Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2050
Tipo do documento: Tese
Título: Caracterização morfológica e físico-química de frutos e sementes de Astrocaryum aculeatum Meyer (Arecaceae) de uma floresta secundária
Autor: Leitão, Antonio Machado 
Primeiro orientador: Mendonça, Maria Silvia de
Resumo: Astrocaryum aculeatum Meyer, conhecida vulgarmente como tucumã ou tucumanzeiro, é uma palmeira que se encontra distribuída na Amazônia, e provavelmente originária do Amazonas - Brasil, onde se verifica uma grande diversidade desta espécie. Apresenta uso variado e tem relevante importância socioeconômica para os povos amazônidas, em especial na alimentação pelo emprego de seus frutos. O presente trabalho aborda aspectos morfológicos, morfométricos e estudos químicos e físico-químicos dos frutos e das sementes desta palmeira. O material foi colhido em área de floresta secundária em regeneração. O fruto é uma drupa, que apresenta diâmetro longitudinal e transversal com valores médios máximos iguais a 53,31 e 50,34mm, respectivamente, com forma que pode variar de obovóide a globosa e, com menor freqüência, subglobosa. A massa fresca do fruto apresenta massa média de 47,44g, com valor médio máximo de 72,46g. Quando maduro apresenta coloração verde-amarelada, podendo ou não apresentar rachaduras no epicarpo. O mesocarpo, que representa 1/5 da massa fresca total do fruto tem coloração amarelo- alaranjada, é carnoso, comestível, de sabor agradável, com alto conteúdo teor de lipídios (25,19 %) e carboidratos (19,25 %) e razoáveis teores de proteína (3,39 %), que contribuem para o seu alto valor calórico (320 calorias). Contém, ainda, elevado conteúdo de fibras (28,71 %) e quantidades razoáveis de elementos minerais (com 88,09 mg de Ca; com 85,72 mg de K), principalmente micro minerais (com 576,93 μg de Fe; com 213,94 μg de Zn; com 388,28 μg de Cr; e com 189,42 μg de Mn), o que o caracteriza como um fruto altamente nutritivo. O pirênio tem forma semelhante ao fruto, com diâmetro longitudinal e transversal de 43,31 e 35,46mm, respectivamente. A massa média fresca do pirênio é de 26,15g, que representa mais da metade da massa fresca total do fruto; apresenta três poros germinativos, dispostos como vértices de um triângulo, e é formado por fibras lenhosas, espessas e consistentes. A semente apresenta forma globosa com superfície de coloração marrom claro, com saliência, e endosperma branco. O embrião é pequeno, reto e cilíndrico.
Abstract: Astrocaryum aculeatum Meyer, known popularly as tucumã or tucumanzeiro, is a palm tree that occurs in Amazon regions with a great diversity. It is used in many different ways. It also has a social economic importance for the local communities in specially because of the edible pulp extracted from this fruit. This work has the main objective to study the morphological and morphometrical aspects of fruits and seeds of this palm tree. Fruits were collected from a secondary forest in regeneration process. The fruit is a drupe, with longitudinal and transversal diameter that presents mean values of 53,31 and 50,34 mm respectively. Its form that varies from ovoid to globular shape and with less frequency subglobular. The dry matter shows mean values of 47,44 g, with the maximum mean value of 72,46g. When the fruits were mature showed green-yellow that may or pray not show craks in the epicarpo. The mesocarp represents 1/5 of the total fresh matter weight of the fruits end shows yellowish-orange color. Its fruit is fleshy and edible with a delicious taste and high values contents of lipids (25,19 %), carbohydrates (19,25 %) and reasonable amount of proteins (3,39 %), which contribute to its high caloric value ( 320 calories). It also contains high values of fibers ( 28,71 %) and reasonable mineral nutrients (88,09 mg of Ca; 85,72 mg of K), mainly micro nutrients (576,93 μg of Fe; 213,94 μg of Zn; 204,71 μg of Cu; 388,28 μg of Cr; 189,42 μg of Mn), which classifies this fruit with high nutritive potential. The pyrene has its form similar to the fruits, with longitudinal and transversal diameter values of 43,31 and 35,46 mm, respectively. The mean fresh matter of pyrene was 26,15 g, that represents more than half of the total fresh matter of the entire fruit; it presents three germinative pores that are set like vertices of a triangle that contains consistent woody thick fibers. The seed has a globular shape with brownish color surface with protuberance and white endosperm. The embryo is small, straight and cylindric.
Palavras-chave: Tucumã
Palmeiras
Astrocaryum aculeatum
Área(s) do CNPq: BOTANICA::MORFOLOGIA VEGETAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Ciências Biológicas (Botânica)
Citação: LEITÃO, Antonio Machado. Caracterização morfológica e físico-química de frutos e sementes de Astrocaryum aculeatum Meyer (Arecaceae) de uma floresta secundária. Manaus: [s.n.], 2008. xi, 91 f.. Tese (Ciências Biológicas (Botânica)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/2050
Data de defesa: 30-Out-2008
Aparece nas coleções:Doutorado - BOT

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese_Antonio Machado Leitão.pdf6,12 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons