Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1491
Tipo do documento: Tese
Título: Utilização de resíduos de frutos e da fitase em dietas para juvenis de tambaqui, Colossoma macropomum (Cuvier, 1818)
Título(s) alternativo(s): Use of waste fruits and phytase in diets for juvenile tambaqui, Colossoma macropomum (CUVIER, 1818)
Autor: Brandão, Lian Valente 
Primeiro orientador: Roubach, Rodrigo
Primeiro membro da banca: Gomes, Levy de Carvalho
Segundo membro da banca: Bordinhon, André Moreira
Terceiro membro da banca: Cintra, Israel Hidenburgo Aniceto
Quarto membro da banca: Fujimoto, Rodrigo Yudi
Quinto membro da banca: Torres, Marcelo Ferreira
Resumo: O primeiro objetivo desta pesquisa foi a determinação dos coeficientes de digestibilidade aparente de uma ração teste (sem resíduos de frutos) e outras duas, sendo um com inclusão de 20% de sementes de maracujá, Passiflora edulis, e outra com 20% de inclusão de cascas e sementes de tucumã, Astrocaryum acuelatum, para juvenis de tambaqui (Colossoma macropomum). Os coeficientes de digestibilidade aparente total, extrato etéreo, proteína bruta e extrato não nitrogenado foram de: 64, 62, 66, 62 e 55, 57, 54 e 58 % para as dietas com maracujá e tucumã, respectivamente. Assim houve uma diminuição de 17% da digestibilidade na dieta com a inclusão de sementes de maracujá e de 28,6% para as dietas com cascas e sementes de tucumã. No segundo experimento, foi avaliado o desempenho produtivo e a composição corporal de juvenis de tambaqui com duração de 45 dias, com três dietas isoprotéicas (30% PB) e isocalóricas (400 Kcal/100 g): controle sem adição de resíduos de frutos, com inclusão de 20% de sementes de maracujá e com 20% de inclusão de cascas e sementes de tucumã. Os resultados demonstraram que a adição destes resíduos a estes níveis interferiu de forma negativa no desempenho produtivo e no rendimento de carcaça dos animais. No terceiro experimento foi avaliada a ação da fitase no desempenho, e na excreção de fósforo na água em tanques com tambaqui (Colossoma macropomum). Foram utilizadas quatro rações, isoprotéicas (30% PB) e isocalóricas (400 Kcal/100 g), sendo uma padrão (controle) sem suplementação de fitase, e as outras três, com diferentes níveis de fitase (1.000, 1.500 e 2.000 uf/kg). Os resultados comprovaram que a utilização de fitase em rações para peixes não interferiu nos dados de desempenho, porém a mesma pode reduzir a excreção de fósforo em 21% pelos animais minimizando desta forma o impacto ambiental gerado por este nutriente.
Abstract: The first objective of this research evaluated the apparent digestibility of a test diet (without fruits residues) and other two, the first with an inclusion of 20% of passion fruit seeds and the other with an inclusion of 20% of peel and seeds from tucumã for tambaqui juveniles (Colossoma macropomum). The total apparent digestibility, ether extract, protein and nonnitrogen extract were: 64, 62, 66, 62 and 55, 57, 54 and 58 % for passion fruit and tucumã respectively. Therefore, there was a reduction of 17% in digestibility from the diet with passion fruit seeds and 28.6% with peel and seeds from tucumã. In the second phase, this research evaluated the performance and body composition in tambaqui juveniles, submitted with three treatments with isoproteic (30%) and isocaloric diets (400 Kcal/100 g): one standard without fruits waste addition, one with 20% from passion fruits seeds (Passiflora edulis) and other with 20% of bark and seeds from tucumã, Astrocaryum acuelatum. The results demonstrated that the use of these fruits with different levels in the diets decreased the performance and body composition in tambaqui juveniles. The third phase was to compare the effect of phytase on performance and reduction of phosphorus excretion from tambaqui in the water. Four isoproteic (30%) and isocaloric (400 Kcal/100 g) diets were used: one standard (control) without phytase supplementation, and other three with different phytase levels (1000, 1500 and 2000 uF/kg). The results demonstrated that the use of phytase in diets for fish growth did not interfere in fish performance, but can reduce fish phosphorus excretion by 21%, minimizing the impacts caused by this nutrient.
Palavras-chave: Tambaqui
Maracujá
Tucumã
Fitase
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS PESQUEIROS E ENGENHARIA DE PESCA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Ecofisiologia, Ictiologia, Mamíferos aquáticos, Recursos pesqueiros, Aquacultura, Sistemática e Biol
Programa: Biologia de Água Doce e Pesca Interior
Citação: BRANDÃO, Lian Valente. Use of waste fruits and phytase in diets for juvenile tambaqui, Colossoma macropomum (CUVIER, 1818). 2012. 77 f. Tese (Doutorado em Ecofisiologia, Ictiologia, Mamíferos aquáticos, Recursos pesqueiros, Aquacultura, Sistemática e Biol) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Manaus, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1491
Data de defesa: 26-Nov-2012
Aparece nas coleções:Doutorado - BADPI

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Tese_Lian_Brandao.pdf481,21 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.