Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1682
Tipo do documento: Dissertação
Título: Citogenética comparativa de seis espécies de anuros do gênero Leptodactylus (Leptodactylidae) coletadas no estado do Amazonas, Brasil
Autor: Coelho, Ana Carolina 
Primeiro orientador: Gross, Maria Claudia
Primeiro coorientador: Menin, Marcelo
Resumo: O gênero Leptodactylus apresenta 75 espécies predominantemente Neotropicais, com número diploide modal de 22 cromossomos. Porém, análises citogenéticas são incipientes em espécies de Leptodactylus provenientes da Amazônia central e pouco se sabe acerca do padrão cariotípico dos cinco grupos intragenéricos (L. fuscus, L. ocellatus, L. marmoratus, L. melanonotus, L. pentadactylus). Deste modo, foram realizadas análises citogenéticas clássicas e moleculares em cromossomos mitóticos de cinco espécies de Leptodactylus da Amazônia central (L. andreae, L. macrosternum, L. pentadactylus, L. petersii e L. riveroi) e análises meióticas para as espécies L. hylaedactylus e L. petersii. As espécies L. andreae e L. hylaedactylus apresentaram 2n=26 e as demais apresentaram 2n=22 cromossomos. A região organizadora de nucléolo foi evidenciada no par 8 de L. andreae, L. macrosternum, L. pentadactylus e L. riveroi, enquanto L. petersii teve marcação de Ag-RON nos pares 6 e 10. Estes resultados foram confirmados pela sonda de DNAr 18S, com exceção do par 10 de L. petersii. O padrão de bandamento C foi evidente na região centromérica para as 5 espécies estudadas mitoticamente e variações intraespecíficas foram observadas, quando comparados os resultados deste trabalho com o existente na literatura. Com relação às análises meióticas, L. hylaedactylus apresentou 13 bivalentes em metáfase I, enquanto L. petersii apresentou 11 bivalentes nesta fase. Nenhum sítio telomérico intersticial foi evidenciado, contudo isso não significa que rearranjos não ocorreram durante a carioevolução deste gênero, uma vez que variações na fórmula cariotípica são observadas, tanto intraespecificamente quanto interespecificamente. Com relação aos padrões cariotípicos dos grupos intragenéricos, de acordo com o encontrado na literatura, o número diploide igual a 22 cromossomos foi observado nas espécies do grupo L. ocellatus, bem como nos grupos L. fuscus e L. pentadactylus. No grupo L. melanonotus três números diploides estão presentes: 20, 22 e 24 e a maior variação do número diploide foi evidenciada no grupo L. marmoratus. Estes números diploides, aliados a dados referentes ao padrão de distribuição da heterocromatina constitutiva e da região organizadora de nucléolo, disponíveis para várias espécies do gênero, indicam que o grupo L. ocellatus seria basal e que L. marmoratus seria derivado, corroborando a proposta embasada em características reprodutivas.
Abstract: The genus Leptodactylus has 75 species, most of them are from Neotropical, and with a modal diploid number of 22 chromosomes. However, cytogenetics analyses are incipient among Leptodactylus species from Central Amazon and studies about the karyotype pattern of the five intrageneric groups are poorly known (L. fuscus, L. marmoratus, L. melanonotus, L. ocellatus, L. pentadactylus). Classical and molecular cytogenetic analyses of mitotic chromosomes were conducted on five species of Leptodactylus from Central Amazon (L. andreae, L. macrosternum, L. pentadactylus, L. petersii and L. riveroi), and meiotic analyses for species of L. hylaedactylus and L. petersii. The species L. andreae and L. hylaedactylus showed 2n=26 chromosomes and other species which were analyzes showed 2n=22 chromosomes. The nucleolus organizer region (NOR) was evident in the pair 8 of L. andreae, L. macrosternum, L. pentadactylus and L. riveroi, while L. petersii was evident in the pairs 6 and 10. These results of NOR were confirmed by 18S rDNA probe, except for the pair 10 of L. petersii. The C-banding pattern was evident in the centromeric region of the five species, which were studied mitotically, and species-specific variations were observed in this present study. Regarding meiotic analyzes, L. hylaedactylus showed 13 bivalents of metaphasis I while L. petersii showed 11 bivalents in the same phase. No intersticial telomeric site was evident, however doesn’t mean that no rearrangements occurred during karioevolution of this genus, since variations in karyotype formula were observed both intraspecific and interespecific. Respect to standard karyotypics of intrageneric groups, diploid number as equal as 22 chromosomes were observed in L. ocellatus species as well as into the groups of L. fuscus and L. pentadactylus. In the group L. melanonotus, three diploid numbers were presented: 20, 22 and 24, and the most variation of diploid number were observed in the L. marmoratus group. These diploid numbers combined with data from constitutive heterochromatin standard distribution and organized nucleolus region, which are available for several species of genus Leptodactylus, inficate that L. ocellatus group would be ancient and L. marmoratus would be the newest, corroborating the proposal based in reproductive traits.
Palavras-chave: Anuros
Citogenética
Leptodactylus
Área(s) do CNPq: CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Genética, Conservação e Biologia Evolutiva (GCBEv)
Citação: COELHO, Ana Carolina. Citogenética comparativa de seis espécies de anuros do gênero Leptodactylus (Leptodactylidae) coletadas no estado do Amazonas, Brasil. Manaus: [s.n.], 2013. xv, 69p. Dissertação( Genética, Conservação e Biologia Evolutiva (GCBEv)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1682
Data de defesa: 27-Mar-2013
Aparece nas coleções:Mestrado - (GCBEv)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_ Ana Carolina Coelho.pdf2,14 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.