Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2046
Tipo do documento: Dissertação
Título: Estudo etnobotânico de plantas medicinais em comunidades de várzea do rio Solimões, Amazonas e aspectos farmacognósticos de Justicia pectoralis Jacq. forma mutuquinha (Acanthaceae)
Autor: Cassino, Mariana Franco 
Primeiro orientador: Queiroz, Maria Sílvia de Mendonça
Primeiro coorientador: Meira, Renata Maria Strozi Alves
Resumo: O uso de plantas medicinais, associado às práticas e concepções simbólicas que o permeiam tem sido mundialmente valorizado. Os habitantes da várzea amazônica possuem importantes acervos de plantas utilizadas com fins terapêuticos. Este trabalho teve como objetivo realizar um estudo etnobotânico sobre as plantas medicinais utilizadas em comunidades ribeirinhas no rio Solimões, em duas localidades do município de Manacapuru/AM e contribuir com a caracterização farmacognóstica de uma das espécies de maior consenso de uso nas comunidades, Justicia pectoralis forma mutuquinha (Acanthaceae) (mutuquinha). No estudo etnobotânico, os informantes foram selecionados através da técnica ―Bola de neve‖. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas e observação participante. Foi calculada a concordância de uso principal (CUP) e foram construídas curvas de acumulação de citações para comparação do número de espécies medicinais e categorias nosológicas citadas em cada localidade. Foi realizada a caracterização anatômica e histoquímica das folhas e caules de J. pectoralis forma mutuquinha, segundo metodologias usuais de laboratório. Os informantes são em sua maioria mulheres idosas. Foram repertoriadas nas comunidades 157 espécies medicinais identificadas, distribuídas em 59 famílias, além de 19 espécies ainda não identificadas, sendo as famílias mais representadas Lamiaceae, Asteraceae, Fabaceae e Euphorbiaceae. 40% das espécies são exóticas, caracterizando uma farmacopeia dinâmica. A concepção nosológica local é peculiar, com doenças ―culturais‖ típicas. A classificação humoral e a teoria das assinaturas estão presentes nas concepções dos ribeirinhos. A saúde da mulher e de recém nascidos têm destaque no sistema médico local. A maioria das plantas medicinais usadas é herbácea, o que corrobora a ideia da importância de plantas ―daninhas‖ em farmacopeias populares, e encontrada nos quintais, o que reflete a importância da domesticação das plantas apropriadas com fins terapêuticos. Plantas alimentícias têm grande representatividade nas farmacopeias das comunidades estudadas. Zingiber officinale Roscoe (Zingiberaceae) e Mentha cf. piperita L. (Lamiaceae) são plantas com CUP elevada em ambas as localidades. As folhas são as partes vegetais mais usadas na preparação dos remédios, sendo a decocção o método mais comum. As inundações periódicas características da várzea amazônica ditam o ritmo de cultivo e disponibilidade de remédios caseiros. A chegada de novas crenças religiosas nas comunidades tradicionalmente católicas parece ser um fator de influência no acervo de categorias nosológicas locais e no número de espécies medicinais utilizadas. As folhas de J. pectoralis forma mutuquinha apresentam epiderme unisseriada, mesofilo dorsiventral, são hipoestomáticas com estômatos diacíticos. Hidatódios foram descritos na base da lâmina foliar. O pecíolo é côncavo-convexo com feixe central colateral em forma de arco. O caule tem organização eustélica típica de eudicotiledôneas, com feixes colaterais. Tricomas tectores, tricomas secretores e litocistos contendo cistólitos ocorrem na epiderme de todos os órgãos analisados. Gotas translúcidas ocorrem em abundância nas células do parênquima clorofiliano das folhas e caules. O conteúdo dos tricomas secretores é misto, complexo e diverso, incluindo óleos essenciais, esteroides, compostos fenólicos e proteínas, e as gotas do parênquima clorofiliano contêm oleorresinas. Tais resultados indicam o grande potencial terapêutico da espécie.
Abstract: The use of medicinal plants, in association with its symbolic conceptions, have been valued in the whole world. The inhabitants of the amazonian floodplains have important collections of plants used for therapeutic purposes. The aim of this work was to realize an ethnobotanical study of the medicinal plants used in riverine communities in the Solimões River, in two localities of Manacapuru/AM and to contribute to the pharmacognostic characterization of a species with great informant agreement in the communities, Justicia pectoralis form mutuquinha (Acanthaceae) (mutuquinha). In the ethnobotanical study, informants were selected through the "snowball" method. Semi-structured interviews and participant observation were conducted. The informant agreement of species use was calculated and citations accumulation curves were constructed to compare the number of medicinal species and nosological categories listed in each locality. The anatomical and histochemical characterization of the leaves and stems of J. pectoralis forma mutuquinha was realized, according to usual laboratory methods. Informants are mostly elderly women. In both communities, 157 identified medicinal plant species distributed in 59 families were listed, besides 19 species not yet identified. The most represented families are Lamiaceae, Asteraceae, Fabaceae and Euphorbiaceae. 40% of species are exotic, featuring a dynamic pharmacopoeia. The local nosological conception is peculiar, with typical ―cultural‖ diseases. The humoral classification and the doctrine of signatures are present in the riverines‘ conceptions. Women and newborns‘ health have been highlighted in the local medical system. Most medicinal plants are herbaceous, supporting the idea of the importance of weeds in popular pharmacopoeias, and found in homegardens, which reflects the importance of domestication of plants used for therapeutic purposes. Food plants have large representation in the pharmacopoeias of the studied communities. Zingiber officinale Roscoe (Zingiberaceae) and Mentha cf. piperita L. (Lamiaceae) are plants with high informant agreement in both localities. The leaves are the most used plant parts in the preparation of medicines, decoction being the most common method. The characteristic periodic flooding of the Amazonian floodplains dictate the cycles of cultivation and availability of home remedies. The arrival of new religious beliefs in traditionally catholic communities seems to be a factor affecting the number of local nosological categories and the number of medicinal plants used. The leaves of J. pectoralis forma mutuquinha have uniseriate epidermis, dorsiventral mesophyll, are hypostomatic with diacytic stomata. Hydathodes were described at the base of the leaf blade. The petiole is concave-convex with an arc-shaped collateral central bundle. The stem has eustelic organization, typical of eudicotyledonous, with collateral bundles. Non- glandular and glandular trichomes and litocysths containing cystoliths occur in the epidermis of all the analyzed organs. Translucent droplets occur in abundance in cells of the chlorenchyma of the leaves and stems. The content of the glandular trichomes is mixed, complex and diverse, including essential oils, steroids, phenolic compounds and proteins and the chlorenchyma droplets contain oleoresins. These results indicate a great therapeutic potential of the species.
Palavras-chave: Plantas medicinais
Etnobotânica
Justicia pectoralis
Área(s) do CNPq: CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Ciências Biológicas (Botânica)
Citação: CASSINO, Mariana Franco. Estudo etnobotânico de plantas medicinais em comunidades de várzea do rio Solimões, Amazonas e aspectos farmacognósticos de Justicia pectoralis Jacq. forma mutuquinha (Acanthaceae). Manaus: [s.n.], 2010. xi, 135 f.. Dissertação (Ciências Biológicas (Botânica)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/2046
Data de defesa: 13-Abr-2010
Aparece nas coleções:Mestrado - BOT

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Mariana Franco Cassino.pdf2,5 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons