Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1194
Tipo do documento: Tese
Título: A INFLUÊNCIA DA EROSÃO NA REGENERAÇÃO DE CLAREIRAS
Autor: Nascimento, Jorge Glauco Costa 
Primeiro orientador: Vieira, Gil
Primeiro coorientador: Costa, Suely de Souza
Primeiro membro da banca: Engel, Vera Lex
Segundo membro da banca: Ferraz, Joao Baptista Silva
Terceiro membro da banca: Leal Filho, Niwton
Quarto membro da banca: Mesquita, Rita de Cassia Guimaraes
Quinto membro da banca: Teixeira, Wenceslau Geraldes
Resumo: A eficácia na restauração de áreas impactadas pela indústria petrolífera na Amazônia é um dos indicadores da sustentabilidade desta atividade econômica. O aperfeiçoamento das técnicas para restaurar ecossistemas perturbados passa pelo conhecimento da influência recíproca dos fatores bióticos e abióticos, importantes para entender o mosaico de espécies e a estrutura das comunidades. O desafio é integrar a pesquisa ecológica com a geomorfológica. A chave está em trabalhar com fenômenos que ocorrem na mesma escala de tempo e espaço. Desta visão vem o objetivo da tese: estudar como a erosão interfere e sofre interferência na restauração de áreas que utilizam a sucessão ecológica como princípio. As áreas estudadas estão contidas em um raio de 20 km ao redor das coordenadas 65°11 15 W e 04°51 55 S, Coari Amazonas, Brasil. Os instrumentos para obtenção de dados foram: a) análise de imagens de satélites; b) observações diretas; c) levantamento da microtopografia; d) coleta e ensaios com amostras do banco de sementes no solo; d) acompanhamento da mortalidade em plantios e sua relação com processos erosivos; e) inventário da regeneração. Estes dados foram coletados e tratados por estatística descritiva, testados e correlacionados, considerando os sítios de erosão e deposição, no contexto de características locais: i) solo exposto; ii) regeneração e iii) dossel do plantio. Os resultados mostram que em 76% das áreas onde foi realizado o plantio de árvores o solo permanece exposto, ou ocupado por espécies invasoras exóticas. Proponho o abandono da denominação clareira para as áreas impactadas pela indústria petrolífera, tendo em vista a intensidade do distúrbio. Em substituição apresento uma classificação das áreas degradadas em função do uso antes da restauração e do substrato: a) infraestrutura; b) prospecção e pesquisa; c) poço; d) empréstimo; e) bota-fora. O banco de sementes vem sendo recomposto após o distúrbio, a quantidade de sementes viáveis no banco aumenta das áreas de erosão para as de deposição (p=0,0062). Esta diferença é menor quanto maior for a proteção do solo. A diversidade de sementes cresce com o aumento da proteção do solo pela vegetação. A mortalidade das plantas cultivadas apresentou correlação significativa (r=0,74) com a presença de processos erosivos. O distúrbio provocado durante a abertura e utilização da área pode comprometer a resiliência do ecossistema. Nestes casos, a regeneração natural que ocorre é compatível com a sucessão primária e a restauração precisa ser enfocada como tal. Por isto recomendo que as técnicas para restauração da floresta impactada pela exploração de hidrocarbonetos sejam aperfeiçoadas e adequadas à intensidade do distúrbio causado, em cada área e dentro de uma mesma área.
Abstract: One of sustainability indicator of economic activity in the oil industry in the Amazon is the effectiveness in the restoration of impacted areas. The improvement of restoration techniques to recover disturbed ecosystems pass by knowledge of the reciprocal influence of biotic and abiotic factors, and it s important to understand the mosaic distribution and structure of the communities. The challenge is to integrate ecological and geomorphological researches. The key is work with phenomena that occur on the same scale of time and space. In this point of view the goal of the thesis can be defined as: how erosion interfere and suffer interference in the restoration of areas that use ecological succession as a principle. The studied areas are contained in a 20 km around the coordinates 65 ° 11'15 "W and 04 ° 51'55" S. The tools used to collect the data were: a) analysis of satellite images, b) direct observations, c) survey the microtopography d) collection and testing with samples of the soil seed bank, d) monitoring of mortality in plantations and relation to erosion processes, e) inventory of regeneration. These data were collected and processed considering the sites of erosion and deposition in the context of local characteristics: i) exposed soil, ii) regeneration and iii) restored canopy. The data were processed by descriptive statistics, tested and correlated and th76,59% of the areas were trees was planted, the soil remain exposed or occupied by exotic invasive species. I propose renounce the designation for clearing in the areas impacted by the oil industry because the term refers to an approach focused on secondary succession. In stead of I present a classification for degraded areas in terms of use before the restoration and substratum: a) infrastructure, b) exploration and research, c) well d) loan and) send-off. The seed bank has been recovery after disturb. The quantity of viable seeds increases in the areas of bank from erosion to the deposition (p= 0,0062), this difference is smaller as great is the ground cover. The diversity is higher with the ground cover increase. The trees planted mortality showed significant correlation (r=0,74) with the presence of erosion process. The disturbance caused during the opening and use of the area can compromise the ecosystem resilience. In these cases the natural regeneration that occurs is consistent with the primary succession. The restoration needs to be focused as such. Because that I recommend the improvement in the techniques for restoration in the forest impacted by the exploitation of hydrocarbons, appropriate to the intensity of the disturbance caused in each area
Palavras-chave: Ecologia florestal
Reflorestamento
Áreas degradadas - Recuperação
Petróleo - Exploração - Aspectos econômicos
Impacto ambiental - Amazônia
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Manejo florestal, Silvicultura
Programa: Ciências de Florestas Tropicais
Citação: NASCIMENTO, Jorge Glauco Costa. A INFLUÊNCIA DA EROSÃO NA REGENERAÇÃO DE CLAREIRAS. 2009. 182 f. Tese (Doutorado em Manejo florestal, Silvicultura) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1194
Data de defesa: 16-Dez-2009
Aparece nas coleções:Doutorado - CFT

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Tese_Jorge_Glauco_Nascimento_Pt_1.pdf3,3 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.