Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1444
Tipo do documento: Dissertação
Título: Comportamento cromossômico meiótico e mitótico de acarás-disco (Symphysodon aequifasciatus e Symphysodon discus, Cichlidae, Perciformes) da Amazônia Central
Autor: Gross, Maria Claudia 
Primeiro orientador: Feldberg, Eliana
Primeiro coorientador: Cella, Doralice Maria
Primeiro membro da banca: Almeida, Mara Cristina de
Segundo membro da banca: Farias, Izeni Pires
Terceiro membro da banca: Bertollo, Luiz Antonio Carlos
Resumo: Foram realizados estudos citogenéticos mitóticos e meióticos das espécies: Symphysodon aequifasciatus do rio Manacapuru- Manacapuru (AM) e Symphysodon discus do rio Negro- Novo Airão (AM). Todos os indivíduos apresentaram número diplóide igual a 60 cromossomos e não foram verificados cromossomos heteromórficos com características indicativas de cromossomos sexuais nas espécies analisadas. Em relação à fórmula cromossômica, S. aequifasciatus mostrou 46 M-SM + 14 microcromossomos e S. discus 50 M-SM + 10ST-A. Porém, alguns indivíduos de S. aequifasciatus exibiram constrições secundárias que não se coravam com Giemsa, parecendo haver uma variabilidade cariotípica. Quanto à heterocromatina constitutiva, ambas as espécies exibiram grandes blocos pericentroméricos em quase todos os cromossomos do complemento, porém, somente S. aequifasciatus apresentou seis pares cromossômicos inteiramente heterocromáticos. Com relação às regiões organizadoras de nucléolo, ambas as espécies evidenciaram RON múltiplas, contudo, sítios ribossomais foram detectados nos pares cromossômicos 4, 5, 11 e 21 em S. aequifasciatus e nos pares 17 e 23 em S. discus, porém nunca mais que dois sítios estiveram ativos. Na meiose, a diferença mais marcante encontrada entre as duas espécies foi durante o diplóteno/diacinese, visto que S. aequifasciatus apresentou, além de 20 bivalentes, uma cadeia envolvendo 20 cromossomos e S. discus apenas 30 bivalentes. Assim, 2n=60 cromossomos em ambas as espécies e a presença de cadeia cromossômica na meiose de S. aequifasciatus podem ser explicados por uma origem poliplóide para as duas espécies do gênero Symphysodon, uma vez que o número ancestral para a família Cichlidae é 2n=48 cromossomos, a maioria do tipo acrocêntrico. A cadeia cromossômica, encontrada apenas em S. aequifasciatus, pode indicar que esta se encontra em um período transiente, enquanto S. discus já teria terminado a sua diploidização, provavelmente por ser mais antiga que a primeira.
Abstract: Meiotic and mitotic cytogenetics studies were carried out on species: Symphysodon aequifasciatus collected from the Manacapuru River- Manacapuru (AM) and Symphysodon discus from the Negro River- Novo Airão (AM). All individuals showed a modal number of 2n=60 chromosomes and there was no sex chromosomal heteromorphism in these species. Regarding the chromosomal formulae, S. aequifasciatus showed 46 M-SM + 14 microchromosomes and S. discus 50 M-SM + 10ST-A. However, some S. aequifasciatus individuals showed a Giemsa non-stained secondary constriction, looking like a chromosomal polymorphism. The constitutive heterochromatin was seen as large pericentromeric blocks on most chromosomes, of both species, however only S. aequifasciatus showed six wholly heterochromatic pairs. Multiple nucleolus organizing regions were identified in both species, S. aequifasciatus presented ribosomal sites on chromosomal pairs 4, 5, 11 and 21, and S. discus on the pairs 17 and 23, but never more than two sites showed to be active. In the meiosis, the greater difference observed between the two species was during diplotene/diacinesis, because S. aequifasciatus showed a chromosomal chain with 20 elements and 20 bivalents, while S. discus presented only 30 bivalents. Thus, 2n=60 chromosomes, in both species, and a meiotic chromosomal chain, in S. aequifasciatus, can be accounted for the Symphysodon polyploidy origin, since the ancestral number to the Ciclhidae family is 2n=48 chromosomes, most of them of the acrocentric type. Moreover, the S. aequifasciatus chromosomal chain points that this species is probably found in a transience period, while S. discus finished its diploidization process, on account of it being the older species.
Palavras-chave: Amazonas
Peixes
Citogenética
Meiose
Evolução cromossômica
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Ecofisiologia, Ictiologia, Mamíferos aquáticos, Recursos pesqueiros, Aquacultura, Sistemática e Biol
Programa: Biologia de Água Doce e Pesca Interior
Citação: GROSS, Maria Claudia. Comportamento cromossômico meiótico e mitótico de acarás-disco (Symphysodon aequifasciatus e Symphysodon discus, Cichlidae, Perciformes) da Amazônia Central. 2006. 82 f. Dissertação (Mestrado em Ecofisiologia, Ictiologia, Mamíferos aquáticos, Recursos pesqueiros, Aquacultura, Sistemática e Biol) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1444
Data de defesa: 10-Fev-2006
Aparece nas coleções:Mestrado - BADPI

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Dissertacao_Maria_Gross.pdf969,68 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.