Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2048
Tipo do documento: Dissertação
Título: As Lecythidaceae Poit. Na reserva de desenvolvimento sustentável do Tupé
Autor: Matta, Luisa Brasil Viana 
Primeiro orientador: Scudeller, Veridiana Vizoni
Resumo: Lecythidaceae é uma família pantropical que possui aproximadamente 300 espécies em 17 gêneros. No Brasil ocorrem 122 espécies de 9 gêneros, distribuídos por todo o país, mas sua maior diversidade ocorre na Floresta Amazônica onde é uma das famílias mais abundantes. É conhecida no mundo todo como “Brazil nut family” por causa das sementes de Bertholletia excelsa, a castanha-do-Brasil, que é a espécie comercialmente mais importante da família. Apesar de figurar como uma das famílias mais importantes da Amazônia, existem poucos estudos morfológicos e anatômicos para o grupo. Sua coleta em estádio fértil é dificultada pela altura das árvores e pela irregularidade das épocas de floração e frutificação, e, também, porque suas espécies são muito similares em sua morfologia vegetativa, sendo muito difícil determiná-las quando estão estéreis. Diante disso, o presente trabalho teve como objetivos principais fazer o tratamento taxonômico de 10 espécies de Lecythidaceae e buscar caracteres da anatomia foliar que sejam úteis na identificação dessas espécies. Foram observados 57 caracteres da morfologia externa, tanto vegetativos quanto reprodutivos, e 84 caracteres da anatomia foliar. Eles serviram como base na elaboração de chaves de identificação e descrições das espécies. A partir dos caracteres da morfologia externa foi possível elaborar uma chave de identificação com caracteres reprodutivos e vegetativos e uma chave apenas com caracteres vegetativos, que se mostraram confiáveis na identificação das espécies. Os caracteres da anatomia foliar foram utilizados na elaboração de uma chave de identificação baseada no padrão de venação foliar e uma chave baseada em caracteres da lâmina foliar, nervura central e pecíolo. O padrão de venação foi muito similar entre as espécies e não se mostrou um bom auxiliar na taxonomia das Lecythidaceae. As demais características anatômicas tiveram diferenciações mais significativas entre as espécies. Na nervura central foram encontrados os caracteres mais importantes e confiáveis para a identificação das espécies estudadas. Como as folhas são encontradas durante todo o ano nas árvores torna-se possível identificar as espécies mesmo em estágio vegetativo a partir de técnicas simples e rápidas de anatomia.
Abstract: The pantropical Lecythidaceae is a family which includes 17 genera and approximately 300 species. In Brazil, 122 species in 9 genera are distributed throughout the country, but they are most diverse in the Amazon rainforest where it is one of the most abundant families. It is known worldwide as "Brazil nut family" because the seeds of Bertholletia excelsa, which is the commercially most important species of the family. As although it is one of the most important families in the Amazon there are few anatomical and morphological studies of the family. The collection of fertile material is hampered by the height of the trees and the irregularity of flowering and fruiting. Because species are very similar in vegetative morphology, it is very difficult to identify them when they are sterile. Thus, this study we examined the morphology of 10 species of Lecythidaceae and sought useful characters of leaf anatomy to determine these species. We observed 57 external morphology characters, both vegetative and reproductive, and 84 leaf anatomy characters. These served as a basis for the development of identification keys and descriptions of the species. From the external morphological characteres we made a key to identification using both reproductive and vegetative characters and also a key using only vegetative characters, which proved reliable in species identification. The characters of leaf anatomy were used to prepare a another key based on the pattern of leaf venation and a further key based on characters of the leaf blade, midrib and petiole. The venation pattern was very similar among species and was not considered a helpful character in taxonomy of Lecythidaceae and other anatomical features were more important in separating the species. The midrib showed the most important characters for reliably determining the species. Because the leaves are found throughout the year in the trees, it makes possible to identify the species even in the vegetative stage using simple and quick techniques of leaf anatomy.
Palavras-chave: Lecythidaceae
Taxonomia de plantas
Morfologia de plantas
Área(s) do CNPq: BOTANICA::BOTANICA APLICADA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Ciências Biológicas (Botânica)
Citação: MATTA, Luisa Brasil Viana. As Lecythidaceae Poit. Na reserva de desenvolvimento sustentável do Tupé. Manaus: [s.n.], 2011. xiv, 143 f.. Dissertação (Ciências Biológicas (Botânica)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/2048
Data de defesa: 13-Jun-2011
Aparece nas coleções:Mestrado - BOT

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_Luisa Brasil Viana Matta.pdf20,17 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons