Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/773
Tipo do documento: Dissertação
Título: Efeitos da insularização sobre guildas de aves em ilhas do reservatório da UHE Balbina na Amazônia brasileira
Autor: Silva, Marco Aurélio da 
Primeiro orientador: Anciaes, Marina
Primeiro membro da banca: Cintra, Renato
Segundo membro da banca: Bobrowiec, Paulo Estefano Dineli
Terceiro membro da banca: Sanaiotti, Tânia Margarete
Quarto membro da banca: Frische, Cintia Cornelius
Quinto membro da banca: Venticinque, Eduardo Martins
Resumo: Uma das modificações ambientais de origem antrópica mais intensas sobre os ecossistemas é a fragmentação de habitats, que é apontada como uma das maiores ameaças à manutenção da biodiversidade. Na Amazônia extensas áreas florestais também são transformadas em paisagens fragmentadas, cujos remanescentes estão isolados por diferentes tipos de ambientes. Embora a formação dos reservatórios de usinas hidroelétricas seja importante fator de fragmentação florestal na Amazônia, poucos são os estudos dedicados ao tema na região. Efeitos deletérios da fragmentação florestal sobre as comunidades de aves em particular foram observados em estudos em florestas equatoriais neotropicais sendo que a matriz aquática circundante aos fragmentos florestais é importante barreira à ocupação de espécies nesses remanescentes. O presente estudo teve como objetivo avaliar os efeitos da fragmentação em função das métricas espaciais locais sobre algumas guildas de aves em 27 ilhas das cerca de 3.500 formadas na represa da Hidroelétrica de Balbina. As ilhas, selecionadas por semelhança na estrutura vegetacional, possuem áreas entre 4.7 a 1815 ha e distintos níveis de isolamento em relação a outras ilhas e às áreas de florestas contínuas nas margens do reservatório. Amostrei 172 pontos pelos métodos de censo auditivo e play back, sendo 142 em ilhas e 30 em áreas de floresta contínua. A área e o isolamento das ilhas foram diretamente relacionados à riqueza de espécies e à abundância de indivíduos da avifauna estudada, sendo que as guildas mais afetadas pela insularização foram as insetívoras e onívoras de solo. Das 55 espécies estudadas 39 puderam ter suas probabilidades de ocupação estimadas para a área de estudo em função das métricas espaciais. Houve menor riqueza e abundância em subconjuntos de ilhas agrupadas por área em comparação às amostras em floresta contínua. Subconjuntos de ilhas em geral apresentaram equivalência em riqueza e abundância a ilhas únicas de tamanhos semelhantes.
Abstract: One of the more intense anthropogenic environmental changes on ecosystems is habitat fragmentation, which is identified as a major threat to biodiversity throughout the world. In the Amazon forest wide areas are also transformed in fragmented landscapes, which remnants are isolated by different types of environments. Although the formation of the reservoirs of hydroelectric plants is an important factor of forest fragmentation in the Amazon, there are few studies devoted to the subject in the region. Deleterious effects of forest fragmentation on bird communities in particular have been observed in Neotropical rainforests studies, indicating that the water matrix surrounding forest fragments may be an important barrier to species occupation in these remaining. This study aimed to evaluate the effects of fragmentation on the basis of metric space on some local guilds of birds on 27 islands of about 3500 formed in the hydroelectric reservoir of Balbina. The islands, selected by similarity in vegetation structure, have areas between 4.7 to 1815 ha and different levels of isolation from other islands, and areas of continuous forest surrounding the reservoir. I sampled 172 points by auditive census and playback methods, being 142 in islands and 30 in areas of continuous forest. The area and isolation of the islands were directly related to species richness and abundance of studied birds, and the most affected guilds by insularization were insectivorous and soil omnivorous. Of the 55 studied species, 39 might have their chances of occupancy estimated for the study area according to the metrics. There was a lower richness and abundance in sub-sets of islands grouped by area compared to samples in continuous forest. In general, sub-sets of islands had similar richness and abundance on the single islands of similar size.
Palavras-chave: Aves Ecologia
Fragmentos florestais Amazônia
Usina Hidrelétrica de Balbina (AM)
Reserva Biológica do Uatumã
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Capacidade de suporte, Ecologia animal, Ecologia vegetal, Ecossistemas, Interação inseto-planta, Lim
Programa: Biologia (Ecologia)
Citação: SILVA, Marco Aurélio da. Efeitos da insularização sobre guildas de aves em ilhas do reservatório da UHE Balbina na Amazônia brasileira. 2010. 96 f. Dissertação (Mestrado em Capacidade de suporte, Ecologia animal, Ecologia vegetal, Ecossistemas, Interação inseto-planta, Lim) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/773
Data de defesa: 30-Jul-2010
Aparece nas coleções:Mestrado - ECO

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Dissertacao_Marco_Aurelio.pdf1,66 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.