Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1603
Tipo do documento: Dissertação
Título: Usos e manejo de recursos florestais não madeireiros em unidades de conservação estaduais na área de influência da BR 319
Autor: Vinhote, Maria Luana Araújo 
Primeiro orientador: Pereira, Henrique dos Santos
Resumo: Este estudo tem como objetivo descrever as formas atuais de exploração e manejo dos Produtos Florestais Não Madeireiros (PFNM) como praticadas pelas populações inseridas em Unidades de Conservação Estaduais na área de influência da BR 319. O estudo foi conduzido em três Unidades de Conservação de Uso Sustentável: Resex de Canutama, Florestas Estaduais de Canutama e Tapauá. Foram entrevistadas 74 unidades familiares diretamente ligadas a atividades extrativistas. A pesquisa revelou que 88,2 % dos entrevistados utiliza a mão-de-obra familiar para a coleta dos produtos, 92% iniciam suas atividades ainda quando crianças, em média, aos 12 anos de idade. Embora o extrativismo seja presente no cotidiano, a atividade não é tida como a principal fonte econômica, mas sim como uma atividade secundária. A renda média obtida com a comercialização dos PFNM foi maior na Resex de Canutama e a menor na Floresta de Canutama. Foram identificados 14 produtos coletados, com grande diversidade de usos, sendo castanha, acaí, andiroba, seringa e copaíba economicamente os mais importantes. As práticas coleta dos PFNM podem ser consideradas como rudimentares, não sendo respeitado nenhum princípio de manejo. 84,5% dos produtos são comercializados com atravessadores. As cadeias produtivas dos PFNM nas UCs do estudo apresentam uma estrutura muito frágil, sendo necessária a implementação de ações que visem desenvolver e valorizar os produtos destas atividades não apenas pelos seus valores de uso e de troca, mas também como estratégias de manejo e conservação das espécies florestais não madeireiras.
Abstract: This study aims to describe the current forms of exploitation and management of Non-Timber Forest Products (NTFPs) as practiced by the user and resident populations of State Conservation Units in the area of influence of the BR 319. The study was conducted in three conservation units of Sustainable Use: Resex of Canutama, State Forest Canutama and State Forest Tapauá. 74 family units directly linked to extractive activities were interviewed. The survey revealed that 88.2% of respondents use family labor to collect products, 92% begin their activities even as children, on average, at 12 years of age. Although the extraction is present in daily life, the activity is not regarded as a major economic power, but as a secondary activity. The average income from the sale of NTFPs was higher in Resex of Canutama and the lowest in Forest Canutama. 14 products were identified, with great diversity of uses, with acai Copaiba, Brazil nut, Andiroba and rubber being economically the most important ones. Practices of NTFPs gathering can be considered as very rudimentary and no principles of management are respected. 84.5% of products are sold to middlemen. The production chains of NTFPs in the studied areas have a very fragile structure. The implementation of actions designed to develop and enhance the products of these activities not only for their use and exchange values, but also as management and conservation strategies of non-timber forest species.
Palavras-chave: Extrativismo
Unidades de Conservação
Cadeias produtivas
Área(s) do CNPq: TECNICAS E OPERACOES FLORESTAIS::EXPLORACAO FLORESTAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Gestão de Áreas Protegidas da Amazônia (GAP)
Citação: VINHOTE, Maria Luana Araújo. Usos e manejo de recursos florestais não madeireiros em unidades de conservação estaduais na área de influência da BR 319. Manaus: [s.n.], 2014. 61 f.. Dissertação (Gestão de Áreas Protegidas da Amazônia (GAP)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1603
Data de defesa: 3-Jun-2014
Aparece nas coleções:Mestrado - GAP

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Maria Luana Araújo Vinhote.pdf2,75 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.