Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1790
Tipo do documento: Dissertação
Título: Biocarvão de bambu e fontes de fósforo afetando a disponibilidade de p e o crescimento de feijão caupi e milho em latossolo amarelo distrófico da Amazônia
Autor: Oliveira, Danielle Monteiro de 
Primeiro orientador: Falcão, Newton Paulo de Souza
Primeiro coorientador: Lavres Júnior, José
Resumo: A utilização de biocarvão tem sido motivada com base nas pesquisas desenvolvidas com o carvão das terras pretas de índio, mostrando que esse biocarvão é importante na estabilidade da matéria orgânica e na melhoria das propriedades físicas, químicas e biológicas do solo. Os altos teores de óxido de ferro, alumínio e minerais de argilas de baixa atividade são os principais fatores responsáveis pela alta fixação do fósforo em solos tropicais. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do biocarvão de bambu, produzido sob diferentes temperaturas de carbonização (400º, 500º e 600º C), na disponibilidade do fósforo proveniente de diferentes fontes fosfatadas (fosfato natural de ARAD, superfosfato simples e superfosfato triplo) em Latossolo Amarelo distrófico típico da Amazônia Central. Para isto, foi instalado um experimento em casa de vegetação, em dois cultivos alternados de feijão caupi (Vigna unguiculata) e milho (Zea mays), em delineamento inteiramente casualizado, num esquema fatorial 3 x 3, sendo três temperaturas de carbonização do biocarvão e três fontes de fósforo: As fontes de fosfato foram aplicadas o equivalente a 100 kg de P2O5 por ha-1. O biocarvão foi aplicado o equivalente a 40 t ha-1. Uma adubação complementar foi realizada no início de cada cultivo nas seguintes doses: 45 kg de N ha-1 (Uréia), 72 kg de K2O ha-1 (Cloreto de potássio). O feijão foi colhido no início da floração e o milho com 45 dias após a germinação. As seguintes variáveis foram mensuradas: disponibilidade de nutrientes no solo, nutriente acumulado e peso da matéria seca da parte aérea (MSPA) em cada cultivo. Os resultados mostraram que no primeiro cultivo de feijão caupi o maior incremento da MSPA foi obtida no tratamento BIO500FN (6,9 g), com aumento de aproximadamente 360%, seguido do BIO400FN (6,8 g), com incremento de 300%, em relação ao controle (1,9 g). Os tratamentos que receberam biocarvão à 400°C os valores de P no solo aumentaram em função da fonte (FN;12,60 > SFS;11,20 > SFT;10,80 mg dm-3), ocorrendo o contrário com os tratamentos que receberam biocarvão à 500°C (FN; 10,40 < SFS; 11,60 < SFT;14,20 mg dm-3) e nos tratamentos com biocarvão 600°C não houve variação. Para todos os cultivos os tratamentos que receberam biocarvão à 500º C os valores de K trocável no solo variaram entre 5,2 e 8,5 mg dm-3, para os demais tratamentos o K no solo ficou abaixo de 5,2 mg dm-3. Os tratamentos que receberam superfosfato simples apresentaram altos teores de enxofre no solo, maior que 31,0 mg dm-3, independente da temperatura de carbonização do bambu. No segundo cultivo de feijão caupi a MSPA do tratamento BIO600SFT (5,9 g) foi semelhante a MSPA do BIO400FN (5,7 g) e 19% maior que o valor do controle (5,1 g). Os teores de P nos solos dos tratamentos BIO400FN (14,8 mg dm-3) e BIO500SFT (15,0 mg dm-3) apresentaram valores semelhantes. Embora a MSPA dos dois cultivos de milho não tenha apresentado efeito dos tratamentos, os maiores crescimentos ocorreram nos tratamentos que receberam FN, independente da temperatura de carbonização, o mesmo acontecendo para os teores de P disponíveis no solo que apresentaram altos teores e semelhantes aos valores encontrados para as outras fontes mais solúveis. Nos tratamentos que receberam biocarvão à 500º C os valores de K trocável foram os mais altos, variando de 5,20 – 8,50 mg dm-3. As diferentes fontes fosfatadas responderam semelhantemente na disponibilidade de P e no crescimento do feijão na presença do biocarvão. Os maiores teores de K foram observados nos tratamentos que receberam o biocarvão à 500C.
