Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1525
Tipo do documento: Dissertação
Título: Ocorrência de fungos endofíticos radiculares com potencial antagônico a três biovares de ralstonia solanacearum
Autor: Nogueira, Lucinaia Bentes 
Primeiro orientador: Oliveira, Luiz Antonio de
Resumo: Os fungos endofíticos habitam um nicho ecológico semelhante àquele ocupado por fitopatógenos, podendo assim ser utilizados como seus agentes de controle biológico por meio de competição por nutrientes, produção de substâncias antagônicas, parasitando o patógeno ou induzindo a resistência da planta. Ralstonia solanacearum é uma bactéria fitopatogênica que ataca algumas espécies vegetais de importância agrícola, principalmente em regiões tropicais. O objetivo deste estudo foi avaliar o potencial antagônico de 51 fungos endofíticos radiculares isolados de plantas de dois Sistemas Agroflorestais contra três biovares de Ralstonia solanacearum e estimar a concentração inibitória mínima dos extratos fúngicos.. A avaliação do potencial antagônico dos fungos endofíticos foi através da difusão em disco de papel. As avaliações foram feitas 24 h após a montagem do experimento, medindo o halo de inibição. Os fungos que apresentaram halo de inibição foram submetidos ao teste de microdiluição em caldo em diferentes concentrações de extrato fúngico. Dos 51 fungos endofíticos radiculares testados, dez mostraram potencial antagônico contra pelo menos uma das três biovares de R. solanacearum. Dentre os 10 fungos endofíticos, cinco (INPA FE 001, INPA FE 004, INPA FE 005, INPA FE 007 e INPA FE 008) apresentaram potencial para controlar as três biovares. A biovar II de R. solanacearum, dentre as três testadas, foi a mais inibida pelos extratos fúngicos. Dentre os dois períodos de obtenção dos extratos fúngicos, os obtidos aos 16 dias de crescimento fúngico apresentaram os melhores resultados (halo de inibição). A menor diluição de extrato fúngico obtida que inibiu o crescimento bacteriano foi de 25% do INPA FE 001 e INPA FE 007 para biovar I, 12,5% do INPA FE 007 para a biovar II e 25% do INPA FE 002 para biovar III.
Abstract: The endophytic fungi inhabit an ecological niche similar to that occupied by plant pathogens, and thus can be used as their biological control agents through competition for nutrients, production of antagonistic substances, parasitizing the pathogen or inducing plant resistance. Ralstonia solanacearum is a plant pathogen that attacks some plant species of agricultural importance, mainly in tropical regions. The purpose of this study was to evaluate the potential antagonistic of 51 endophytic fungi root isolated from plants of two Agroforestry System against three biovars of Ralstonia solanacearum and estimate the minimum inhibitory concentration of fungal extracts. To evaluate the antagonistic potential of endophytic fungi was disk diffusion paper. The evaluations were performed 24h after mounting the experiment by measuring the inhibition zone. The fungi that showed inhibition zone were tested using broth micro dilution in different concentrations of fungal extract. Of the 51 root endophytic fungi tested, ten showed antagonistic potential against at least one of the three biovars of R. solanacearum. Among the ten endophytic fungi, five (INPA FE 001, INPA FE 004, INPA FE 005, INPA FE 007 and INPA FE 008) showed potential to control the three biovars. The biovar II of R. solanacearum, among the three tested, was the most inhibited by the fungal extracts. Among the two periods of getting fungal extracts, those obtained after 16 days of fungal growth showed the best results (inhibition). The lowest dilution of extract obtained which inhibited fungal bacterial growth was 25% of the INPA FE 001 and INPA 007 for biovar I, 12.5% of INPA FE 007 for biovar II and 25% of the EF INPA 002 to biovar III.
Palavras-chave: Ecologia microbiana
Antagonismo microbiano
Extrato fúngico
Área(s) do CNPq: AGRONOMIA::CIENCIA DO SOLO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Agricultura no Trópico Úmido (ATU)
Citação: NOGUEIRA, Lucinaia Bentes. Ocorrência de fungos endofíticos radiculares com potencial antagônico a três biovares de ralstonia solanacearum. Manaus: [s.n], 2013. ix, 58 f. . Tese (Agricultura no Trópico Úmido (ATU)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1525
Data de defesa: 4-Dez-2013
Aparece nas coleções:Mestrado - ATU

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertaçao final impressa.pdf1,29 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.