Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1607
Tipo do documento: Tese
Título: Biodeterioração da madeira de cardeiro (Scleronema micranthum (Ducke) Ducke, bombacaceae), com ênfase em besouros e cupins e sua influência na densidade básica e na resistência à compressão paralela às fibras
Autor: Abreu, Raimunda Liége Souza de 
Primeiro orientador: Teles, Beatriz Ronchi
Resumo: Neste trabalho são apresentados os dados referentes à incidência de besouros e cupins (Insecta: Coleoptera e Isoptera, respectivamente) coletados em cinco árvores de Scleronema micranthum (Ducke) Ducke (cardeiro), família Bombacaceae, espécie florestal proveniente do Amazonas, na Estação Experimental ZF-2, do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Os fustes das árvores foram divididos em base, meio e ápice e de cada uma destas partes foram cortadas 12 amostras (discos) de 30 cm de comprimento, totalizando 180. As amostras foram plotadas no piso da área de exploração para serem submetidas à biodeterioração, por um período de 24 meses. A cada dois meses, 15 discos foram removidos da floresta e trazidos para o Laboratório de Entomologia da Madeira do INPA, de onde foram efetuadas a coleta e a triagem dos besouros e cupins e a retirada das amostras para realização dos testes de densidade e compressão paralela às fibras. As análises dos dados dos besouros indicaram a presença de 4.929 espécimes que foram encontrados em todas as árvores, com alta ocorrência dos indivíduos nas árvores três e dois. Do total de besouros, a família Curculionidae representou 81,3%, (4.007 ind.) seguido por Cerambycidae com 10,3% (505 ind.), Passalidae com 3,8% (186 ind.), Carabidae com 3,4% (166 ind.) e Cucujidae com 1,3% (62 ind.). Do total das espécies coletadas da família Curculionidae, destacou-se a subfamília Scolytinae, com 3.633 indivíduos, representando 73,8%. Desta subfamília destacam-se pela freqüência, Xyleborus affinis Eichhoff com 1.044 indivíduos (26,09%), Xyleborus sp.1 com 1.034 (25,84%), Xyleborus ferrugineus Fabricius com 595 (14,87%), Xyleborus sp.2 com 576 (14,39%), Xyleborus sp.9 com 94 (2,35%) e Xyleborus sp.6 com 87 (2,17%). Da subfamília Platypodinae foram registrados dois gêneros: Tesserocerus e Platypus. Foram registrados mais besouros na base e no meio das árvores, com 1.866 e 1.814 indivíduos, respectivamente. Em relação aos cupins, foram coletados 21.751 espécimes, distribuídos em duas famílias, 16 gêneros e 18 espécies. Destas, 15 pertencem à família Termitidae e três à Rhinotermitidae. As espécies em destaque foram: Heterotermes tenuis Hagen, representando 87,6% (12.822 ind.); Nasutitermes similis Emerson, 34,1% (2.429 ind.); Cylindrotermes parvignathus Emerson, 23,6% (1.681 ind.); Rhinotermes marginalis L, 10,9% (1.595 ind.); Araujotermes parvellus (Silvestri), 7,7% (550 ind.); Anoplotermes sp.1, 6,3% (448 ind.); Spinitermes nigrostomus Holmgren, 5,3% (377 ind.); Subulitermes baeileyi (Emerson), 3,9% (278 ind.); Nasutitermes surinamensis (Holmgren), 3,5% (251 ind.); Cornitermes weberi Emerson, 13,4% (246 ind.); Neocapritermes angusticeps (Emerson), 3,4% (231 ind.); e Cyrilliotermes angulariceps (Mathews), 2,9% (212 ind.). Heterotermes tenuis foi encontrado em todas as árvores, sendo predominante nas coletas e foi o primeiro inseto a infestar as amostras, seguido por R. marginalis, C. weberi, N. angusticeps e Planicapritermes planiceps (Emerson). A posição do fuste das árvores mais infestada pelos cupins foi o meio com 10.192 espécimes, seguido do ápice, com 6.224 indivíduos, respectivamente. A análise de variância não detectou diferenças significativas entre as espécies encontradas nas posições estudadas no fuste, tanto para os besouros como para os cupins. O resultado da análise descritiva, da análise de variância e da análise de regressão da densidade e da resistência à compressão paralela às fibras, indica que o tempo de exposição das amostras no campo exerceu influência sobre estes parâmetros. Ao final de 24 meses foi observado que a redução percentual da densidade foi menor que a redução da resistência à compressão paralela às fibras. A diminuição da densidade dentro das posições do fuste variou de 21,9% a 29,9% e da resistência, de 40,37% a 62,04%. Na comparação entre as posições, tanto dos corpos de prova saudáveis como dos deteriorados, foi observada pouca variação nos valores destas variáveis.
