Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1490
Tipo do documento: Tese
Título: Comunicação acústica de tartaruga-da-amazônia (Podocnemis expansa (Schweigger, 1812), Testudines: Podocnemididae) na Reserva Biológica do Rio Trombetas, Pará, Brasil
Autor: Ferrara, Camila Rudge 
Primeiro orientador: Vogt, Richard Carl
Primeiro coorientador: Mobley, Renata Santoro de Sousa Lima
Primeiro membro da banca: Cohn-haft, Mario
Segundo membro da banca: Simões, Pedro Ivo
Terceiro membro da banca: Podos, Jeffrey
Quarto membro da banca: Malvasio, Adriana
Quinto membro da banca: Souza, Franco Leandro de
Resumo: Na Amazônia brasileira, os quelônios são uma das principais fontes de proteína desde a época do império português. Apesar da existência de vários projetos de conservação e manejo e do avanço das pesquisas científicas, algumas perguntas não puderam ser respondidas, devido à falta de transparência dos rios amazônicos. Neste sentido, a bioacústica constitui numa importante ferramenta alternativa para a análise indireta das populações naturais. A descrição das características dos sons produzidos pelos quelônios e sua associação à morfologia do ouvido intensificam o conhecimento das espécies do grupo e das relações que se estabelecem entre os seus indivíduos e o ambiente. O objetivo deste trabalho foi descrever o repertório vocal da P. expansa e associá-lo ao comportamento durante o período da desova e em seu primeiro ano de vida e caracterizar a morfologia do ouvido. Em 420 h de gravação na natureza e no cativeiro de adultos, subadultos e filhotes de P. expansa, foram gravados 2253 sinais. Com base em características aurais e espectrais os sinais, foram classificados em 11 tipos de sons que ocorreram em quatro contextos de gravação: água, ovo, ninho e superfície. Os filhotes e adultos apresentaram uma maior diversidade de sons quando comparado aos subadultos; a frequência de maior energia dos filhotes foi mais aguda que o dos subadultos e adultos. A categoria de comportamento desova apresentou a frequência de vocalização mais aguda, em relação às outras categorias de comportamento. Ao longo do primeiro ano de vida de P. expansa, foram observadas mudanças em relação à frequência de vocalização e o repertório vocal. Os resultados da rádio telemetria com adultos e filhotes e das gravações sonoras também com adultos e filhotes, indicaram uma possível interação social entre fêmeas e filhotes póseclosão. Vinte cabeças de filhotes de P. expansa foram descalcificadas para análise anatômica e histológica das estruturas do ouvido médio e interno, apontando que algumas estruturas do ouvido dos filhotes ao nascerem ainda estão em processo de ossificação. Os resultados desta tese indicam que P. expansa possui um complexo repertório vocal utilizado por adultos, subadultos e filhotes tanto dentro como fora da água. Filhotes eclodem com o ouvido formado, sugerindo que a comunicação sonora seja importante desde o nascimento.
Abstract: Turtles have been used in the diet of people in Brazilian Amazon since the colonization by the Portuguese. Even though a lot has been published on the conservation and management of these species, the scientific research concerning them is still lacking in some aspects due to the turbidity of the Amazonian rivers. Considering this, bioacoustics is an important aspect of the behavior of natural populations of turtles which needs to be studied. Characteristics of the sounds produced by turtles and the morphology of the inner ear are unknown. These are important aspects which need to be studied to understand interactions of the species in this group and the relationships that are established among individuals and their environment. For these reasons, the aims of this study are to document the sound repertoire of Podocnemis expansa during the nesting period, to observe the ontogeny of the sound pattern during the first year of life of this species, and to characterize the morphology of the inner ear of this species. P. expansa were recorded for 420 h in nature and in captivity, including adults, subadults, and hatchlings; 2253 sounds were documented. Based on the aural and spectral characteristics of these sounds, 11 types of sounds were classified. These sounds occurred in four different contexts: water, surface, nest, and egg. Both hatchlings and adults were found to have a greater diversity of sounds compared to subadults; the peak frequency of hatchlings was higher than that of the adults and subadults. During nesting, sounds produced by the adults had a peak frequency higher than the sounds produced in other behavioral contexts. Using radio telemetry with adults and hatchlings and sound record with adults and hatchlings as well, it was possible to indicates a distinct possibility of a strong social post hatching interaction between females and hatchlings. Twenty heads of P. expansa hatchlings were decalcified for anatomical analysis and sectioned for histological descriptions of the middle and inner ear structures. It was noted that some of the inner ear structures of these hatchlings are still in process of ossification. The results of this thesis, indicates that P. expansa has a complex vocal repertoir used by adults, subadults, and hatchlings, both in and out of the water, and that the inner ear upon hatching follows the same anatomical and histological pattern observed among other reptiles.
Palavras-chave: Podocnemis expansa
Quelônios
Comportamento
Comunicação
Som
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Ecofisiologia, Ictiologia, Mamíferos aquáticos, Recursos pesqueiros, Aquacultura, Sistemática e Biol
Programa: Biologia de Água Doce e Pesca Interior
Citação: FERRARA, Camila Rudge. Comunicação acústica de tartaruga-da-amazônia (Podocnemis expansa (Schweigger, 1812), Testudines: Podocnemididae) na Reserva Biológica do Rio Trombetas, Pará, Brasil. 2012. 111 f. Tese (Doutorado em Ecofisiologia, Ictiologia, Mamíferos aquáticos, Recursos pesqueiros, Aquacultura, Sistemática e Biol) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1490
Data de defesa: 25-Mai-2012
Aparece nas coleções:Doutorado - BADPI

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Tese_Camila_Ferrara.pdf2,52 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.