Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1693
Tipo do documento: Dissertação
Título: Distribuição de parasitóides (Hymenoptera) com ênfase em parasitoides de cochonilhas em dois pomares de citros na Amazônia Central
Autor: Oliveira, Bruno Garcia de 
Primeiro orientador: Teles, Beatriz Ronchi
Primeiro coorientador: Fernandes, Daniell Rodrigo Rodrigues
Resumo: A vegetação tem um papel importante sobre a comunidade de Hymenoptera. O uso de algumas técnicas como consorciamento de plantas atrativas, corredores ecológicos e manutenção das bordas adjacentes, contribuem para o aumento da diversidade de parasitoides porque fornecem hospedeiros alternativos e alimento. A citricultura está em crescimento na região Amazônica e uma das pragas que prejudicam o seu desenvolvimento são as cochonilhas. Conhecer as espécies de cochonilhas presentes no citros e associá-las aos parasitoides é uma forma de contribuir para o controle biológico, reduzindo assim os danos ao meio ambiente. O objetivo com este trabalho foi contribuir com informações ecológicas sobre a comunidade de parasitoides em pomares de citros e nas matas ao entorno, dando ênfase nas espécies de parasitoides de cochonilhas do citros e nas relações tritróficas entre plantainseto- hospedeiro. Para isso, foram coletados parasitoides e cochonilhas dos citros em dois plantios com Floresta Amazônica ao redor. Os parasitoides foram coletados em um gradiente do interior da mata até o interior do plantio e as cochonilhas foram coletadas em um gradiente da borda até o interior do plantio e levadas ao laboratório para verificar a emergência de parasitoides. As variáveis analisadas foram abundância, riqueza, diversidade e composição das famílias de parasitoides em função da distância da borda e da vegetação espontânea no plantio. Com base nas espécies de parasitoides de cochonilhas do citros emergidas em laboratório, foram analisadas abundância e riqueza em função da distância da borda, da vegetação espontânea no plantio e em função da abundância de cochonilhas nas áreas de estudo. De forma geral, a composição de famílias foi diferente entre os gradientes da mata, borda e plantio. A abundância, riqueza e diversidade de famílias de parasitoides foram influenciadas tanto pela distância da borda quanto pela vegetação espontânea no plantio. Além disso, verificou-se que a vegetação espontânea no plantio reduziu o efeito da borda e influenciou a abundância, diversidade e riqueza da maioria das famílias de parasitoides. Foram encontradas nove espécies de cochonilhas distribuídas em quatro famílias, Diaspididae, Coccidae, Pseudococcidae e Ortheziidae. As cochonilhas foram associadas a sete espécies de parasitoides, pertencentes a duas famílias, Encyrtidae e Aphelinidae. Verificou-se que a presença da vegetação espontânea no plantio não influenciou a abundância e riqueza de parasitoides de cochonilha. Porém, a abundância de parasitoides teve uma relação positiva com a abundância de cochonilhas. As causas dessa relação como inter-especificidade e atração dos parasitoides pela excreta das cochonilhas são discutidas.
Abstract: The vegetation plays an important role over Hymenoptera community and the use of some techniques such as intercropping attractive plants, ecological corridors and maintenance of adjacent edges contribute to increase the parasitoid diversity because it provides alternative hosts and food. The citrus industry is growing in the Amazon and one of the pests that causes significant injuries are the scale insects. Knowing the scale insect species in citrus orchard and associate them with parasitoids is a importante way to contribute with biological control, therefore reducing damage to the environment. Our objective was contribute with ecological information on parasitoid community in citrus orchards and forests around, focusing on parasitoid species of citrus scale insects and the tritrophic relationships between plant-insect-host. In this way we collected parasitoids and citrus scales insects in two orchards with Amazon rainforest around. The parasitoids were collected in a gradient comprising 80 meters inside the forest until 80 meters inside the orchard. The scale insects were collected in a gradient comprising the forest edge until 80 meters inside the orchard and than carried to laboratory to quantify the emergence of parasitoids. We tested the influence of edge distance and spontaneous vegetation on abundance, richness, diversity and composition of parasitoid families. For the parasitoids species correlated with de scales reared in laboratory we tested the influence of edge distance, spontaneous vegetation and citrus scale abundance over the abundance and richness of scale parasitoids. Overall, the composition of families was different between forest, edge and orchard and abundance, richness and diversity of parasitoid families were both influenced by edge distance and spontaneous vegetation on orchard, we also found that the spontaneous vegetation reduced the edge effect and influenced the abundance, diversity and richness of some families of parasitoids. In the rearing of scales, were found nine species belonging to four families, Diaspididae, Coccidae, Pseudococcidae e Ortheziidae associated with seven species of parasitoides belonging to two families, Encyrtidae and Aphelinidae. The spontaneous vegetation did not affect the abundance and diversity of parasitoids of scales but as the abundance of scales increase, abundance of parasitoids increased too. The causes of this positive relationship as inter-specific relations and attraction of parasitoids by the excreta of the scale insects is discussed.
Palavras-chave: Controle biológico
Encyrtidae
Aphelinidae
Área(s) do CNPq: AGRONOMIA::CIENCIA DO SOLO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Ciências Biológicas (Entomologia)
Citação: OLIVEIRA, Bruno Garcia de. Distribuição de parasitóides (Hymenoptera) com ênfase em parasitoides de cochonilhas em dois pomares de citros na Amazônia Central. Manaus: [s.n.], 2015. xii, 63 f.. Dissertação (Ciências Biológicas (Entomologia)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1693
Data de defesa: 6-Mar-2015
Aparece nas coleções:Mestrado - ENT

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Bruno Garcia de Oliveira.pdf1,35 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons