Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1749
Tipo do documento: Tese
Título: Mecanismos de regulação de Na+ nas brânquias de peixes da Amazônia: modulação por fatores ambientais e ajustes espécie-específicos
Autor: Duarte, Rafael Mendonça 
Primeiro orientador: Val, Adalberto Luis
Resumo: Os mecanismos de transporte de Na+ nas brânquias de peixes da Amazônia permanece pouco estudado, particularmente no que se refere aos ajustes fisiológicos relacionados à adaptação às condições ambientais peculiares das águas da região. O presente estudo teve como objetivo analisar os mecanismos fisiológicos relacionados ao transporte de Na+ nas brânquias de diferentes espécies de peixes da Amazônia, em condições naturais e em laboratório. Para tanto, foi avaliada a influencia das condições físicas e químicas da água no fluxo unidirecional e propriedades cinéticas para a absorção de Na+ dos animais, assim com a atividade da Na+/K+-ATPase e H+-ATPase, verificando a presença de ajustes intra e interespecíficos na regulação do transporte de Na+ em função das condições ambientais. As respostas no transporte branquial de Na+ foram fortemente relacionadas a atividade da H+-ATPase, sugerindo que essa enzima exerce um papel na manutenção do equilíbrio iônico e ácido base das espécies estudadas durante os processos de aclimatização e aclimatação a condições ácidas e com baixa disponibilidade iônica. Contudo, outros transportadores parecem estar envolvidos no transporte branquial de Na+, particularmente em Hyphessobrycon copelandi durante a exposição aguda a maiores temperaturas Foi observado também que diferenças no controle da permeabilidade branquial influenciam na tolerância de alguns ciclídeos, como Pterophyllum scalare e Symphysodon discus, a distúrbios ionoregulatórios decorrentes da exposição a águas ácidas e pobre ionicamente. Além disso, variações intraespecíficas e interespecíficas na regulação da atividade da H+-ATPase, e em menor grau da Na+/K+-ATPase, foram associadas a ajustes adaptativos dos peixes às condições ambientais naturais de igarapés da bacia do Rio Negro.
Abstract: The mechanisms of Na+ transport in gills of Amazonian fish species remains poorly understood, particularly regarding to the physiological adjustments involved in adaptation to the singular environmental conditions of Amazon waters. The aim of the present study was analyze the physiological mechanisms involved in Na+ transport in gills of different Amazonian fish species, at both natural and laboratory conditions. Therefore, we evaluated the influence of water physical and chemical conditions on Na+ unidirectional fluxes and Na+ uptake kinetic properties of fishes, as well as on Na+/K+-ATPase and H+-ATPase activity, looking for intraespecific and interespecific adjustments in Na+ transport according to environmental conditions. The responses in branchial Na+ transport were strongly related to H+-ATPase activity, suggesting that this enzyme plays a importante role in the maintenance of the ionic and acid-base balance in the studied fish species during the process of acclimatization and acclimation to acidic conditions ion-poor conditions. However, others Na+ transporters seems to be involved in branchial transport of Na+, particularly in Hyphessobrycon copelandi during acute exposure to higher temperatures. There was also seen that differences in controlling gill permeability modulate the tolerance of some cichlid fish species, as Pterophyllum scalare and Symphysodon discus, to ionoregulatory disturbances from the exposure to acidic water and ion-poor conditions. Moreover, intraspecific and interspecific variation in the response of H+-ATPase activity, and in a lower extent to the Na+/K+-ATPase activity, were associated with adaptive adjustments of fish to the natural environmental conditions founded in streams of the Rio Negro basin.
Palavras-chave: Peixes de igarapés
Fisiologia de peixes
Brânquias de peixes
Área(s) do CNPq: ZOOLOGIA::ZOOLOGIA APLICADA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Biologia de Água Doce e Pesca Interior
Citação: DUARTE, Rafael Mendonça. Mecanismos de regulação de Na+ nas brânquias de peixes da Amazônia: modulação por fatores ambientais e ajustes espécie-específicos. Manaus: [s.n.], 2013. xiii, 151 f.. Tese (Biologia de Água Doce e Pesca Interior) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1749
Data de defesa: 21-Fev-2013
Aparece nas coleções:Doutorado - BADPI

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese_Rafael Mendonça Duarte.pdf2,02 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons