Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1547
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorPinto, Lorena Costa-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7747150339474157por
dc.contributor.advisor1Bobrowiec, Paulo Estéfano Dineli-
dc.contributor.advisor-co1Silva, Maria Nazareth Ferreira da-
dc.date.accessioned2015-05-21T17:51:53Z-
dc.date.issued2014-08-29-
dc.identifier.citationPINTO, Lorena Costa. Efeito da densidade de armadilhas e da precipitação na eficiência de gaiolas e pitfalls usados na amostragem de pequenos mamíferos na Amazônia Brasileira. Manaus: [s.n.], 2014. x, 31 f.. Dissertação (Biologia (Ecologia)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.por
dc.identifier.urihttp://localhost:8080/tede/handle/tede/1547-
dc.description.resumoA amostragem de pequenos mamíferos não voadores usa gaiolas (Sherman e Tomahawk) e armadilhas de queda (pitfalls). Essas armadilhas capturam diferentes espécies e podem ter sua eficiência influenciada por fatores climáticos, número e disposição das armadilhas, isca e duração da coleta. Nós compilamos amostragens de pequenos mamíferos em 31 sítios de florestas de terra firme na Amazônia para avaliar qual dos três tipos de armadilhas foi mais eficiente na coleta de roedores e marsupiais. Também avaliamos como precipitação no mês da coleta e densidade de armadilhas utilizada afetaram a eficiência dessas armadilhas. Os pitfalls foram mais eficientes que as gaiolas, capturando mais indivíduos e espécies, especialmente as de menor porte. A precipitação e a densidade de armadilhas afetaram a eficiência de captura dos três tipos de armadilhas de forma distinta. De modo geral, as gaiolas foram afetadas negativamente pela precipitação, enquanto os pitfalls foram afetados negativamente pela densidade de armadilhas. A disponibilidade de alimento, como frutos e insetos, aumenta na estação chuvosa, diminuindo a atratividade das iscas utilizadas nas gaiolas. Chuvas intensas também podem desarmar as gaiolas, diminuindo sua eficiência. Para os pitfalls, amostragens que utilizaram alta densidade de armadilhas foram as que amostraram uma área menor, diminuindo a probabilidade de encontro da armadilha pelos animais. Menor área amostrada também diminui o número de habitats e espécies a serem amostrados. Para gaiolas, maior número de armadilhas por área favorece maior captura de indivíduos. Concluímos que o tipo de armadilha, sua distribuição no ambiente e a precipitação influenciam a composição de pequenos mamíferos amostrados. Esses fatores devem ser considerados no planejamento das amostragens conduzidas na Amazônia.por
dc.description.abstractEffect of density of traps and precipitation in efficiency of live traps and pitfalls traps used in small mammals sampling in the Brazilian Amazon The sampling of non-flying small mammals uses live traps (Sherman and Tomahawk) and pitfall traps. These traps capture different species and their efficiency can be influenced by climatic factors, number and arrangement of traps, bait and duration of sampling. We compiled samples data of small mammals in 31 sites of upland forests in the Amazon to evaluate which of the three types of traps were more efficient in collecting rodents and marsupials. We also evaluated how precipitation in the month of collection and density of traps used in sampling, affected the efficiency of these traps. The pitfalls were more efficient than the live traps, capturing more individuals and species, especially the smaller. The precipitation and the trap density affected negatively the efficiency of capture of the three types of traps. The live traps were more affected by rainfall, while the pitfalls were most affected by the density of traps. In general, sampling with a high density of traps were less efficient. The availability of food, such as fruits and insects, increases in the rainy season, decreasing the attractiveness of baits. Heavy rains can also disarm the live traps, reducing its efficiency. For the pitfalls traps, the samplings that used high density of traps were the same that sampled a smaller area, reducing the likelihood of finding the trap by the animals. Smaller area also decreases the number of habitats and species to be sampled. For live traps, larger number of traps per area favors more sampling of individuals. We conclude that the type of trap, its distribution in the environment and precipitation influence the composition of small mammals sampled. These factors should be considered in the planning of small mammals sampling conducted in the Amazon.eng
dc.description.provenanceSubmitted by Dominick Jesus (dominickdejesus@hotmail.com) on 2015-05-21T17:51:53Z No. of bitstreams: 1 Dissertação versão final Lorena Pinto1.pdf: 1344367 bytes, checksum: 9de49edd571dfd20ec8b8bc166d36fc1 (MD5)eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2015-05-21T17:51:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertação versão final Lorena Pinto1.pdf: 1344367 bytes, checksum: 9de49edd571dfd20ec8b8bc166d36fc1 (MD5) Previous issue date: 2014-08-29eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPESpor
dc.formatapplication/pdf*
dc.languageporpor
dc.publisherInstituto Nacional de Pesquisas da Amazôniapor
dc.publisher.departmentCoordenação de Pós Graduação (COPG)por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsINPApor
dc.publisher.programBiologia (Ecologia)por
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectArmadilhaspor
dc.subjectPrecipitaçãopor
dc.subjectPequenos mamíferospor
dc.subject.cnpqCIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIApor
dc.titleEfeito da densidade de armadilhas e da precipitação na eficiência de gaiolas e pitfalls usados na amostragem de pequenos mamíferos na Amazônia Brasileirapor
dc.typeDissertaçãopor
Aparece nas coleções:Mestrado - ECO

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação versão final Lorena Pinto1.pdf1,31 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.