pedro de Sá Petit 
Primeiro orientador: Lima, Albertina Pimentel
Primeiro coorientador: Magnusson, William Ernest
Primeiro membro da banca: Fearnside, Philip Martin
Segundo membro da banca: Strüssmann, Christine
Terceiro membro da banca: Machado, Reginaldo Assêncio
Quarto membro da banca: Vrcibradic, Davor
Quinto membro da banca: Rocha, Pedro Luís Bernardo da
Resumo: O presente estudo investigou os efeitos de fatores ambientais sobre a distribuição das cinco espécies de lagartos mais comuns em duas áreas com amplitude de variação ambiental distintas. Os levantamentos foram realizados no Parque Nacional do Viruá e na Estação Ecológica de Maracá, Roraima, Brasil, de setembro 2006 a março 2007 (estação seca), em 30 parcelas/área. As parcelas distanciaram-se, pelo menos, 1000 metros entre si e foram dispostas ao longo de cotas altimétricas. Modelos de regressão linear foram utilizados para avaliar os efeitos de altitude, inclinação do terreno, teor de argila no solo, incidência de luz e disponibilidade de alimento sobre índices de abundância (número médio de registros/parcela) ou ocorrência (número de parcelas em que a espécie foi encontrada) de Ameiva ameiva (Teidae), Coleodactylus septentrionalis, Gonatodes humeralis (Gekkonidae), Leposoma percarinatum (Gymnophthalmidae) e Plica umbra (Tropiduridae), e os modelos gerados numa área foram testados na outra área para avaliar a capacidade preditiva. Os modelos explicaram pouco da variação nos índices de abundância e na ocorrência de cada espécie de lagarto, e os modelos de uma área não foram eficientes em prever a abundância ou ocorrência das espécies na outra área. No entanto, para P. umbra e G. humeralis não houve evidência de que as formas das relações variaram entre as áreas. Apesar da pequena influência das variáveis ambientais sobre a maioria das espécies nas duas áreas de estudo, sugerindo caráter generalista, três espécies foram significativamente influenciadas por ao menos uma variável. É provável que estudos em escalas ambiental e espacial maiores sejam uma boa alternativa para modelos preditivos.
Abstract: The present study investigated the effects of environmental factors on the distribution of the five commonest lizard species in two areas with distinct ranges of environmental variation. The surveys were done at the Viruá National Park and at the Maracá Ecological Station, Roraima, Brazil, from September 2006 to March 2007 (dry season), in 30 plots at each locality, distant at least 1000 meters from each other. The plots were 250 m long, of variable width, and followed topographic contour. Linear regression models were used to evaluate the effects of altitude, slope, light incidence and food availability on indices of abundance (average number of records/plot) or occurrence (number of plots which the species was found) for Ameiva ameiva (Teidae), Coleodactylus septentrionalis, Gonatodes humeralis (Gekkonidae), Leposoma percarinatum (Gymnophthalmidae) e Plica umbra (Tropiduridae). Calibration models were generated in one of the areas and evaluated in the other to assess their predictive efficiency. The models explained little of the variability in the indices of abundance or occurrence of the lizard species and the models of one area were not able to predict the abundance or occurrence of the species in the other area. However, there was little evidence that the predictor variables had different relationships with P. umbra and G. humeralis in each area. Although the little influence of the environmental variables on most species at both study areas, suggesting that species are generalists, three species were significantly influenced by at least one variable. It s possible that larger environmental and geographic scale studies can be a good alternative to predictive models.
Palavras-chave: Padrões de distribuição
gradientes ambientais
métodos padronizados
estudos comparativos
modelos preditivos
Lacertilia
Distribution patterns
environmental gradients
standardized approaches
comparative studies
predictive models
Lacertilia.
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Capacidade de suporte, Ecologia animal, Ecologia vegetal, Ecossistemas, Interação inseto-planta, Lim
Programa: Biologia (Ecologia)
Citação: LOBÃO, Pedro de Sá Petit. ASSOCIAÇÕES NO USO DO HÁBITAT POR CINCO ESPÉCIES DE LAGARTOS AMAZÔNICOS. 2008. 50 f. Dissertação (Mestrado em Capacidade de suporte, Ecologia animal, Ecologia vegetal, Ecossistemas, Interação inseto-planta, Lim) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/731
Data de defesa: 17-Jul-2008
Aparece nas coleções:Mestrado - ECO

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Dissertacao_Pedro.pdf1,12 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.