Abstract: The use of biochar has been motivated by research carried out with black carbon from Amazonian Dark Earths, showing that black carbon (biochar) is important in the stability of organic matter and for improving the physical, chemical and biological properties of the soil. The large amounts of iron oxide, aluminum and clay minerals with low activity are the main factors responsible for the high fixation of phosphorus in tropical soils. The objective of this study was to evaluate the effect of biochar from bamboo, produced under different carbonization temperatures (400°, 500° and 600° C), on the availability of phosphorus from different common sources (natural phosphate of ARAD (NP), simple superphosphate (SSP) and triple superphosphate (TSP)) in a Yellow Oxisol of Central Amazonia. An experiment was conducted in a greenhouse with two alternating crops of cowpea (Vigna unguiculata) and maize (Zea mays) in a completely randomized design in a 3x3 factorial, with three carbonization temperatures of biochar and three phosphorus sources: the sources of phosphate were applied to be equivalent to 100 kg of P2O5 per ha-1. The biochar was applied to be equivalent to 40 t ha-1. Complementary fertilization was carried out at the beginning of each crop in the following doses: 45 kg N ha-1 (urea), 72 kg K2O ha-1 (potassium chloride). The beans were harvested at the beginning of flowering and the maize 45 days after germination. The following variables were measured: availability of soil nutrients, nutrient accumulation and total shoot dry matter in each crop. The results showed that the first crop of cowpea had the highest increment of total shoot dry matter (TSDM) obtained in the treatment 500oC biochar with ARAD (BIO500NP) (6.9 g), an increase of approximately 360% over the control (1.9 g), followed by BIO400FN (6.8 g) with an increase of 300%. In the treatments with biochar at 400° C, the concentrations of soil P increased according to the source (NP 12.60 > SSP 11.20 > TSP 10.80 mg dm-3), but the opposite occurred with the treatments receiving biochar at 500° C (NP 10.40 < SSP 11.60 < TSP 14.20 mg dm-3) and in treatments with biochar 600° C soil P was uniform. For all the treatments that received biochar at 500° C the values of exchangeable K in the soil ranged between 5.2 and 8.5 mg dm-3, considered high. The treatments with SSP showed high levels of sulfur in the soil, higher than 31.0 mg dm-3, regardless of the carbonization temperature. In the second crop of cowpea the TSDM of BIO600TSP (5.9 g) was similar to the BIO400NP (5.7 g) and 19% greater than the control (5.1 g). The phosphorus content in soils with BIO400FN (14.8 mg dm-3) and BIO500SFT (15.0 mg dm-3) were very similar. Although the TSDM of two maize crops showed no effect of treatments, the largest increases occurred with NP, regardless of the carbonization temperature; the same results were observed for the levels of available P in soil that showed high levels and were similar to the other more soluble phosphate sources. In treatments with biochar at 500 ° C the values of exchangeable K were higher, ranging from 5.20 to 8.50 mg dm-3. The different phosphate sources showed similar responses on P availability and also on bean grown in the presence of biochar. The higher amounts of K was observed in the treatments that received the biochar at 500º C.
Palavras-chave: Fertilidade do solo
carvão pirogênico
Adubação fosfatada
Área(s) do CNPq: CIENCIA DO SOLO::QUIMICA DO SOLO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Agricultura no Trópico Úmido (ATU)
Citação: OLIVEIRA, Danielle Monteiro de. Biocarvão de bambu e fontes de fósforo afetando a disponibilidade de p e o crescimento de feijão caupi e milho em latossolo amarelo distrófico da Amazônia. Manaus: [s.n.], 2012. viii, 31 f.. Dissertação (Agricultura no Trópico Úmido (ATU)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1790
Data de defesa: 21-Ago-2012
Aparece nas coleções:ATU - Msc

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Danielle Monteiro de Oliveira.pdf161,49 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons