Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1613
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorDiniz, Francisco Carvalho-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/4977888440768220por
dc.contributor.advisor1Ferraz, Gonçalo-
dc.contributor.advisor-co1Anciães, Marina-
dc.date.accessioned2015-05-27T15:40:27Z-
dc.date.issued2013-10-29-
dc.identifier.citationDINIZ, Francisco Carvalho. Ocupação e utilização de florestas secundárias e primárias por aves com sistema de acasalamento em lek. Manaus: [s.n.], 2013. viii, 41p. Dissertação( Biologia (Ecologia)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.por
dc.identifier.urihttp://localhost:8080/tede/handle/tede/1613-
dc.description.resumoFlorestas secundárias (FS) são florestas em processo de regeneração natural que diferem das florestas primárias (FP). Atualmente as áreas cobertas com FS são cada vez maiores. Devido a este fato, pesquisadores discutem sobre a capacidade das FS de sustentarem a mesma diversidade das FP. As FS representam um habitat pouco favorável para a sobrevivência de diversas aves, mas aves como as nectarívoras e frugívoras são tolerantes a estes tipos de ambientes. Muitas dessas aves também têm em comum o sistema de acasalamento em lek. Leks são agregações de machos que se exibem para atrair e copular com as fêmeas Considerando as informações acima, questionamos como a probabilidade de ocorrência das seis espécies de aves frugívoras e uma de ave nectarívora e a probabilidade de ocorrência dos leks destas sete espécies foco variam entre ambientes de floresta primária e floresta secundária. Para responder esta questão utilizamos gravadores autônomos dispostos em áreas de FP e FS a fim de comparar as probabilidades de ocupação para sete espécies em ambas as áreas. Nas análises de dados utilizamos o modelo de múltiplos estados de ocupação com detecção imperfeita. O modelo de múltiplo estado permite separar a ocorrência das espécies em diferentes categorias. Através da detecção imperfeita é possível distinguir dados reais de vieses metodológicos. Nossos resultados mostram que a maioria das espécies foco e seus leks são mais prováveis de ocorrer nas FS do que nas FP. Podemos inferir que as FS são capazes de abrigar espécies típicas de ambientes florestais e que por isso estes ambientes sejam valiosos para a manutenção da biodiversidade.por
dc.description.abstractSecondary growth (SG) is forests in a natural regeneration process that differ from old growth (OG). Currently SG is increasing. Due to this increase, researchers are arguing about the capacity of SG to hold the same biodiversity as OG. For some bird species SG represents an unsuitable habitat, but other species, especially nectarivorous and frugivorous birds, tolerate SG. These birds also have another characteristic in common, the leking mating system. Leks refer to clustering of males to exhibit to females to mate. We hypothesize how lek occurrence changes between SF and OG. In other words, are lekking species capable to lek in SG? To address this question we sampled OG and SG areas with autonomous recorders to compare occupancy probabilities of the target species and their leks between habitats. To analyze our data we used multistate model with imperfection detection. Multistate models allow us to estimate different kinds of occupancy for species. Imperfect detection is important because it separates the real biological data from methodological biases. Our results show that the occurrence probability of most of the species and leks are higher in SG than in OG which could mean that the value of this habitat for conservation of forest species is higher than previously thought.eng
dc.description.provenanceSubmitted by Gisele Nagai (giselenagai@gmail.com) on 2015-05-27T15:40:27Z No. of bitstreams: 1 Dissertação_ Francisco Carvalho Diniz.pdf: 1461935 bytes, checksum: c7830aa211ddc64c61b148f54fac19c4 (MD5)eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2015-05-27T15:40:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertação_ Francisco Carvalho Diniz.pdf: 1461935 bytes, checksum: c7830aa211ddc64c61b148f54fac19c4 (MD5) Previous issue date: 2013-10-29eng
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPqpor
dc.formatapplication/pdf*
dc.languageporpor
dc.publisherInstituto Nacional de Pesquisas da Amazôniapor
dc.publisher.departmentCoordenação de Pós Graduação (COPG)por
dc.publisher.countryBrasilpor
dc.publisher.initialsINPApor
dc.publisher.programBiologia (Ecologia)por
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectAve acasalamentopor
dc.subjectAve frugívorapor
dc.subjectAve nectarívorapor
dc.subject.cnpqCIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERALpor
dc.titleOcupação e utilização de florestas secundárias e primárias por aves com sistema de acasalamento em lekpor
dc.typeDissertaçãopor
Aparece nas coleções:Mestrado - ECO

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_ Francisco Carvalho Diniz.pdf1,43 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.