Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1720
Tipo do documento: Dissertação
Título: Efeitos da estrutura da floresta de Terra-Firme no uso de habitat em corujas (Aves, Strigiformes) na Amazônia Central
Autor: Esclarski, Priscilla 
Primeiro orientador: Cintra, Renato
Resumo: As corujas, apesar atuarem na regulação de presas e controle biológico, representam um grupo ainda pouco estudado quanto à distribuição e abundância, principalmente as espécies neotropicais. Os componentes da estrutura da floresta têm sido usados para explicar padrões de uso de habitat e a estrutura de comunidades, porém, os estudos relacionando tais componentes às corujas concentram-se em espécies do hemisfério norte. O presente estudo analisou se os componentes de estrutura da floresta influenciam o uso de habitat (ocorrência e abundância) por seis espécies de corujas em uma floresta de Terra-Firme na Amazônia Central. Para amostrar ocorrência e abundância foi usado o método playback, em 30 pontos distantes entre si em 1 km, nos meses de outubro e novembro de 2012. Em análise de regressão linear múltipla obtivemos relação entre a abundância de quatro espécies de corujas e componentes da estrutura da floresta associados à disponibilidade de alimento; Glaucidium hardyi (caburé-da-amazônia) teve maior abundância conforme aumentou a distância do igarapé com p=0,023, já Megascops watsonii (corujinha-orelhuda) foi mais abundante com a diminuição da profundidade da serrapilheira com p=0,045, a abundância de Lophostrix cristata (coruja-de-crista) e Pulsatrix perspicillata (murucututu) aumentou juntamente com a abundância de troncos mortos no chão com p=0,042, e p=0,009 respectivamente. Já na regressão logística múltipla obtivemos relação somente entre a ocorrência Pulsatrix perspicillata (muucututu) e troncos mortos no chão com p=0,050. Assim, a influência dos componentes da estrutura da floresta difere de acordo com a espécie de coruja, demonstrando as diferenças interespecíficas no uso de micro-habitats, porém, reflete a importância da disponibilidade de recurso alimentar na percepção de habitat ideal pelas corujas.
Abstract: Owls, despite a well-established role in prey regulation and biological control, are a poorly-studied avian group. For Neotropical species distribution and abundance are especially poorly known. Structural components of forests have been used to explain patterns of owl habitat use and community structure, but such analyses have largely focused on species in the northern hemisphere. The present study examines whether components of forest structure influence habitat use (occurrence and abundance) for six species of owls in an upland Terra firme forest in central Amazonian Brazil. Between October and November 2012, a playback method was used to sample occurrence and abundance in 30 points, each separated from the next by 1km. Multiple linear models revealed relationships between the abundance of four owl species and components of forest structure associated with food availability: Glaucidium hardyi (Amazonian Pygmy Owl) had greater abundance as increased of the distance to nearest creek, with p = 0.023, Megascops watsonii (Northern Tawny-bellied Screech Owl) was more abundant with decreasing leaf litter depth, with p = 0.045, the abundance of the Lophostrix cristata (Crested Owl) and Pulsatrix perspicillata (Spectacled Owl) increased along with the abundance of dead fallen trunks on forest floor, with p = 0.042, end p = 0.009, respectively. A multiple logistic regression also revealed a significant association (p = 0.050) between the occurrence of Pulsatrix perspicillata (Spectacled Owl) and abundance of dead fallen trunks on forest floor. The influence of the components of forest structure differs according to the owl species, demonstrating interspecific differences in micro-habitat use, and reflecting the importance of food resource availability in owl habitat choice.
Palavras-chave: Habitat
Corujas
Heterogeneidade ambiental.
Área(s) do CNPq: SILVICULTURA::FISIOLOGIA FLORESTAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Biologia (Ecologia)
Citação: ESCLARSKI, Priscilla. Efeitos da estrutura da floresta de Terra-Firme no uso de habitat em corujas (Aves, Strigiformes) na Amazônia Central. Manaus: [s.n.], 2014. ix, 61 f.. Dissertação (Biologia (Ecologia)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1720
Data de defesa: 9-Jun-2014
Aparece nas coleções:Mestrado - ECO

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Priscilla Esclarski.pdf1,79 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons