Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1652
Tipo do documento: Tese
Título: Avaliação dos efeitos de impactos antrópicos em ambientes aquáticos de Manaus (Amazonas, Brasil) através da comunidade de invertebrados e da decomposição foliar.
Autor: Martins, Renato Tavares 
Primeiro orientador: Hamada, Neusa
Primeiro coorientador: Melo, Adriano Sanches
Resumo: O objetivo geral desta tese foi avaliar os efeitos de diferentes impactos antrópicos (desmatamento, entrada de efluentes orgânicos, aumento da temperatura e dióxido de carbono [CO2] atmosférico) sobre os invertebrados e o processo de decomposição foliar em ambientes aquáticos de Manaus – Amazonas. No capítulo 1, foi realizado um estudo em 2010 para reavaliar as condições ambientais e a comunidade de riachos de 40 riachos urbanos, estudados em 2003. A riqueza e a riqueza rarefeita foram negativamente influenciadas pela entrada de esgoto doméstico e desmatamento. A variabilidade da comunidade de invertebrados, entre os anos foi elevada e não diferiu entre os riachos referência e impactado. Elevadas variações na comunidade de invertebrados podem acarretar em avaliações incorretas sobre a qualidade dos ambientes aquáticos. No Capítulo 2, foram avaliados os efeitos diretos e indiretos dos fatores ambientais e biológicos sobre a decomposição de folhas de Coussapoa trinervia (Cecropiaceae) e Mabea speciosa (Euphorbiaceae), em 42 riachos de Manaus. A biomassa de fungos (ergosterol) teve efeito direto e positivo sobre a taxa de decomposição das duas espécies vegetais. Em M. speciosa, a biomassa de fragmentadores foi o principal fator para a decomposição. A urbanização teve efeito indireto e negativo sobre a decomposição. O presente estudo forneceu evidências de que a urbanização pode diminuir as taxas de decomposição de folhas em riachos, principalmente através de efeitos negativos sobre a biomassa fúngica e dos fragmentadores. No Capítulo 3, a relação entre a massa seca e as dimensões do corpo e do abrigo de Phylloicus elektoros foi avaliada utilizando regressões linear, exponencial e de potência. Também foi avaliada a confiabilidade das previsões geradas a partir dos modelos obtidos no presente estudo por validação cruzada e o poder de predição do modelo desenvolvido para uma população de Phylloicus sp. do sudeste do Brasil. Foram obtidas medidas da largura da cápsula cefálica, distância interocular, comprimento do corpo e do pronoto de 152 larvas e medidas da largura e comprimento de 45 abrigos. Para todas as classes de modelos, a largura do abrigo apresentou o melhor ajuste com a biomassa. O comprimento do corpo foi a medida corporal que forneceu as melhores predições de biomassa. O modelo de potência apresentou o melhor ajuste entre as medidas corporais e do abrigo com a biomassa. Foi observado elevado ajuste entre as medidas corporais e do abrigo com a biomassa, no entanto, o poder de predição dos modelos foi baixo (~40%). Os valores de biomassa preditos usando o modelo proposto na literatura foram ~75% menores que os valores observados. O uso de modelos propostos na literatura para predizer a biomassa de organismos de diferentes regiões não é recomendado. No capítulo 4, foi avaliado o efeito do aumento da temperatura e CO2 e da qualidade nutricional de folhas de Eperua glabriflora (Fabaceae) e Goupia glabra (Celastraceae) sobre o consumo, sobrevivência e crescimento de P. elektoros. O experimento foi realizado em microcosmo, que simula em tempo real as condições de temperatura e CO2 de Manaus. O microcosmo é composto por quatro salas, uma representando a condição controle (valores atuais de temperatura e CO2) e as outras três com variações relativas à condição controle, sendo na condição extrema um aumento de ~4,5 oC na temperatura e ~870 ppm de CO2. As taxas de consumo e sobrevivência de P. elektoros foram significativamente menores com o aumento de temperatura e CO2. No entanto, apenas o consumo foi diferente entre as duas espécies de folhas, sendo maior em G. glabra. A taxa de crescimento não diferiu entre os tratamentos. Assim, os aumentos de temperatura e CO2 testados neste estudo poderão resultar em grandes alterações no processamento da matéria orgânica e nas cadeias alimentares nos riachos Amazônicos.
