Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2025
Tipo do documento: Dissertação
Título: Efeito do praziquantel sobre as variáveis sangüíneas de Colossoma macropomum Curvier, 1818 (Characidae: Serrasalminae) e sua eficiência como anti-helmíntico no controle de parasitas monogenóides (Plathyhelminthes: Monogenoidea)
Autor: Maciel, Patricia Oliveira 
Primeiro orientador: Affonso, Elizabeth Gusmão
Resumo: Visando contribuir com os estudos sobre o uso de quimioterápicos na aqüicultura, principalmente em espécies nativas como o tambaqui Colossoma macropomum, o presente estudo teve como objetivo avaliar o anti-helmíntico praziquantel quanto aos seus possíveis efeitos tóxicos sobre tambaquis, utilizando como indicador as análises hematológicas (Capítulo 1); além de avaliar a eficiência deste fármaco no controle de parasitas monogenóides (Capítulo 2). No Capítulo 1, foram testadas, na forma de banhos, as concentrações de 3,12; 6,25; 12,5; 25 e 50 mg de praziquantel/L nos tempos de 0,5; 1 e 24 horas de exposição. Dos parâmetros sanguíneos avaliados, a concentração de hemoglobina e a hemoglobina corpuscular média apresentaram uma diminuição nos peixes mantidos por 24 h e uma hiperglicemia naqueles expostos às maiores concentrações de praziquantel (25 e 50 mg/L) em todos os tempos de exposição. Os resultados sugerem que o praziquantel nas concentrações de 25 e 50 mg/L, independente do tempo de exposição, alteram a homeostase fisiológica dos tambaquis, podendo causar até a morte dos animais. Além disso, esse estudo corrobora com a hipótese de que a respiração na superfície aquática (RSA), com formação de lábios em tambaqui, pode ser estimulada pela diminuição de oxigênio tecidual (hipoxemia), independente do oxigênio na água. No Capítulo 2, foram testadas 5 concentrações de praziquantel: 0; 6,25; 12,5; 25 e 35 mg/L em banhos de longa duração (24 h) e avaliados os parâmetros sanguíneos e a carga parasitária dos peixes. Na maioria dos tratamentos, a eficácia esteve abaixo de 60%, com exceção do tratamento com 12,5 mg/L que obteve 61,8% de eficácia. Os resultados indicaram que as menores concentrações de praziquantel foram as mais eficientes na redução da carga parasitária e as altas concentrações do fármaco induziram nos peixes alterações leucocitárias compatíveis com estresse como linfopenia, monocitose, neutrofilia, e hiperglicemia.
Abstract: In order to contribute with research on the use of chemical therapeutics in aquaculture, especially involving native fish species such as the tambaqui, Colossoma macropomum, the present study aimed to evaluate the antihelmintic praziquantel toxic effects on tambaqui through hematological analysis (Chapter 1) and, complementarily, to evaluate its efficacy to control monogenea parasites (Chapter 2). In Chapter 1, bath of 3.12; 6.25; 12.5; 25 and 50 mg of praziquantel/L during 0.5; 1 and 24 hours of exposure were tested. Among the blood parameters evaluated, hemoglobin concentration and mean corpuscular hemoglobin decreased in fish exposed during 24 hr and hyperglycemia was observed on those exposed to the highest concentrations of praziquantel (25 and 50 mg/L) in all bath duration. Results suggest that praziquantel concentrations of 25 and 50 mg/L affect tambaqui homeostasis, regardless the exposing time, and may cause fish mortality. Besides, this study corroborate with the hypothesis that tambaqui aquatic surface respiration (ASR), with the formation of mouth lips, may be stimulated by the reduction of tissue oxygen concentration (hypoxemia), regardless water dissolved oxygen concentration. In Chapter 2, five praziquantel concentrations were tested: 0; 6.25; 12.5; 25 and 35 mg/L in 24 hr baths and blood parameters and fish parasite load were evaluated. In most treatments efficacy was under 60%, except for the treatment with 12.5 mg/L which resulted in 61.8% efficacy. This study indicated that lower praziquantel concentrations were more efficient in controlling the parasites and high concentration of the product induced fish leukocyte alterations comparable to stress, such as lymphopenia, monocytosis, neutrophylia, and hyperglycemia.
Palavras-chave: Tambaqui
Hematologia veterinária
Praziquantel
Área(s) do CNPq: CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Biologia de Água Doce e Pesca Interior
Citação: MACIEL, Patricia Oliveira. Efeito do praziquantel sobre as variáveis sangüíneas de Colossoma macropomum Curvier, 1818 (Characidae: Serrasalminae) e sua eficiência como anti-helmíntico no controle de parasitas monogenóides (Plathyhelminthes: Monogenoidea). Manaus: [s.n.], 2009. xv, 81 f.. Dissertação (Biologia de Água Doce e Pesca Interior) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/2025
Data de defesa: 26-Ago-2009
Aparece nas coleções:BADPI - Msc

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Patricia Oliveira Maciel.pdf5,98 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons