Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1878
Tipo do documento: Tese
Título: Influência de fatores bióticos e abióticos na distribuição temporal e espacial de girinos de comunidades de poças temporárias em 64 km2 de floresta de terra firme na Amazônia central
Autor: Rodrigues, Domingos de Jesus 
Primeiro orientador: Lima, Albertina Pimentel
Primeiro coorientador: Costa, Flávia Regina Capelloto
Resumo: Este trabalho teve por objetivos avaliar a distribuição de espécies de anuros e suas relações com os fatores bióticos e abióticos em 136 poças, distribuídas em 31 parcelas, cobrindo uma área de 64 km2 na Reserva Florestal Adolpho Ducke (RFAD), Manaus, AM. A disponibilidade de corpos d’água foi estimada percorrendo um sistema de 18 trilhas (oito km cada) por 15 metros de cada lado, totalizando 432 hectares. Coletas de girinos nos corpos d’água foram realizadas para avaliar a existência de diferença composicional entre poças isoladas e próximas a córregos. Mais de 90 % das poças existentes no sistema de trilhas foram poças próximas a córregos. A disponibilidade de poças encontradas na RFAD é característica de áreas próximas a córregos em floresta de terra-firme, sendo uma fonte importante de recurso para uma anurofauna variada. Diferenças na composição de espécies de girinos entre e dentro das estações chuvosas e diferenças na taxa de mudança na composição de espécies de predadores, girinos e área da poça da amostra X para a X + 1 sucessivamente, foram calculadas através da distância euclidiana. Esta medida foi usada para avaliar diferenças entre as amostras na composição de espécies e na correlação das taxas de mudanças dos fatores abióticos (área da poça) e bióticos (predadores) com as taxas de mudanças na composição de espécies de girinos. A variabilidade temporal e a estabilidade da comunidade de girinos diferiram entre os períodos amostrados. A comunidade de girinos apresentou no primeiro período de amostragem (2002/2003) uma mudança direcional causada provavelmente pelos efeitos de predação e por mudanças na fenologia reprodutiva de algumas espécies. No segundo período (2003/2004) apresentou um padrão não-linear (leve tendência de mudança direcional nas amostragens iniciais tendo uma convergência nas amostragens finais) causado, possivelmente, pelas condições climáticas que podem potencialmente aumentar a heterogeneidade temporal em alguns sistemas dinâmicos, como os aquáticos. No terceiro período (2004/2005) apresentou um padrão estocástico, apesar da tendência da reta a uma mudança direcional. A análise global da comunidade de girinos apresentou um pequeno padrão de mudança direcional mostrando efeitos estocásticos nas flutuações populacionais. A taxa de mudança na composição de espécies de girinos foi correlacionada com a taxa de mudança das espécies de predadores entre o primeiro e o terceiro períodos amostrados. Mudanças na distribuição de espécies de girinos causadas pelos predadores têm sido demonstradas em vários estudos. O padrão de co-ocorrência das espécies de girinos considerando a estrutura da parcela foi determinístico. A largura do córrego influenciou o maior padrão da comunidade, devido a grande maioria das espécies estar correlacionada com grandes poças que geralmente são formadas ao lado de córregos maiores. Considerando as poças, a composição de espécies de girinos baseada em dados qualitativos foi influenciada pela área da poça. Muitas espécies como Phyllomedusa bicolor, P. vaillanti e Hypsiboas geographicus sobrevivem em poças grandes com hidroperíodo maior que cinco meses. A composição de espécies de girinos com base em dados quantitativos não diferiu entre as bacias de drenagem (meso-escala). Porém, a composição de espécies foi diferente entre as micro-bacias de drenagem (micro-escala), indicando que as espécies podem responder individualmente ao habitat ou ao regime pluviométrico e reproduzir em locais tendo certos atributos abióticos. Na RFAD, os fatores abióticos funcionam como um filtro influenciando a composição das comunidades de girinos. No entanto, para se ter uma visão mais geral sobre os fatores que influenciam a distribuição de girinos de poças próximas aos córregos é imprescindível avaliar a distribuição dos adultos e predadores dentro das poças e parcelas, visto que existe forte relação negativa entre a riqueza de espécie de peixes e a proximidade da poça ao córrego. Estudos de longa duração em diferentes escalas simultaneamente são necessários para entender os processos que operam em macro (paisagem), meso (regional) e micro-escala (local) e, conseqüentemente entender a distribuição das espécies.
