Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/970
Tipo do documento: Dissertação
Título: ESTIMATIVAS DA DINÂMICA DE CARBONO NA BIOMASSA LENHOSA DE TERRA FIRME NA RESERVA DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL AMANÃ POR MÉTODOS DENDROCRONOLÓGICOS
Autor: Oliveira, Christiane Lopes de 
Primeiro orientador: Schongart, Jochen
Primeiro membro da banca: Marenco, Ricardo Antonio
Segundo membro da banca: Vieira, Gil
Terceiro membro da banca: Nelson, Bruce Walker
Quarto membro da banca: Wittmann, Florian Karl
Quinto membro da banca: Morais, Ronaldo Ribeiro de
Resumo: Florestas de terra-firme são conhecidas por serem densas, com diversidade alta de espécies. Por conseqüência, contribuem para estocar uma grande quantidade de carbono na biomassa. Neste estudo foram estimadas estoques e seqüestro de carbono na biomassa lenhosa na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã onde tais informações ainda carecem. Em três parcelas, de 1 hectare cada uma, foram inventariadas todas as árvores acima de 10 cm DAP (diâmetro a altura do peito). De todas as árvores foram medidas o DAP. A altura foi medida de 919 indivíduos, para as outras árvores a altura foi estimada através de um modelo de regressão não-linear significativa entre DAP e altura. De todas as espécies foram estimadas densidades de madeira relacionando o peso seco com volume fresco. De todas as espécies foram estimadas idades e taxas de incremento diamétrico utilizando anéis de crescimento que as árvores formam anualmente devido da sazonalidade distinta de precipitação. DAP, altura e densidade da madeira de todas as árvores foram utilizadas para estimar biomassa lenhosa e seu estoque de carbono (50%) através de três modelos alométricos. Um modelo de regressão múltipla foi calibrado para estimar a idade da árvore através do DAP e a densidade da madeira. Dessa maneira foi possível descrever a estrutura etária da floresta e estimar as mudanças do estoque de carbono entre os anos que permite uma estimativas do seqüestro de carbono na biomassa lenhosa. A partir das análises dendrocronólogicas determinou-se a densidade de algumas espécies (0,18 a 0,92 g cm-3) e a idade da floresta (295 anos). Esses dados somados aos do inventário florístico permitiu-nos aplicar modelos alométricos que estimaram a biomassa entre 188 a 213 Mg ha-1. O estoque de carbono foi estimado entre 94 a 106 Mg ha-1. O seqüestro de carbono variou entre 2,4 a 3,1 Mg ha-1 ano-1 e o tempo de residência de carbono no local está estimado entre 34 a 43 anos. Comparando esses resultados com outros estimativas para terra firme próximo a Manaus, várzea da RDS Mamirauá e igapó de RDS Amanã, verificou-se uma semelhança com a várzea. Isso possibilitou concluir que a terra-firme desse local possui produtividade semelhante à várzea sendo muito provável que o local de estudo seja um terraço holocênico ou antiga várzea.
Abstract: Forests upland are known to be dense, with high diversity of species. As a result, contribute to store a large amount of carbon in biomass. This study estimated C-storage and C-sequestration in woody biomass in the Sustainable Development Reserve Amanã where such information is still lacking. In three plots of 1 hectare each, were inventoried all trees above 10 cm DBH (diameter at breast height). Of all the trees were measured DBH. Height was measured in 919 individuals for the other trees the height was estimated by a regression model nonlinear correlation between DBH and height. Of all the species were estimated wood densities relating dry weight to fresh volume. Of all the species were estimated ages and diameter increment rates using growth rings that form the trees each year due to seasonality of precipitation distinct. DBH, height and density of all trees were used to estimate woody biomass and its C-storage (50%) through three models were fitted. A multiple regression model was calibrated to estimate the age of the tree through the DBH and the density of wood. Thus it was possible to describe the age structure of the forest and to estimate the changes in carbon stock in the years which allows estimates of carbon sequestration in woody biomass. From the dendrochronological analysis determined the wood density of some species (0.18 to 0.92 g cm-3) and age of the forest (295 years). These data added to the floristic survey allowed us to apply allometric models that estimated biomass of 188 to 213 Mg ha-1. The C-storage was estimated between 94 to 106 Mg ha-1. The C-sequestration ranged from 2.4 to 3.1 mg ha-1 yr-1 and the C-turnover in place is estimated between 34 to 43 years. Comparing these results with other estimates for land near Manaus, floodplain and Sustainable Development Reserve Mamirauá and igapó Sustainable Development Reserve Amanã, there was a resemblance to the floodplain. This led us to conclude that the upland site that has similar yield to the floodplain is very likely that the study site is a terrace or ancient Holocene floodplain.
Palavras-chave: Dendrocronologia
Dinâmica do carbono
Floresta de terra firme
Biomassa
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Fisiologia vegetal, Fitogeografia, Sistemática e Taxonomia vegetal, Botânica aplicada, Biologia vege
Programa: Ciências Biológicas (Botânica)
Citação: OLIVEIRA, Christiane Lopes de. ESTIMATIVAS DA DINÂMICA DE CARBONO NA BIOMASSA LENHOSA DE TERRA FIRME NA RESERVA DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL AMANÃ POR MÉTODOS DENDROCRONOLÓGICOS. 2010. 53 f. Dissertação (Mestrado em Fisiologia vegetal, Fitogeografia, Sistemática e Taxonomia vegetal, Botânica aplicada, Biologia vege) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/970
Data de defesa: 25-Jan-2010
Aparece nas coleções:Mestrado - BOT

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Dissertacao_Christiane_Lopes.pdf937,01 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.