Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1675
Tipo do documento: Dissertação
Título: Ecomorfologia e uso de recursos por quatro espécies sintópicas de peixes (Characidae) em igarapés amazônicos de terra firme, Amazonas, Brasil
Autor: Barros, Gabriel Gazzana 
Primeiro orientador: Deus, Cláudia Pereira de
Primeiro coorientador: Zuanon, Jansen Alfredo Sampaio,
Resumo: As piabas ou lambaris constituem um grupo de peixes da família Characidae que apresentam características morfológicas generalizadas e superficialmente similares, aparentemente associadas à dieta generalista, baseada no consumo oportunista de ampla variedade de tipos de alimento. Essa similaridade morfológica e funcional, associada à conhecida ocorrência de várias espécies de piabas em um mesmo ambiente aquático, suscitou a hipótese de que haveria elevada sobreposição de nicho ecológico entre as espécies dessa família, especialmente em ambientes onde os recursos alimentares fossem limitados, como é o caso dos igarapés oligotróficos de terra firme da Amazônia Central brasileira. Para testar essa hipótese, foram analisadas as características morfológicas, a dieta e o uso do hábitat de quatro espécies sintópicas de piabas (Iguanodectes geisleri, Bryconops giacopinii, Bryconops inpai e Hyphessobrycon melazonatus) em igarapés na Reserva Florestal Adolpho Ducke, Manaus. Foram avaliados o grau de sobreposição no uso dos recursos tróficos e espaciais, e as características morfológicas e comportamentais que permitem a coexistência dessas quatro espécies nos igarapés. Os peixes foram coletados com rede de arrasto manual em trechos de 50 metros de oito igarapés, previamente selecionados com base em registros anteriores de ocorrência dessas espécies. O uso do espaço nos igarapés, registrado por meio de observações subaquáticas, foi comparado entre as espécies, bem como a frequência de eventos de forrageamento. Foram analisados 18 atributos ecomorfológicos de 22 exemplares de cada espécie, as quais foram comparadas por meio de técnicas de ordenação (PCA). A dieta das espécies foi analisada por meio do cálculo do Índice Alimentar (IAi), e informações sobre volume relativo dos itens alimentares foram utilizadas para avaliar a amplitude e sobreposição de nicho trófico entre elas. As diferentes situações de coocorrência das espécies de piabas nos igarapés (sem coocorrência; coocorrência com uma espécie adicional; ou com duas outras espécies) foram testadas com os dados de largura de nicho dos indivíduos para H. melazonatus e B. giacopinii. Foi detectada nítida segregação no uso horizontal, com H. melazonatus ocupando predominantemente as margens e as demais espécies habitando o canal. As espécies utilizaram predominantemente o terço médio da coluna d’água, mas I. geisleri exibiu maior proporção de uso do terço inferior. A análise das características ecomorfológicas demonstrou diferenças interespecíficas significativas, especialmente na forma do corpo, tamanho e orientação da boca, apesar da alta sobreposição na dieta das espécies. No entanto, quando analisada a composição da dieta em coocorrência com uma ou duas espécies sintópicas, H. melazonatus e B. giacopinii exibiram estreitamento de nicho trófico. Em suma, apesar das piabas serem filogeneticamente relacionadas e consideradas morfologicamente semelhantes, a análise integrada de informações sobre uso do hábitat, comportamento, dieta e características ecomorfológicas detectou diferenças significativas entre essas espécies, que podem atuar como mediadoras da coexistência nos igarapés amazônicos de terra firme, por meio da partição dos recursos disponíveis.
Abstract: tetras (Characidae) compose a group of fishes that share a generalized morphology and a superficial similarity that is apparently associated with a generalized diet based on the opportunistic consumption of a wide variety of food items. This morphological and functional similarity, coupled with the known occurrence of several species of tetras in the same aquatic environment, has raised the hypothesis that there would be a high ecological niche overlap between simpatric species of this family, especially relevant in environments where food resources are limited, as is the case of the oligotrophic upland forest streams of the Central Brazilian Amazon. To test this hypothesis, we analyzed the morphological characteristics, diet and hábitat use of four syntopic species of characins (Iguanodectes geisleri, Bryconops giacopinii, B. inpai, and Hyphessobrycon melazonatus) in streams of the Adolpho Ducke Forest Reserve, Manaus. We evaluated the degree of overlap in the use of food resources and space, and the morphological and behavioral characteristics that allow the coexistence of these four species (in different combinations) in the streams. Fish were collected by seine nets in 50-m stretches of eight streams, selected on the basis of previous records of occurrence of these species. The use of space in the streams, recorded by underwater observations, was compared between species, as well as the frequency of foraging events. We analyzed 18 ecomorphological attributes of 22 specimens of each species, which were compared by means of ordination techniques (PCA). The diet of the species was analyzed by means of the alimentary index (AI), and information about the relative volume of the food items consumed were used to assess the amplitude and degree of overlap of the food niche between them. The different combinations of co-occurrence of species of minnows in streams (without co-occurrence; with a co-occurrence (alone, with one additional species, or with two other species) were tested using niche breadth data calculated for the individuals of H. melazonatus and B. giacopinii. We detected a significant difference in the use of the horizontal space by the species, separating H. melazonatus (that predominantly occupyed the margins) from the other species (that inhabited mainly the stream channel). All species used predominantly the middle third of the water column, but I. geisleri exhibited a higher proportion of use of the lower third, near the stream bottom. The analysis of ecomorphological characteristics showed significant interspecific differences, especially in body shape, size and orientation of the mouth, despite the high overlap in the diet of the species. However, when analyzing the composition of the diet on co-occurrence with one or two syntopic H. melazonatus and B. giacopinii exhibited narrowing of trophic niche. In short, despite the minnows are considered phylogenetically related and morphologically similar, the integrated analysis of information on habitat use, behavior, diet, and ecomorphological characteristics found significant differences between these species, which can act as mediators of coexistence in Amazonian lowland forest streams , through the partition of available resources.
Palavras-chave: Piaba
Characidae
Ecomorfologia
Área(s) do CNPq: ECOLOGIA::ECOLOGIA APLICADA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Biologia de Água Doce e Pesca Interior
Citação: BARROS, Gabriel Gazzana. Ecomorfologia e uso de recursos por quatro espécies sintópicas de peixes (Characidae) em igarapés amazônicos de terra firme, Amazonas, Brasil. Manaus: [s.n.], 2012. xii, 75 f.. Dissertação (Biologia de Água Doce e Pesca Interior) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1675
Data de defesa: 3-Set-2012
Aparece nas coleções:Mestrado - BADPI

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Gabriel Gazzana Barros.pdf2,27 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.