Abstract: The objective of this study was to evaluate the distribution of anuran species larvae and their relationships with biotic and abiotic factors in 136 ponds, distributed in 31 plots, across the 64 km2-Reserva Florestal Adolpho Ducke (RFAD), Manaus, AM. We estimated water-body availability in 432 hectares by walking a system of 18, 8-km trails and quantified all water bodies present within 15 meters from each side of the trail. We evaluated compositional differences among isolated and streamside ponds by collecting tadpoles from the water bodies. Streamside ponds were by far the most common type of water body encountered on our trail system, representing over 90 % of the ponds. The ponds available in RFAD are characteristic of areas near streams in terra firme forest and are important resources for amphibians. We calculated differences in tadpole species composition among and within rainy seasons, the rate of change of predator species composition, and tadpole abundance and pond area from the sample X to X + 1 successively, using Euclidean distances. This measurement was used to evaluate differences in tadpole distributions between rainy seasons and in relation to the rate of change of the abiotic (pond area) and biotic (predators) factors with rate of changes in tadpole distribution. The temporal variability and stability of tadpole communities differed within the period sampled. The tadpole community of the first period (2002/2003) underwent a directional change, probably caused by predation pressure and changes in the reproductive phenology of some species. The second period (2003/2004) presented a non-linear pattern (light tendency of directional change in the initial samples tending towards a convergence in the final samples) possibly caused by climatic conditions that may increase temporary heterogeneity in some dynamic systems, such as water bodies. In the third period (2004/2005) we found a stochastic pattern, in spite of the overall tendency towards directional change. The global tadpole community analysis showed a subtle pattern of directional change, with stochastic effects in population fluctuations. The rate of change in tadpole species composition was correlated with the rate of change of predator species composition between the first and third periods sampled. Changes in the distribution of tadpole predators have been demonstrated in several studies. The pattern of co-occurrence of the tadpole species, considering the structure of the plots, was deterministic. Stream width influenced the largest community pattern, due to a large number of species being correlated with larger ponds that generally form beside large streams. In ponds, tadpole species composition based on presence-absence data was influenced by pond area. Species as Phyllomedusa bicolor, P. vaillanti and Hypsiboas geographicus survive in large ponds and with a hydroperiod longer than five months. Tadpole species composition and abundance data didn't differ among the drainage basins (meso-scale). However, the species composition was different among micro-drainage basins (micro-scale), indicating that species can respond individually to habitat or pluviometric regime and tend to reproduce in sites with certain abiotic attributes. In RFAD, the abiotic factors function as a filter influencing tadpole communities. However, a more general vision about the factors that influence tadpole distribution in streamside ponds is necessary to evaluate the distribution of adults and predators inside ponds and plots, because strong negative relationships exist between fish species richness and proximity of ponds to a stream. Simultaneous, long-term studies at different scales are necessary to understand the processes that operate in the macro (landscape), meso (regional) and micro-scale (local) and, consequently, to understand species’ distributions.
Palavras-chave: Girinos
predadores
Anuros
Área(s) do CNPq: ECOLOGIA::ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Biologia (Ecologia)
Citação: RODRIGUES, Domingos de Jesus. Influência de fatores bióticos e abióticos na distribuição temporal e espacial de girinos de comunidades de poças temporárias em 64 km2 de floresta de terra firme na Amazônia central. Manaus; [s.n.], 2006. x, 98 f.. Tese (Biologia (Ecologia)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1878
Data de defesa: 13-Dez-2006
Aparece nas coleções:Doutorado - ECO

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese_Domingos de Jesus Rodrigues.pdf852,46 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons