Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1093
Tipo do documento: Dissertação
Título: O PAPEL DE PLANTIOS HOMOGÊNEOS DE ESPÉCIES FLORESTAIS NATIVAS EM PROMOVER A REGENERAÇÃO NATURAL NA AMAZÔNIA CENTRAL
Autor: Lima, Thaís Almeida 
Primeiro orientador: Vieira, Gil
Primeiro membro da banca: Durigan, Giselda
Segundo membro da banca: Gandolfi, Sergius
Terceiro membro da banca: Carpanezzi, Antonio Aparecido
Quarto membro da banca: Martins, Sebastião Venâncio
Quinto membro da banca: Leal Filho, Niwton
Resumo: Plantios florestais cobrem uma extensa área em muitos países e isto tem despertado a preocupação acerca do papel dos plantios na conservação da biodiversidade. Neste trabalho avaliamos a riqueza das espécies vegetais regenerantes em cinco plantios florestais homogêneos (Simarouba amara, Dinizia excelsa, Dipteryx odorata, Bagassa guianensis e Jacaranda copaia) de aproximadamente 35 anos de idade, compostos de espécies nativas, e áreas de floresta primária, na região de Manaus, Amazonas, Brasil (2°35 51.28 S; 60°02 10.57 W). Os plantios apresentaram valores de riqueza de espécies próximos aos registrados para áreas de florestas nativas, com exceção do plantio de Jacaranda copaia. A relação entre a composição de espécies e as diversas variáveis ambientais amostradas foi feita por meio da análise de correspondência canônica (ACC). A ACC resultou em correlações entre a composição de espécies, validadas pelo teste de Monte Carlo, com a porcentagem de abertura de dossel, teor de nitrogênio, pH, saturação por bases e teor de alumínio no solo. Nossos resultados demonstram que plantios florestais homogêneos podem conter níveis de biodiversidade próximos aos de florestas primárias, e reforçam o valor de paisagens antrópicas no cenário da conservação da biodiversidade.
Abstract: Forest plantations cover a large area in many countries and it is increasing the concern about the role of plantations in the biodiversity conservation. In this study we evaluated the seedling species richness in five 35 years old pure plantations (Simarouba amara, Dinizia excelsa, Dipteryx odorata, Bagassa guianensis and Jacaranda copaia), composed by native species and the surround primary forests, in the region of Manaus, Amazonas, Brazil (2°35 51.28 S; 60°02 10.57 W). The plantations forests presented values of species richness close to recorded in primary forests, with exception of Jacaranda copaia plantation. The relationship between species composition and the several environmental variables sampled was carried out by canonical correspondence analyses (CCA). The CCA resulted in correlations between species composition, validated by Monte Carlo test, with the percentage of canopy openness, concentration of nitrogen, pH, base saturation and concentration of aluminum in soil. Our results showed that homogeneous forest plantations can contain biodiversity levels nearly to primary forests, and reinforce the value of human modified landscapes in the biodiversity conservation scenario.
Palavras-chave: Composição florística
Regeneração natural
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTAL
Idioma: por
País: BR
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Manejo florestal, Silvicultura
Programa: Ciências de Florestas Tropicais
Citação: LIMA, Thaís Almeida. O PAPEL DE PLANTIOS HOMOGÊNEOS DE ESPÉCIES FLORESTAIS NATIVAS EM PROMOVER A REGENERAÇÃO NATURAL NA AMAZÔNIA CENTRAL. 2009. 43 f. Dissertação (Mestrado em Manejo florestal, Silvicultura) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1093
Data de defesa: 21-Mai-2009
Aparece nas coleções:Mestrado - CFT

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Dissertacao_Thais_Lima.pdf874,23 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.