Abstract: This thesis evaluated the effects of different human impacts (deforestation, input of domestic sewage, increases of atmospheric temperature and CO2) on invertebrates and leaf breakdown in aquatic environments in Manaus, Amazonas state, Brazil. Chapter 1 reevaluated the environmental conditions of 40 urban streams that had been studied previously in 2003. We also evaluated the variability of the invertebrate community between 2003 and 2010. Richness and rarefied richness were negatively influenced by domestic sewage input and by deforestation. The variability of invertebrate communities between 2003 and 2010 was high and did not differ between the reference and impacted streams. High variability in the invertebrate community can result in incorrect evaluations of the quality of aquatic environments. Chapter 2 evaluated the direct and indirect effects of environmental and biological factors on the leaf breakdown of Coussapoa trinervia (Cecropiaceae) e Mabea speciosa (Euphorbiaceae) in 42 streams in Manaus. Fungal biomass had a direct positive effect on leaf breakdown in both species. In M. speciosa (softer leaf tissues), shredder biomass was the most important factor for leaf breakdown. Urbanization had an indirect negative effect on leaf breakdown. The present study provides evidence that urbanization can decrease leaf breakdown rates in streams, mainly through negative effects on the fungal and shredder biomasses. In Chapter 3, the relationship between size (body and case dimensions) and the biomass of Phylloicus elektoros was analyzed using linear, exponential and power regressions. We also evaluated the predictions of our models and of the models developed for Phylloicus sp. from southeastern Brazil. The predictive power of our models was evaluated using cross-validation. We measured four body dimensions (head capsule width, interocular distance, body and pronotum length) of 152 larvae and two case dimensions (width and length) of 45 cases. Case width had the best fit with biomass in all model classes. Body length was the body dimension that provided the best prediction of biomass. The power model provided the best fit between size (body and case dimensions) and biomass. We observed a good fit between body and case dimensions and biomass, but the predictive power of the models was low (~ 40%). Predicted biomasses obtained using models proposed in the literature were 75% lower than the observed values. We do not recommend the use of models proposed in the literature to predict the biomasses of organisms from different regions. Chapter 4 evaluated the effects of temperature and CO2 increases and nutritional quality of leaves of two plant species (Eperua glabriflora [Fabaceae] e Goupia glabra [Celastraceae]) on consumption, growth and survival rates of Phylloicus elektoros. The experiment was conducted in microcosms that simulate real-time temperature and CO2 in the city of Manaus. The microcosm is composed of four rooms; the control condition represents the current values of temperature and CO2, and the other three rooms have conditions different from the control condition, the most extreme condition representing an increase of ~ 4.5 °C in temperature and ~ 870 ppm in CO2. Consumption and survival rates of P. elektoros were significantly lower with increased temperature and CO2. However, only the consumption rate differed between the two plants species, with consumption being higher in G. glabra. Growth rate did not differ among treatments. The temperature and CO2 increases tested in this study may result in large changes in organic matter decomposition and in food chains in Amazon streams, mainly through decrease in consumption and survival of shredders.
Palavras-chave: Insetos aquáticos
Invertebrados aquáticos
Phylloicus elektoros
Área(s) do CNPq: ZOOLOGIA APLICADA::CONSERVACAO DAS ESPECIES ANIMAIS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Ciências Biológicas (Entomologia)
Citação: MARTINS, Renato Tavares. Avaliação dos efeitos de impactos antrópicos em ambientes aquáticos de Manaus (Amazonas, Brasil) através da comunidade de invertebrados e da decomposição foliar. Manaus: [s.n.], 2013. xiii, 118 f.. Tese (Ciências Biológicas (Entomologia)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1652
Data de defesa: 11-Out-2013
Aparece nas coleções:Doutorado - ENT

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Renato_Tavares_Martins_tese.pdf1,75 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.