Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1813
Tipo do documento: Dissertação
Título: Dieta frugívora e potencial de dispersão de sementes de Tapirus terrestris (Mammalia, Perissodactyla) em um mosaico de floresta
Autor: Barcelos, Adriana Renata Camila Winsniewski
Primeiro orientador: Sanaiotti, Tânia Margarete
Primeiro coorientador: Gribel, Rogério
Segundo coorientador: Bobrowiec, Paulo Estefano
Resumo: Embora existam vários estudos sobre a dieta da anta (Tapirus terrestris) e sobre a sua importância na dispersão das sementes em regiões de floresta tropical, as informações disponíveis a este respeito em áreas de vegetação aberta ainda são escassas. Estudamos os componentes frugívoros da dieta das antas e seu potencial como dispersoras de sementes por meio da identificação das espécies vegetais que germinaram em suas amostras fecais, para a região do Parque Nacional do Viruá, sul do estado de Roraima, na Amazônia brasileira. A região é coberta por um mosaico de formações de campinarana em diferentes estágios sucessionais e por diferentes tipos de floresta ombrófila. Um total de 111 amostras fecais de T. terrestris foi coletado em quatro fitofisionomias distintas: campinarana, floresta ombrófila, floresta de igapó e buritizal. As amostras fecais foram colocadas em bandejas individuais e mantidas por 16 meses em casa de vegetação, para germinação das sementes viáveis. Foram encontradas sementes germinando e plântulas estabelecidas em 94 amostras fecais (84,7%). Os diferentes morfotipos de plântulas foram identificados em nível de espécie, gênero ou família e classificados quanto ao tipo de fruto, hábito da planta e provável modo de ingestão (intencional ou acidental) por T. terrestris. Um total de 77 espécies de plantas foi encontrado nas amostras fecais, das quais 75 foram identificados através de suas plântulas e duas por suas sementes e/ou vestígios de frutos característicos. Das espécies que germinaram, pelo menos 48 são novos registros para dieta da anta. Melastomataceae foi a família com maior número de morfotipos germinando nas amostras fecais (n = 19). As espécies mais frequentes foram Tococa spp., Bellucia grossularioides, Couma utilis e Aciotis indecora. 37,7% das espécies eram herbáceas (ciperáceas, gramíneas, eriocauláceas e acantáceas) cujas sementes foram ingeridas acidentalmente durante o pastoreio. O elevado número de espécies que sobreviveram à mastigação e à passagem pelo trato digestório combinado com o deslocamento a longas distâncias e entre fitofisionomias distintas, indicam que as antas provavelmente cumprem um importante papel ecológico na estruturação da vegetação na região do Viruá.
Abstract: Even though there are a number of studies of the tapir´s diet (Tapirus terrestris) and its importance for seed dispersal in the area of rainforests, information is lacking about open or less dense woody vegetation also found throughout the neotropics. We studied the frugivory in the tapir’s diet and discuss their potential as seed dispersers by identifying the plant species that germinated in the fecal samples. The study was conducted at Viruá National Park, in the south of the state of Roraima, in the Brazilian Amazon. This region is covered by a mosaic of “campinarana” formations in several successional stages and by several distinct types of dense forests. A total of 111 fecal samples from T. terrestris were collected in four distinct vegetation types: “campinarana”, dense forest, flooded forest and Mauritia palm wetland. Each fecal sample was put in a separate soil tray and kept over a period of 16 months in a greenhouse. These were checked for germinated seedlings and viable seeds. Germinated seeds and established seedlings were also found in 94 fecal samples (84.7%). All seedling morphotypes were identified to species level, genus or family, and classified by type of fruit and plant habitat, and possible type of ingestion (intentional or accidental) by T. terrestris. A total of 77 plant species were found in the fecal samples; from these, 75 species were identified by seedlings and two by seed/fruit remains. Forty eight of these species are new records for the tapir’s diet. Melastomataceae was the family with largest number of morphotypes germinating from the fecal samples (n=19). The most frequent species were Tococa spp., Bellucia grossularioides, Couma utilis e Aciotis indecora. 37.7% of the species were herbs (Cyperaceae, Poaceae, Eriocaulaceae and Acanthaceae), whose seeds were probably accidentally ingested during grazing. The high number of species that survived ingestion and passage through the digestive tract, combined with the displacement over long distances and among distinct vegetation types, indicate that tapirs probably have an important ecological role in the vegetation structure in the Viruá region.
Palavras-chave: Antas
Frugivoria
Tapirus terrestris
Área(s) do CNPq: ZOOTECNIA::NUTRICAO E ALIMENTACAO ANIMAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Biologia (Ecologia)
Citação: BARCELOS, Adriana Renata Camila Winsniewski. Dieta frugívora e potencial de dispersão de sementes de Tapirus terrestris (Mammalia, Perissodactyla) em um mosaico de floresta. Manaus: [s.n.], 2011. xi, 57 f., Dissertação (Biologia (Ecologia)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1813
Data de defesa: 21-Abr-2011
Aparece nas coleções:Mestrado - ECO

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Adriana Renata Camila Winsniewski Barcelos.pdf3,09 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons