Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1345
Tipo do documento: Dissertação
Título: EXPORTAÇÃO DE NUTRIENTES EM FRUTO DE CUPUAÇU (Theobroma grandiflorum (Willd. ex Spreng.) Schum.) EM TRÊS SOLOS DA AMAZÔNIA CENTRAL
Título(s) alternativo(s): EXPORT OF NUTRIENTS IN CUPUAÇU FRUIT (Theobroma grandiflorum) IN THREE SOILS OF THE AMAZONIA
Autor: Costa, Edinaldo Lopes da 
Primeiro orientador: Clement, Charles Roland
Primeiro membro da banca: Yuyama, Kaoru
Segundo membro da banca: Alfaia, Sonia Sena
Terceiro membro da banca: Rodrigues, Maria do Rosário Lobato
Quarto membro da banca: Flores, Wanders Benjamin Chávez
Quinto membro da banca: Cravo, Manoel da Silva
Resumo: Os agricultores que se dedicam ao cultivo do cupuaçuzeiro (Theobroma grandiflorum (Willd. ex Spreng.) Schum., Sterculiaceae) reconhecem a importância da fertilização para o aumento da produtividade, mas se deparam com a escassez de investigações que possibilitem indicar um esquema de adubação agronomicamente correta e economicamente viável. O presente estudo avaliou o efeito da fertilidade de três solos (Latossolo Amarelo Coeso Típico - LA [Presidente Figueiredo AM], Latossolo Amarelo Coeso Antrópico Terra Preta de Índio - TPI [Iranduba AM] e Gleissolo Háplico Ta Eutrófico - várzea [Manacapuru AM]) sobre a exportação de nutrientes pelo fruto de cupuaçuzeiro. Em cada sítio foram escolhidas 20 plantas, das quais coletou-se folhas e frutos, bem como amostras de solo na projeção da copa, entre os meses de março a maio de 2004, ocasião de safra na região. Os frutos coletados em solos de várzea apresentaram o maior peso médio (1,64 kg), seguido de TPI (1,34 kg) e LA (1,24 kg). Os maiores teores de potássio no solo (0,18 cmolc/dm3) e nas folhas (4,22 g.kg-1) foram registrados na várzea, seguido de TPI (0,12 cmolc/dm3 e 3,21 g.kg-1) e LA (0,09 cmolc/dm3 e 4,10 g.kg-1). A maior concentração de nutrientes foi observada na semente (N, P, Ca, Mg e Zn), casca (Fe e Mn) e polpa (K). As exportações de macro e micronutrientes pelo fruto de cupuaçu obedeceram as seguintes ordens: várzea K (6,61 g.fruto-1) > N (5,97 g.fruto-1) > Mg (1,05 g.fruto-1) > P (0,83 g.fruto-1) > Ca (0,80 g.fruto-1) e Fe (43,45 mg.fruto-1) > Mn (20,04 mg.fruto-1) > Zn (18,40 mg.fruto-1); TPI N (5,03 g.fruto-1) > K (4,13 g.fruto-1) > Ca (1,06 g.fruto-1) > Mg (0,98 g.fruto-1) > P (0,84 g.fruto-1) e Fe (43,42 mg.fruto-1) > Zn (21,87 mg.fruto-1) > Mn (17,09 mg.fruto-1); LA N (4,68 g.fruto-1) > K (4,17 g.fruto-1) > Mg (0,70 g.fruto-1) > Ca (0,67 g.fruto-1) > P (0,38 g.fruto-1) e Fe (32,68 mg.fruto-1) > Mn (19,43 mg.fruto-1) > Zn (14,45 mg.fruto-1). A maior exportação de potássio foi observada em várzea, devido à maior fertilidade do solo naquele elemento; o potássio exportado em TPI foi 23,5% inferior ao solo de várzea e de 16,6 % ao LA.
Abstract: The farmers that grow cupuaçu (Theobroma grandiflorum (Willdenow ex Sprengel) Schumann, Sterculiaceae) recognize the importance of fertilization to increase productivity, but little research has been done to identity an agronomically correct and economically viable, scheme. The present study evaluated the from exportation of nutrients by the cupuaçu fruit three soils (Yellow Oxisol - LA [President Figueiredo - AM], Indian Dark Earth - TPI [Iranduba - AM] and flood plain [Manacapuru - AM]). In each farm, 20 plants were sampled, and soil, leaves and fruits were collected between March May 2004, the harvest season in the region. The fruits collected from the flood plain were heaviest (1.64 kg), followed by TPI (1.34 kg) and LA (1.24 kg). The highest concentrations of potassium in the soil (288.7 mg.dm3) and in the leaf (1.54 g.kg-1) were found in the flood plain, followed by TPI (133.8 mg.dm3 and 1.22 g.kg-1) and LA (3.0 mg.dm3 and 0.73 g.kg-1). The highest concentration of nutrients was observed in the seed (N, P, Ca, Mg and Zn), pod (Fe and Mn) and pulp (K). The export of macronutrients by the cupuaçu fruit obeyed the following orders: Flood plain K (6.61 g.fruit-1) > N (5.97 g.fruit-1) > Mg (1.05 g.fruit-1) > P (0.83 g.fruit-1) > Ca (0.80 g.fruit-1) and Fe (43.45 mg.fruit-1) > Mn (20.04 mg.fruit-1) > Zn (18.40 mg.fruit-1); TPI N (5.03 g.fruit-1) > K (4.13 g.fruit-1) > Ca (1.06 g.fruit-1) > Mg (0.98 g.fruit-1) > P (0.84 g.fruit-1) and Fe (43.42 mg.fruit-1) > Zn (21.87 mg.fruit-1) > Mn (17.09 mg.fruit-1); LA N (4.68 g.fruit-1) > K (4.17 g.fruit-1) > Mg (0.70 g.fruit-1) > Ca (0.67 g.fruit-1) > P (0.38 g.fruit-1) and Fe (32.68 mg.fruit-1) > Mn (19.43 mg.fruit-1) > Zn (14.45 mg.fruit-1). The highest potassium export was from the flood plain s soil, permited by the greater fertility of that soil. The potassium exported from TPI was 23.5% less than the flood plain and the LA was 16.6 % less.
Palavras-chave: Latossolo Amarelo
Gleissolo
Latossolo Amarelo Antrópico
nutrição de plantas
cupuaçu
exportação de nutrientes
Yellow Oxisol
Gleissolo
Anthropic Yellow Oxisol
cupuaçu
nutrient export
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
Idioma: por
País: BR
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Ciências Biológicas, Ciências Agrárias, Ciências Humanas
Programa: Agricultura no Trópico Úmido
Citação: COSTA, Edinaldo Lopes da. EXPORT OF NUTRIENTS IN CUPUAÇU FRUIT (Theobroma grandiflorum) IN THREE SOILS OF THE AMAZONIA. 2005. 41 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas, Ciências Agrárias, Ciências Humanas) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2005.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1345
Data de defesa: 14-Nov-2005
Aparece nas coleções:Mestrado - ATU

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Dissertacao_Edinaldo.pdf127,26 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.