Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/761
Tipo do documento: Dissertação
Título: CAMPINARANA E ÍNDIOS BANIWA: INFLUÊNCIAS AMBIENTAIS E CULTURAIS SOBRE A COMUNIDADE DE VERTEBRADOS TERRESTRES NO ALTO RIO NEGRO, AM
Autor: Endo, Whaldener 
Primeiro orientador: Rebêlo, George Henrique
Primeiro membro da banca: Fragoso, Jose Manuel Vieira
Segundo membro da banca: Ferrari, Stephen Francis
Terceiro membro da banca: Shepard Jr, Glenn Harvey
Quarto membro da banca: Cintra, Renato
Quinto membro da banca: Peres, Carlos Augusto da Silva
Resumo: Apesar da grande diversidade de animais encontrada na Amazônia, poucos estudos realizados nessa região buscaram caracterizar a estrutura das comunidades de vertebrados terrestres existentes e as peculiaridades relacionadas aos diferentes tipos de fisionomias existentes. Nesse estudo analisei a estrutura da comunidade de vertebrados terrestres de médio e grande porte em uma região de campinarana, enfocando na riqueza, abundância e densidade populacional das espécies encontradas na região e utilizando, para isso, quatro diferentes métodos de amostragem. Obtive registros dos animais existentes nessa região através do censo baseado em registros diretos (sonoros e visuais), registros de rastros obtidos em parcelas de areia e registros de tocas. Informações sobre a possível ocorrência de outras espécies também foi obtida por meio de entrevistas com os índios Baniwa, habitantes da região. Os resultados obtidos apresentam a campinarana do Alto Rio Negro como um ambiente onde pode ser encontrada uma comunidade de vertebrados terrestres semelhante, em termos de riqueza, às florestas de terra firme. No entanto, em termos de abundância, as populações encontradas na campinarana apresentaram valores muito baixos, provavelmente inflenciada pelas condições de baixa produtividade da região. Apresento nesse estudo o uso da vida silvestre e a caça de subsistência praticada pelos índios Baniwa, do Alto Rio Negro, na região Amazônica. Assim como outros estudos realizados em diferentes locais nas florestas neotropicais, os índios Baniwa usam uma ampla gama de espécies para consumo proteico e por motivos culturais. Diferentes tecnologias de caça são empregadas por esses grupos, resultando em diferentes composições de caça. Apesar do curto tempo empregado para avaliar a composição da caça e a taxa de consumo de caça, os dados obtidos indicam uma baixa quantidade de presas abatidas pelos Baniwa, comparado com outros grupos indigenas, sugerindo uma baixa preferência da atividade da caça como forma de suprir as necessidades proteicas diárias em comparação com a atividade da pesca, provável reflexo da baixa abundância das espécies caçadas na região, sem, no entanto, indicar uma alta pauperização de recursos alimentares, como mostra o desprezo pelas espécies de menor tamanho e a existência de espécies tabú. Apesar de estudos realizados na Amazônia e em outras regiões demostrarem que a caça praticada por povos indígenas atuam influenciando a estrutura das comunidades de animais visados pela caça, ainda há dificuldades em se mensurar essas alterações. Apresento aqui uma análise da variação da comunidade de vertebrados ao longo de uma região na Amazônia e a relação desta com variáveis ambientais e com o tamanho das aldeias indígenas existentes na região, visto que o aumento demográfico humano, inflacionando a caça e outras atividades potencialmente deletérias ao animais, é uma das maiores preocupações atuais quando se discute conservação. A riqueza não mostrou ser significativamente influenciada pelas variáveis medidas. A abundância das espécies, no entanto, mostrou uma considerável relação com o aumento populacional na região. Os resultados indicam que, apesar de fatores ambientais serem importantes agentes influenciando a composição da comunidade de animais caçados na região, o acréscimo de poucas pessoas na área estudada já é o suficiente para também surtir efeito nessa comunidade.
Abstract: In spite of the great diversity of higher-taxa animals found in the Amazonian forest, few studies have tried to characterize the structure of vertebrate communities in the region, and the peculiarities related to different Amazonian physionomies. In this study I analised, using four different methods, the structure of terrestrial vertebrate community found in Amazonian white sand vegetation environment, focusing on the species richness, abundance and density. Information on different species could be obtained by surveying the area and registering direct observations (sights and sounds), animal tracks on sand parcels and animal burrows. Information about other species found in that region could also be obtained by interviewing Baniwa Indians, inhabitants of the area studied. Results show the Upper Rio Negro white sand vegetation as an ecossistem with a very similar vertebrate community when compared to lowland terra firme forest environments, in terms of species richness. On the other hand, most animal populations censed here presented lower values of abundance when compared to other sites in Amazonia, propably influenced by the low productivity of this environment. Here I present the use of wildlife and subsistence hunting among Baniwa Indians, from the Upper Rio Negro River, Amazonia. Just like other studies carried out in different neotropical rainforest sites, Baniwa Indians use a wide array of species for protein consumption and cultural purposes. Different hunting technologies are being employed by this group, resulting in different prey compositions. Despite the short-term study, the game composition and yield obtained indicate a low amount of preys killed and bushmeat obtained by Baniwa Indians, compared to other Indian groups, suggesting the low preference of hunting acitivity to supply the daily protein requirements compared to fishing activity. This behaviour is probably influenced by the low abundance of important game species in the area, although not indicating nutritional resources depletion, noted by the despise for consumption of lesser bodied animals and the presence of taboo areas. Different studies have already demonstrated the influence of subsistence hunting activities affecting the terrestrial vertebrate community structure. But, despite the amount of studies on this subject, it is still difficult to measure the levels of impact caused by this kind of activity. Here I examine the effects of human population size on game species community, known to be one of the greatest concerns in conservation issues, as it increases hunting impact and other deleterious activities on the environment. The species richness was not significantly affected by the cultural and environmental variables measured. The community composition showed a stronger relation to geographic variation, than any other variable measured. Species abundance, on the other hand, tended to vary with human population size. Results indicate that, although environmental factors can affect wildlife composition, even a slight increase of human population is sufficient to cause considerable changes in the game species community.
Palavras-chave: Vertebrados Terrestres
Campinarana
Amazônia Central
Caça de Subsistência
Indios Baniwa
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Capacidade de suporte, Ecologia animal, Ecologia vegetal, Ecossistemas, Interação inseto-planta, Lim
Programa: Biologia (Ecologia)
Citação: ENDO, Whaldener. CAMPINARANA E ÍNDIOS BANIWA: INFLUÊNCIAS AMBIENTAIS E CULTURAIS SOBRE A COMUNIDADE DE VERTEBRADOS TERRESTRES NO ALTO RIO NEGRO, AM. 2005. 113 f. Dissertação (Mestrado em Capacidade de suporte, Ecologia animal, Ecologia vegetal, Ecossistemas, Interação inseto-planta, Lim) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/761
Data de defesa: 6-Out-2005
Aparece nas coleções:Mestrado - ECO

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Dissertacao_Whaldener.pdf1,33 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.