Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1824
Tipo do documento: Dissertação
Título: Ossículos do moinho gástrico de cinco espécies de trichodactylidae (crustacea: decapoda: brachyura)
Autor: Lima-Gomes, Renata Cristina de 
Primeiro orientador: Magalhães Filho, Célio U.
Primeiro coorientador: Lima, Jô de Farias
Resumo: O estômago dos crustáceos decápodes está dividido em três regiões: esôfago, câmara cardíaca e câmara pilórica, e possui um complexo muscular e nervoso no qual um conjunto de músculos estriados efetua os movimentos dos elementos esqueléticos do chamado moinho gástrico. Esse moinho gástrico consiste em um conjunto de elementos esqueléticos calcificados e um conjunto de músculos estriados que trabalham juntos para quebrar e moer grandes partículas de alimento dentro da câmara cardíaca do estômago. Esse conjunto esquelético é composto pelos seguintes ossículos: mesocardíaco, pterocardíaco, pilórico, exopilórico, zigocardíaco, propilórico e urocardíaco. Com o objetivo de testar se a atual hipótese de classificação supragenérica da família Trichodactylidae pode ser corroborada por caracteres morfológicos dos ossículos gástricos, foram descritos os ossículos do moinho gástrico de 25 indivíduos, entre machos e fêmeas adultos e jovens pertencentes a cinco espécies: Trichodactylus fluviatilis (Trichodactylinae), Dilocarcinus pagei e Moreirocarcinus laevifrons (Dilocarcinini), e Sylviocarcinus pictus e Valdivia serrata (Valdiviini). Para a preparação do material, os caranguejos foram dissecados, e seus estômagos submersos por um período de 24 horas em formol, posteriormente fervidos a 100◦C por 60 minutos numa solução de hidróxido de potássio (KOH) e alizarina-vermelha com a finalidade de macerar todo o tecido do estômago e corar os ossículos, respectivamente . A análise foi realizada com o auxilio de estereoscópio óptico, e as ilustrações dos estômagos e seus ossículos individualizados foram feitas com o auxilio de câmara clara acoplada ao estereoscópio óptico. Foi possível reconhecer 48 ossículos nas cinco espécies estudadas, e entre eles foi possível identificar diferenças significativas em nove ossículos: ossículos zigocardíaco, pré-pectineal, pectineal, subdentado, urocardíaco, mesopilórico posterior, anterior inferior pilórico, pilórico e pró-pilórico. De acordo com características de determinadas regiões desses nove ossículos, verificou-se que os agrupamentos resultantes são consistentes com a atual proposta de classificação de Trichodactylidae. A descrição de caracteres morfológicos internos poderá contribuir para uma visão mais completa das relações intrafamiliares, concorrendo para uma delimitação mais precisa da posição sistemática de Trichodactylidae.
Abstract: The stomach of decapod crustaceans is divided into three regions: esophagus, cardiac chamber and pyloric chamber, and has a complex muscular and nervous systems in which a set of striated muscle performs the movements of skeletal elements called the gastric mill. This gastric mill consists of a set of calcified skeletal elements and a set of striated muscles which work together to grind and break down large particles of food in the stomach of the heart chamber. This set consists of the following skeletal ossicles: mesocardiac, pterocardiac, pyloric, exopyloric, zygocardiac, propyloric and urocardiac. In order to test if the current suprageneric classification hypothesis of the family Trichodactylidae can be corroborated by the stomach morphology, the gastric mill ossicles were described based on 25 individuals, including males, females and young adults belonging to five species: Trichodactylus fluviatilis (Trichodactylinae), and Dilocarcinus pagei Moreirocarcinus laevifrons (Dilocarcinini), and Sylviocarcinus pictus and Valdivia serrata (Valdiviini). The ossicles were prepared by dissecting and submersion of the stomach for 24 hours in formalin, then boiled at 100 ◦C for 60 minutes in a solution of potassium hydroxide (KOH), and red-alizarin for macerate all the stomach tissue and purpose the ossicles, respectively. The analysis was performed with the aid of optical stereoscope, and the illustrations of ossicles and their stomachs were individually made with the aid of camera lucida coupled to optical stereoscope. It was possible to recognize 48 ossicles in the five species studied, and among them were able to identify significant differences in nine ossicles: zygocardiac, prepectineal, pectineal, subdentate, urocardiac, posterior mesopyloric, anterior inferior pyloric, pyloric e propyloric. According to characteristics of certain regions of these nine ossicles, it was found that the resulting clusters are consistent with the proposed current classification of Trichodactylidae. The description of internal morphological characters may contribute to a more thorough picture of intrafamilial relationships, as well as to obtain a more precise delimitation of the systematic position of Trichodactylidae.
Palavras-chave: Caranguejos
Trichodactylidae
Ossículos do moinho gástrico
Área(s) do CNPq: ZOOLOGIA::MORFOLOGIA DOS GRUPOS RECENTES
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Biologia de Água Doce e Pesca Interior
Citação: LIMA-GOMES, Renata Cristina de. Ossículos do moinho gástrico de cinco espécies de trichodactylidae (crustacea: decapoda: brachyura). Manaus: [s.n.], 2013. xi, 59 f.. Dissertação (Biologia de Água Doce e Pesca Interior) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1824
Data de defesa: 16-Abr-2013
Aparece nas coleções:Mestrado - BADPI

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Renata Cristina de Lima-Gomes.pdf1,78 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons