Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/814
Tipo do documento: Dissertação
Título: Efeitos a longo prazo da perda de habitat e da caça sobre mamíferos de médio e grande porte na Amazônia Central
Autor: Sampaio, Ricardo 
Primeiro orientador: Lima, Albertina Pimentel
Primeiro coorientador: Peres, Carlos Augusto da Silva
Primeiro membro da banca: Hussne, Renata Pardini
Segundo membro da banca: Oliveira, Gonçalo Nuno Côrte-real Ferraz de
Terceiro membro da banca: Ramos, Claudia de Barros e Azevedo
Quarto membro da banca: Bergallo, Helena de Godoy
Quinto membro da banca: Ferrari, Stephen Francis
Resumo: A fragmentação florestal é uma das mais penetrantes ameaças para florestas tropicais, principalmente na floresta Amazônica. Apesar de efeitos negativos, algumas espécies de mamíferos podem persistir em remanescentes florestais. Em adição à redução e à subdivisão de populações, a persistência de mamíferos é afetada pela pressão de caça em fragmentos florestais, agravada pelo crescimento populacional humano nestas áreas. Este estudo avaliou, por meio de duas abordagens, o papel de fragmentos florestais como unidades conectoras entre paisagens para médios e grandes mamíferos. Por meio de levantamentos diurnos, noturnos e procura por rastros em três áreas (Floresta contínua, Floresta em fragmentação e Fragmentos florestais isolados a longo prazo por savana) no oeste do estado do Pará, próximo à rodovia BR-163 na Amazônia Central, comparei os efeitos da perda do habitat e da caça tanto distribuição de espécies nestas três áreas, como em 16 fragmentos florestais isolados por savana. Na primeira abordagem, os resultados indicam que, baseado em entrevistas, algumas espécies se extinguiram antes mesmo dos efeitos da perda do habitat, exceto em fragmentos florestais, provavelmente devido ao histórico de caça e perturbação da área. Constatei que a diversidade diminui com a perda do habitat, e o conjunto de espécies em fragmentos florestais foi uma subamostra das áreas mais íntegras. Entretanto, entre as nove espécies mais registradas nas três áreas, seis delas são tão incidentes em fragmentos florestais quanto nas áreas menos alteradas, incluindo quatro espécies (veado cinza, catitu, tatu galinha e guariba) consumidas por moradores locais. Contudo, as características de fragmentos florestais isolados por savana (tamanho, a densidade de árvores e a intensidade de caça) não afetam a distribuição de espécies, incluindo aquelas consumidas por moradores locais. Apesar do efeito negativo da perda do habitat, estes resultados mostram que estas manchas têm seu papel para abrigar um subconjunto de espécies, mesmo que temporariamente, da diversidade total de uma região, e que até os menores fragmentos florestais podem constituir unidades conectoras entre extensas unidades de conservação. Além disso, com um plano de manejo adequado, parte desta fauna pode complementar a subsistência de moradores locais. Esta situação é possivelmente um cenário futuro para a Amazônia, principalmente nas áreas sob influência da BR-163 e outras rodovias que estão sofrendo severos desflorestamentos e aumento da ocupação humana.
Abstract: Forest fragmentation has become one of the most pervasive threats to tropical forest, mainly in the Amazonian forest. Despite its detrimental effects, some mid-sized to large-bodied mammals species can persist in forest remnants. In addition to population reduction and subdivision, mammal persistence in tropical forest fragments is affected by hunting pressure, which is aggravated by the growing human population density in fragmented forest landscapes. This study utilized two approaches to evaluate the value of forest fragments have as units of connectivity among landscapes for mid and large-bodied mammals species in the central Amazon. Using diurnal and nocturnal line-transect censuses, track surveys and other indirect evidence in three areas (continuous forest, fragmented forest and forest fragments isolated by savanna vegetation) in western of Para state (Brazil), next to BR-163 highway in the Central Amazonia, I compared the effects of habitat loss and hunting pressure on the distributions of species in these three areas and in 16 forest fragments isolated by savanna. In the first approach results, based on interviews, indicated that some species were extinct prior to habitat loss except in the fragment forest, caused by the perturbation and hunting in the area. I found that diversity decreases with habitat loss, and the set of species in fragments isolated by savanna was a subset of species in the less disturbed areas. However, among the nine species most frequently recorded, six species were as abundant in the fragments as the other areas, including four locallyhunted species (red brocket deer, collored pecary, nine banded armadillo, and howler monkeys). However the characteristics of forest fragments isolated by savanna (fragment size, tree density and hunting intensity) did not influence species distributions, including species that are hunted. Despite the negative effects of habitat loss, results indicate that these patches have a value as they shelter a subset of the species. Even if only temporarily, they support the region s biodiversity, and even the smallest forest fragments can constitute a unity connecting extant conservation unities. Moreover, a good adequate management plan for part of this fauna can complement the local people s subsistence. This scenario is likely to be realized in the Amazon, mainly in areas around highways such as BR-163 that are experiencing severe deforestation and rise in the local human population.
Palavras-chave: fagmentação florestal
prda de habitat
pressão de caça
mastofauna
mamíferos-ecologia
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA::ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Capacidade de suporte, Ecologia animal, Ecologia vegetal, Ecossistemas, Interação inseto-planta, Lim
Programa: Biologia (Ecologia)
Citação: SAMPAIO, Ricardo. Efeitos a longo prazo da perda de habitat e da caça sobre mamíferos de médio e grande porte na Amazônia Central. 2007. 54 f. Dissertação (Mestrado em Capacidade de suporte, Ecologia animal, Ecologia vegetal, Ecossistemas, Interação inseto-planta, Lim) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/814
Data de defesa: 14-Ago-2007
Aparece nas coleções:Mestrado - ECO

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Dissertacao_Ricardo_Sampaio.pdf1,07 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.