Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/762
Tipo do documento: Dissertação
Título: A INFLUÊNCIA DE FATORES AMBIENTAIS SOBRE PADRÕES DE DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DE COMUNIDADES DE SERPENTES EM 25 km2 DE FLORESTA DE TERRA FIRME NA AMAZÔNIA CENTRAL
Autor: Fraga, Rafael de 
Primeiro orientador: Lima, Albertina Pimentel
Primeiro coorientador: Magnusson, William Ernest
Primeiro membro da banca: Strüssmann, Christine
Segundo membro da banca: Prudente, Ana Lúcia da Costa
Terceiro membro da banca: Morato, Sergio Augusto Abrahao
Quarto membro da banca: Losos, Jonathan B.
Quinto membro da banca: Silva Jr, Nelson Jorge da
Resumo: O presente estudo determinou a influência de fatores ambientais, expressos em gradientes, sobre a riqueza e composição de espécies de serpentes na Reserva Adolpho Ducke, Manaus, Amazonas, Brasil. Para isso foram utilizadas 46 parcelas de 250 m de comprimento, sendo 30 uniformemente distribuídas, que acompanham as curvas de nível, e 16 ripárias, que acompanham os leitos dos igarapés. Cada parcela foi percorrida seis vezes para o registro visual de serpentes. As variáveis ambientais testadas foram distância dos igarapés, profundidade de liteira, declividade do terreno e porcentagem de argila do solo para as parcelas uniformemente distribuídas, e profundidade da liteira e tamanho dos igarapés para as parcelas ripárias. Foram encontradas 189 serpentes, pertencentes a 38 espécies de seis famílias, mas a curva de rarefação (índice de Mau Tao) não atingiu a assíntota. Onze espécies não foram incluídas nas análises por terem sido registradas apenas fora dos limites das parcelas. Não houve indício de relação entre número de espécies registradas por parcela e qualquer uma das variáveis medidas. A composição de espécies, no entanto, resumida em quatro eixos de uma ordenação por NMDS baseada em uma matriz de dissimilaridades Chão entre parcelas, diferiu significativamente entre áreas ripárias e não ripárias. A profundidade de liteira aparentemente influencia a composição de espécies tanto em áreas ripárias como não-ripárias, mas esse resultado pode refletir a influência da camada de liteira sobre a detectabilidade das espécies. A diferença na composição de espécies entre parcelas ripárias e não ripárias tem importante implicação para manejo e conservação, porque a legislação ambiental brasileira prevê proteção a uma faixa marginal de 30 m para igarapés de tamanhos semelhantes aos da Reserva Ducke. Contudo, as serpentes parecem reconhecer zonas ripárias maiores que isso. Se apenas as áreas contempladas pela lei fossem protegidas, a maioria das espécies associadas às zonas ripárias estaria em risco.
Abstract: This study determined the influence of environmental factors expressed as gradients on the richness and composition of species of snakes in the Reserva Adolpho Ducke, Manaus, Amazonas, Brazil. We used 46 plots of 250 m in length, 30 uniformly distributed, which follow the altitudinal contours, and 16 riparians, which follow the streams. Each plot was surveyed six times for snakes. The environmental variables tested were distance from streams, litter depth, slope of terrain and percentage of clay in soil for uniformly distributed plots, and litter depth and size of streams for riparian plots. We found 189 snakes belonging to 38 species in six families, but the rarefaction curve (Mao Tau index) did not reach an asymptote. Eleven species were not included in anlyses because they were recorded only outside the limits of the plots. There was no evidence of relationship between number of species recorded per plot and any of the variables measured. However, the species composition summarized by four NMDS axes, based on a matrix of Chao dissimilarities between plots, differed significantly between riparian and non-riparian areas. Litter depth apparently influences the composition of species in both riparian and non-riparian areas, but this result may reflect the influence of the litter layer on the detectability of species. The difference in species composition between riparian and non-riparian plots has important implications for management and conservation, because the Brazilian environmental law provides protection out to 30 m from streams of similar sizes to the Reserva Ducke. However, the snakes seem to recognize larger riparian areas. If only those areas contemplated by the law were protected, so the majority of species associated with riparian areas would be at risk.
Palavras-chave: Comunidades - serpentes
Padrões de distribuição
Reserva Aldolfo Ducke
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Capacidade de suporte, Ecologia animal, Ecologia vegetal, Ecossistemas, Interação inseto-planta, Lim
Programa: Biologia (Ecologia)
Citação: FRAGA, Rafael de. A INFLUÊNCIA DE FATORES AMBIENTAIS SOBRE PADRÕES DE DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DE COMUNIDADES DE SERPENTES EM 25 km2 DE FLORESTA DE TERRA FIRME NA AMAZÔNIA CENTRAL. 2009. 35 f. Dissertação (Mestrado em Capacidade de suporte, Ecologia animal, Ecologia vegetal, Ecossistemas, Interação inseto-planta, Lim) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/762
Data de defesa: 1-Jul-2009
Aparece nas coleções:Mestrado - ECO

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Dissertacao_Rafael_de_Fraga.pdf2,62 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.