Abstract: In this work data are presented regarding the beetles and termites (Insecta: Coleoptera and Isoptera, respectively) collected from five trees of Scleronema micranthum (Ducke) Ducke (cardeiro), Bombacaceae, taken from Amazonian forest species, at the Experimental Station ZF-2, of the National Institute for Amazon Research. The trunks of the trees were divided in three segments: base, middle and apex, and from each section 12 samples (disks) were cut with 30 cm in length, totalling 180 samples. The samples were laid on the ground of the area where the threes were cut to be submitted to biodeterioration, for a period of 24 months. Every two months, 15 disks were removed from the forest and taken to the Laboratory of Wood Entomology of INPA for collection and selection of the beetles and termites as well as preparation of the samples for density and parallel compression to the fibers tests. The analyses of the data on beetles indicated the presence of 4,929 specimens which were found in all trees, with high occurrence in two of them. For the beetles, the family Curculionidae represented 81.3%, (4,007 individuals), followed by Cerambycidae with 10.3% (505 individuals), Passalidae with 3.8% (186 individuals), Carabidae with 3.4% (166 individuals) and Cucujidae with 1.3% (62 individuals). From all of the collected species of the Curculionidae family the Scolytinae subfamily had the most specimens, with 3,633 individuals, representing 73.8%. From this subfamily the species Xyleborus affinis Eichhoff stood out for its high occurrence, with 1,044 individuals (26.09%), Xyleborus sp.1 with 1,034 (25.84%), Xyleborus ferrugineus Fabricius with 595 (14.87%), Xyleborus sp.2 with 576 (14.39%), Xyleborus sp.9 with 94 (2.35%) and Xyleborus sp.6 with 87 (2.17%). For Platypodinae subfamily, two genera were registered: Tesserocerus and Platypus. Regarding the studied positions (segments) on the tree trunks, more beetles were found in the base and in the middle, with 1,866 and 1,814 individuals, respectively. In relation to the termites, 21,751 specimens were collected, distributed in two families, 16 genera and 18 species. From these, 15 belong to the Termitidae family and 3 to the Rhinotermitidae family. The most important species were: Heterotermes tenuis Hagen, representing 87.6% (12,822 individuals); Nasutitermes similis Emerson, 34.1% (2,429 individuals); Cylindrotermes parvignathus Emerson, 23.6% (1,681 individuals); Rhinotermes marginalis L., 10.9% (1,595 individuals); Araujotermes parvellus (Silvestri), 7.7% (550 individuals); Anoplotermes sp.1, 6.3% (448 individuals); Spinitermes nigrostomus Holmgren, 5.3% (377 individuals); Subulitermes baeileyi (Emerson), 3.9% (278 individuals); Nasutitermes surinamensis (Holmgren), 3.5% (251 individuals); Cornitermes weberi Emerson, 13.4% (246 individuals); Neocapritermes angusticeps (Emerson), 3.4% (231 individuals) and Cyrilliotermes angulariceps (Mathews), 2.9% (212 individuals). Heterotermes tenuis was found in all of the trees, being predominant in all collections and it was the first insect to infest the samples, followed for R. marginalis, C. weberi, N. angusticeps and Planicapritermes planiceps (Emerson). The part of the trunk most infested by the termites was the middle, followed by the apex part with 10,192 and 6,224 individuals, respectively. The analysis of variance didn't detect significant differences among the species found in the studied parts of the trunk, so much for the beetles as for the termites. The result of the descriptive analysis, the analysis of variance and the regression analysis of the density and of the resistance to the parallel compression to the fibers, indicate that the time of exposure of the samples on the field influenced these parameters. After 24 months it was observed that the percentile reduction of the density was smaller than the one of the resistance to the parallel compression to the fibers. The reduction of the density within the same positions of the trunk varied from 21.9% to 29.9% and of the resistance varied from 40.37% to 62.04%. In the comparison between positions, as much of the sound samples as of those deteriorated, little variation was observed in the values of these variables.
Palavras-chave: Biodeterioração da madeira
Besouro
Cupim
Área(s) do CNPq: BOTANICA::BOTANICA APLICADA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Ciências Biológicas (Entomologia)
Citação: ABREU, Raimunda Liége Souza de. Biodeterioração da madeira de cardeiro (Scleronema micranthum (Ducke) Ducke, bombacaceae), com ênfase em besouros e cupins e sua influência na densidade básica e na resistência à compressão paralela às fibras. Manaus: [s.n.], 2009. xvii, 92 f.. Tese (Ciências Biológicas (Entomologia)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1607
Data de defesa: 19-Set-2008
Aparece nas coleções:Doutorado - ENT

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese_Raimunda Liege Souza de Abreu.pdf1,38 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.