Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1961
Tipo do documento: Dissertação
Título: Variação temporal na reprodução de espécies de caracídeos de pequeno porte (Characiformes) associadas a bancos de herbáceas aquáticas em uma área de várzea na Amazônia central brasileira
Autor: Hernandes, Marina Carmona 
Primeiro orientador: Amadio, Sidinéia Aparecida
Primeiro coorientador: Zuanon, Jansen Alfredo Sampaio
Resumo: As várzeas amazônicas são áreas estruturalmente complexas, com elevada biodiversidade e forte dinâmica sazonal. Apesar da evidente importância do pulso de inundação na dinâmica temporal das várzeas, as espécies que habitam esses ambientes apresentam estratégias reprodutivas variadas. As estratégias reprodutivas dos peixes que habitam ambientes sazonais na América do Sul podem ser agrupadas em três tipos: sazonal; equilíbrio e oportunista. As espécies de caracídeos de pequeno porte, em sua maioria, estão incluídas na estratégia oportunista. Em termos de ocupação de habitats, grande parte dos representantes da família Characidae é encontrada em ambientes como riachos e rios de pequeno porte. No entanto, muitos caracídeos também habitam a várzea amazônica. Assim, o objetivo deste trabalho foi averiguar a influência do ciclo hidrométrico na reprodução de espécies de Characidae de pequeno porte que habitam bancos de herbáceas aquáticas em uma área de várzea na Amazônia Central. Nós hipotetizamos que esses peixes apresentam características da estratégia reprodutiva ajustadas à sazonalidade do pulso de inundação. Assim, da mesma forma que caracídeos de médio e grande porte, as espécies de pequeno porte tenderiam a concentrar a atividade reprodutiva no período de enchente e cheia, que coincide com a fase de elevado crescimento vegetativo das herbáceas aquáticas. Para tal, foram coletados mensalmente exemplares de várias espécies de caracídeos, sendo que sete foram selecionadas para este estudo (Aphyocharax avary, Ctenobrycon spilurus Hemigrammus diagonicus, Hyphessobrycon eques, Moenkhausia dichroura, M. gracilima e Serrapinnus micropterus). As coletas foram feitas na área do Catalão de dezembro/2013 a novembro/2014, em bancos de herbáceas aquáticas, utilizando rede de cerco. Em laboratório, todos os exemplares foram triados e observados macroscopicamente os estádios de desenvolvimento gonadal e quantidade de gordura cavitária. Foram estimados os valores médios de gordura cavitária e relação gonadossomática (RGS) para cada mês e período hidrométrico e, calculada a Intensidade Reprodutiva (IR) para a assembleia do total de espécies capturados. Dentre as sete, três espécies mostraram evidências de maior atividade reprodutiva da cheia para a vazante (H. diagonicus, H. eques e S. micropterus) e duas, durante a enchente (M dichroura e M.gracilima). A análise do IR mostrou que a área do Catalão pode ser considerada uma área de reprodução para a assembleia considerada. Houve correlação significativa e inversa entre os valores de IR e a cota do rio Negro e vazão do rio Solimões e, as regressões entre estes mostram alta relação entre as variáveis, sendo os valores de IR mais elevados na enchente. E, apesar de não correlacionáveis, existe um padrão geral de relação inversa do IR com as outras duas variáveis ambientais, precipitação e vazão do rio Negro. Os resultados obtidos neste estudo indicam que as espécies analisadas apresentam características reprodutivas de espécies cuja reprodução está vinculada a sazonalidade do rio, de maneira similar aos peixes de médio porte dos grandes rios. Assim, os períodos de enchente e cheia são de extrema importância para a reprodução e recrutamento dessas espécies de caracídeos de pequeno porte que habitam nas várzeas amazônicas
Abstract: The Amazon floodplains are structurally complex areas with high biodiversity and strong seasonal dynamics. Despite the obvious importance of the flood pulse in the temporal dynamics of floodplain areas, species that inhabit these environments have different reproductive strategies that may accompany or not the seasonal variations in river levels. The reproductive strategies of fish inhabiting seasonal environments in South America may be grouped into three types: seasonal, equilibrium and opportunistic. Most of small characins are included in opportunistic strategy. Most characins inhabit low predictability hydrological environments such as streams and small rivers, however, they can also be found in the Amazon floodplain, an environment subjected to regular and predictable seasonal variations. Thus, the objective of this study was to investigate the influence of hydrometric cycle on the reproduction of small characins that inhabit aquatic herbaceous banks in a floodplain area in central Amazonia. We hypothesized that these fish have reproductive strategy according to seasonality of the flood pulse. Thus, just as medium and large sized characids, the small species tend to concentrate the reproductive activity during high waters (rising and flood period), which coincides with high vegetative growth of aquatic herbaceous. Many species of characins were captured and a group of seven species of characins were selected for this study (Aphyocharax avary, Ctenobrycon spilurus diagonicus Hemigrammus, Hyphessobrycon eques, Moenkhausia dichroura, M. gracilima and Serrapinnus micropterus). Sampling were carried out at a monthly basis (from December/2013 to November/2014) at Catalão area, in banks of aquatic herbaceous using small net. In the laboratory, all specimens were weighed, measured and had their gonadal and cavity fat information registered. Mean gonadosomatic (RGS) and fat index for each month and hydrometric period were estimated and Reproductive intensity (IR) was calculated for the assembly. Three species showed evidence of higher reproductive activity sometime between flood and receding water level (H. diagonicus, eques H. and S. micropterus) and two during the rising of the water (M. dichroura and M.gracilima). This pattern was confirmed by all analysis used. The IR analysis showed that the area of Catalão may be considered a reproduction area for the species considered. There were significant inverse correlation between the IR and the Negro River water level quota and the Solimões River flow. The regressions between the IR and the flow of the Solimões River and Negro River water level showed high correlation between the variables. Although not significant, there is a general pattern of inverse IR relationship with the other two environmental variables, precipitation and flow of the Negro River. The results of this study indicate that the species analyzed have reproductive characteristics of species whose reproduction is linked to seasonality of the river, similar to medium-sized fish of the great rivers. Thus, the rising and flood periods are extremely important for reproduction and recruitment of small characins that live in the Amazonian floodplains.
Palavras-chave: Caracídeos
Herbáceas aquáticas
Reprodução
Área(s) do CNPq: ECOLOGIA::ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Biologia de Água Doce e Pesca Interior
Citação: HERNADES, Marina Carmona. Variação temporal na reprodução de espécies de caracídeos de pequeno porte (Characiformes) associadas a bancos de herbáceas aquáticas em uma área de várzea na Amazônia central brasileira. Manaus: [s.n.], 2015. 56 f.. Dissertação (Biologia de Água Doce e Pesca Interior) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1961
Data de defesa: 12-Mai-2015
Aparece nas coleções:Doutorado - BADPI

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Marina Carmona Hernandes.pdf1,66 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons