Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/1986
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estabelecimento de um sistema em aleias de leguminosas arbóreas consorciadas com pupunheira (Bactris gasipaes Kunth.) em solo Latossolo amarelo da Amazônia Central
Autor: Meirelles, Augusto Cruz de 
Primeiro orientador: Souza, Luiz Augusto Gomes de
Resumo: No trópico úmido, a construção e a manutenção da fertilidade dos solos é um desafio dos que se dedicam à implantação de sistemas agrícolas sustentáveis. O sistema de cultivo em aleias tem sido demonstrado como uma alternativa para a agricultura familiar, pelo manejo sustentável destes solos ácidos de baixa fertilidade natural. Este trabalho objetivou avaliar a implantação e o estabelecimento inicial de um plantio de pupunha (Bactris gasipaes), em sistema de cultivo em aleias - alley cropping – consorciando leguminosas arbóreas em solo de terra firme de pequenas propriedades rurais da Amazônia Central, bem como obter informações sobre a quantidade e qualidade da biomassa podada de aleias de leguminosas. O experimento foi conduzido em solo Latossolo Amarelo, textura argilosa, de pequenas propriedades agrícolas do Ramal da ZF-1 da Vila Canaã, Manaus, Amazonas, no período de 10/05/2012 a 15/04/2013. Foram produzidas mudas das leguminosas: ingá (Inga edulis), palheteira (Clitoria fairchildiana) e sabiá (Mimosa caesalpiniifolia) que, após passarem por um período de três meses de enviveiramento, foram cultivadas em sistema de aleias em linhas adensadas de 1m. A pupunheira foi estabelecida nas entrelinhas as 28 semanas após o plantio das leguminosas, no espaçamento de 2 x 2 m. Foi avaliada a altura, diâmetro no nível do solo, área de cobertura, diâmetro médio, grau de cobertura e sobrevivência das leguminosas antes e após a poda. A biomassa produzida pelas leguminosas foi quantificada e depois depositada nas entrelinhas de pupunheira, uma amostra do material foliar foi separada para análise química de seu conteúdo nutricional. Para avaliar o efeito da biomassa sobre o crescimento da pupunheira, foi monitorada a altura, diâmetro no nível do solo, área de cobertura, diâmetro médio e grau de cobertura das plantas. O sabiá apresentou rápido crescimento, sobrevivência e rusticidade. O sabiá destacou-se entre as espécies pela produção na primeira poda de 4,27 t ha-1 de biomassa da parte aérea fresca, fracionada proporcionalmente entre galhos e folhas com teores de N-foliar de 2,65 %. O ingá produziu 2,11 t ha-1 de biomassa fresca da parte aérea, com ¼ de material lenhoso e ¾ de biomassa foliar com concentração de N de 3,40 %. A biomassa podada de sabiá e ingá permitiu o aporte de mais de 30 kg ha-1 de nitrogênio. O plantio da pupunheira feito oito meses após o estabelecimento das leguminosas arbóreas beneficiou-se da biomassa depositada na primeira poda, por uma maior altura das plantas de pupunheira 16 semanas após o seu estabelecimento, no sistema em aleias comparado ao monocultivo. O aporte da biomassa podada das leguminosas arbóreas amenizou os efeitos adversos da acidez com aumento dos teores de carbono e matéria orgânica, comparado ao estado inicial do solo.
Abstract: In the humid tropics, the construction and maintenance of soil fertility is a challenge of those dedicated to the implementation of sustainable agricultural systems. The alley cropping system has been demonstrated as an alternative to the family agriculture, by the sustainable management of these acid soils of low natural fertility. This study aimed to evaluate the implementation and initial establishment of a plantation of peach palm (Bactris gasipaes) in alley cropping systems, intercropping leguminous trees in soil of “terra firme” in the Central Amazon, as well as information on the quantity and quality of biomass pruned alleys of legumes. The experiment was conducted in Oxisol, in agricultural properties of the Extension ZF-1, Vila Canaã locality, municipal district of Manaus, in the period from 10/05/2012 to 15/04/2013. Were produced seedlings of leguminous: ingá (Inga edulis), palheteira (Clitoria fairchildiana) and sabiá (Mimosa caesalpiniifolia) which, after passing through a period of three months of nursery, were reared in alleys lines thickened 1m. The peach palm was established in lines at 28 weeks after planting of leguminous, spaced 2 x 2 m. We evaluated the height and diameter at soil level, coverage area, diameter, degree of coverage and survival of legumes before and after pruning. The biomass produced by legumes was quantified and then deposited between the lines of peach palm, a sample of leaf material was separated for chemical analysis of their nutritional content. To assess the effect of biomass on the growth of peach palm was monitored height, diameter at soil level, coverage area, diameter and degree of coverage of the plants. The sabiá showed rapid growth, survival and hardiness. The sabiá stood out among the species by producing the first pruning of 4,27 t ha-1 of aboveground biomass fresh, fractionated proportionally among branches and leaves with levels of 2,65 % N-leaf. The ingá produced 2,11 t ha-1 fresh weight of shoots with ¼ timber and ¾ leaf biomass with 3,40 % N concentration. The biomass pruned of sabiá and ingá allowed the input of more than 30 kg ha-1 of N. The planting of peach palm made eight months after the establishment of leguminous trees benefited from biomass deposited on the first pruning for greater plant height of peach palm16 weeks after its establishment, the system alleys compared with monoculture. The contribution of biomass pruned the tree legumes mitigated the adverse effects of acidity with increased levels of carbon and organic matter, compared to the initial state of the soil.
Palavras-chave: Adubação verde
Agricultura familiar
Cultivo em aleias
Área(s) do CNPq: CIENCIA DO SOLO::FERTILIDADE DO SOLO E ADUBACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Agricultura no Trópico Úmido (ATU)
Citação: MEIRELLES, Augusto Cruz de. Estabelecimento de um sistema em aleias de leguminosas arbóreas consorciadas com pupunheira (Bactris gasipaes Kunth.) em solo Latossolo amarelo da Amazônia Central. Manaus: [s.n.], 2013. xi, 91 f.. Dissertação (Agricultura no Trópico Úmido (ATU)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/1986
Data de defesa: 12-Jul-2013
Aparece nas coleções:Mestrado - ATU

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Augusto Cruz de Meirelles.pdf944,76 kBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons