Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1612
Tipo do documento: Dissertação
Título: Baixo Jauaperi: da farmacopeia ao sistema de saúde – um estudo etnobotânico em comunidades ribeirinhas
Autor: Pedrollo, Camilo Tomazini 
Primeiro orientador: Kinupp, Valdely Ferreira
Primeiro coorientador: Hopkins, Michael John Gilbert
Segundo coorientador: Shepard Jr., Glenn
Resumo: Os caboclo-ribeirinhos da Amazônia possuem importante conhecimento de plantas utilizadas para fins terapêuticos, desde suas aplicações, formas de preparo e manejo. Compreender cientificamente os sistemas de conhecimentos tradicionais acerca de plantas implica no uso de uma série de métodos de coleta e análise de dados etnobotânicos, qualitativos e quantitativos, em que os processos de assimilação e transmissão de conhecimento devem ser levados em conta. Utilizando listagens livres, entrevistas semiestruturadas, turnês-guiadas para coleta botânica, grupos-focais e mapeamento comunitário, o presente estudo buscou acessar o conhecimento de plantas medicinais em cinco comunidades do rio Jauaperi, na divisa entre os Estados de Roraima e Amazonas. Após uma introdução geral, o capítulo I trás resultados que revelam as plantas cognitivamente mais salientes entre os comunitários. Em geral foram plantas de ampla distribuição na Amazônia, com reconhecida eficácia em diferentes culturas. Foi possível relacionar seus usos, origens, procedências e ambientes de ocorrência. O capítulo II apresenta uma discussão mais aprofundada sobre as doenças locais e sua relação com as plantas. As plantas mais salientes contemplam receitas para as doenças mais frequentes nas comunidades. Muitas doenças são tidas como culturais e possuem tratamentos rituais específicos, às vezes com uma especificidade de plantas utilizadas. O capítulo III encerra com uma etnografia sobre os curandeiros e informantes-chave da região, relacionando o entendimento etnofarmacológico das plantas com a eficácia simbólica do tratamento local. Os resultados mostram que as florestas de terra-firme possuem maior proporção de espécies em relação aos demais ambientes avaliados (quintais, roçados sobre terra preta de índio, vargeado (ou igapó), restinga, capoeira, campina, campo e chavascal). Associados, os resultados revelam uma importância significativa das árvores nativas, exploradas principalmente a partir de suas entrecascas. Ao contrário do que se esperava, foi identificado um papel secundário para as plantas exóticas cultivadas. As três plantas exóticas mais salientes, o caju, o boldo e a laranjeira, respectivamente, contemplam principalmente doenças gástricas e intestinais, que parecem ser frequentes e ao mesmo tempo possuem um tratamento relativamente simples com chás normalmente disponíveis próximos às residências. A família botânica mais representativa foi Fabaceae sensu lato (Leguminosae), com 17 espécies coletadas. Nenhuma outra família apresentou tanta importância, sendo que a riqueza de espécies foi bem distribuída entre outras 62 famílias botânicas.
Abstract: The riparian people of the Amazon have important knowledge of medicinal plants used for therapeutic purposes, including their preparation and management. To scientifically understand the traditional knowledge systems one can apply several ethnobotanical methods, both qualitative and quantitative, in which the process of learning and transmission of knowledge are considered. After a general introduction, the first chapter brings a description of the study area, followed by the results of the free list data, wich reveals the most cognitively salient plants among the studied communities. With the semi structured interviews it was possible to relate the most salient plants to their uses and the most important areas of their occurrence. The second chapter presents a discussion on the local diseases and their relationship with the plants. Many diseases are considered culturally build. The most salient plant had many uses for the most disease categories. The third chapter is an ethnography of the most important healers of the region, including discussions of the symbolic efficacy of the plants and relation to their ethnopharmacology. The results show the importance of native trees in both terra-firme (never inundated) and vargeado (seasonally inundated) forests, which are used mostly for their bark. Contrary to our expectations, exotic plants played a secondary role in the composition of their pharmacopeia, generally associated with children’s or women’s disease. The three most prominent exotic plants were caju (Anacardium occidentale), boldo (Gymnanthemum amygdalinum) and laranjeira (Citrus aurantium), usually accessible in kitchen gardens, and mostly used for common gastric and intestinal diseases with infusions of their leaves in hot water. The most frequently used botanical family was Fabaceae sensu lato (Leguminosae) with 17 species cited. No other family was represented by a similar number, and other medicinal plants were well distributed among 62 other families
Palavras-chave: Antropologia médica
Etnobotânica
Plantas medicinais
Área(s) do CNPq: CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Ciências Biológicas (Botânica)
Citação: PEDROLLO, Camilo Tomazini. Baixo Jauaperi: da farmacopeia ao sistema de saúde – um estudo etnobotânico em comunidades ribeirinhas. Manaus: [s.n.], 2013. x, 111p. Dissertação( Ciências Biológicas (Botânica)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1612
Data de defesa: 4-Jul-2013
Aparece nas coleções:Mestrado - BOT

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_ Camilo Tomazini Pedrollo.pdf4,35 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.