Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1703
Tipo do documento: Dissertação
Título: Relações tróficas entre três espécies sintópicas de Rivulus (Cyprinodontiformes: Rivulidae) em igarapés da Reserva Ducke, Manaus, Amazonas
Autor: Fernandes, Suzanne Sousa 
Primeiro orientador: Deus, Cláudia Pereira de
Primeiro coorientador: Zuanon, Jansen Alfredo Sampaio
Resumo: Este estudo teve como objetivo analisar as relações tróficas entre Rivulus micropus, R. kirovskyi e R. obscurus em ambientes de poças temporárias na Reserva Florestal Adolpho Ducke. As coletas foram realizadas entre fevereiro e junho de 2013. Foram capturados 382 indivíduos, sendo 149 R. micropus, 210 R. kirovskyi e 23 R. obscurus. Para a análise das dietas foram verificados o Grau de Repleção dos estômagos, Volume Relativo (V%) e a Frequência de Ocorrência (FO%) dos itens alimentares, combinados no cálculo do Índice Alimentar (IAi). Gráficos de estratégias alimentares foram elaborados para cada espécie e de acordo com a situação de sintopia nas poças. Análises de amplitude de nicho foram realizadas em nível individual e de espécie (Índice de Levins) e o Índice de sobreposição alimentar (Morisita-Horn) foi calculado entre dois pares de espécies: Rivulus micropus com R. kirovskyi, e R. kirovskyi com R. obscurus. As três espécies foram classificadas como invertívoras. O espectro alimentar de R. micropus incluiu 25 itens, representados principalmente por Hymenoptera. A dieta de Rivulus kirovskyi foi representada por 22 itens, com predomínio de invertebrados autóctones, principalmente larvas de Chironomidae, e a baixa amplitude de nicho. Rivulus obscurus apresentou 13 itens na dieta, consumindo alimentos de origem autóctone e alóctone, principalmente Hemiptera (ninfas) e Hymenoptera. Essa espécie apresentou maior amplitude de nicho, quando comparada às outras duas espécies; entretanto, houve variação interindividual, sendo que alguns indivíduos apresentaram nicho mais estreito. Houve baixa sobreposição alimentar entre os pares de espécies em ocorrência sintópica quando comparadas com situações de orcorr~encia isolada nas poças, o que pode indicar a existência de competição entre elas. As três espécies utilizaram os recursos alimentares mais abundantes nas poças, porém apresentaram certo grau de seletividade alimentar, principalmente em relação à origem (autóctone ou alóctone). A ingestão das presas não parece ser determinada exclusivamente pela sua maior oferta ou disponibilidade no ambiente, mas (talvez) pelo seu conteúdo energético, o que estaria de acordo com a teoria de forrageamento ótimo.
Abstract: This study aimed to analyze the trophic relations between Rivulus micropus, R. obscurus and R. kirovskyi in temporary ponds in the Reserva Florestal Adolpho Ducke, Amazonas, Brazil. Sampling was conducted between February and June 2013. A total of 149 specimens of R. micropus, 210 of R. kirovskyi and 23 of R. obscurus were captured. Diet was assessed using the stomach’s degree of filling (DF), relative volume (V%) and Frequency of Occurrence (FO%) of food items, that were used for the calculation of the Feeding Index (FIi). The feeding strategies were presented separately by species and according to the condition of sintopy. Analyses of trophic niche breadth were carried out at the individual and species level (Levins’ index), and dietary overlap (Morisita-Horn’s index) was calculated between two pairs of species: R. micropus with R. kirovskyi; and R. kirovskyi with R. obscurus. The three species were classified as invertivorous. The food spectrum of R. micropus included 25 items, represented mainly by Hymenoptera. The diet of R. kirovskyi was represented by 22 items, with a predominance of autochthonous resources, especially chironomid larvae, and the niche breadth of the species was narrow. Rivulus obscurus presented 13 food items comprised by both autochthonous and allochthonous resources, mainly nymphs of Hemiptera and Hymenoptera; its niche breadth was wider when compared to the other two species, but showed inter-individual variation with some individuals showing narrower trophic niche. There was a very low dietary overlap between pairs of species under syntopic occurrence when compared to the diet of individuals in a single-species condition in the ponds, which may indicate therefore competition and niche displacement. The three species used the most abundant food resources in the ponds, but showed some degree of feeding selectivity, especially in relation to the origin of the items (autochthonous or allochthonous). The ingestion of prey does not seem to be determined only by the abundance or availability in the environment, but perhaps by its energy content, which would be in agreement to the optimal foraging theory.
Palavras-chave: Peixes
Poças temporárias
Rivulidae
Área(s) do CNPq: ECOLOGIA::ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Biologia de Água Doce e Pesca Interior
Citação: FERNANDES, Suzanne Sousa. Relações tróficas entre três espécies sintópicas de Rivulus (Cyprinodontiformes: Rivulidae) em igarapés da Reserva Ducke, Manaus, Amazonas. Manaus: [s.n.], 2014. xii, 49 f.. Dissertação (Biologia de Água Doce e Pesca Interior) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1703
Data de defesa: 10-Jun-2014
Aparece nas coleções:Mestrado - BADPI

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Suzanne Sousa Fernandes.pdf1,69 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons