Exportar este item: EndNote BibTex

Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://bdtd.inpa.gov.br/handle/tede/2051
Tipo do documento: Tese
Título: Análise morfoanatômica das folhas e casca de Aspidosperma nitidum Benth e Aspidosperma marcgravianum Woodson (Apocynaceae) com abordagem farmacognóstica e etnofarmacológica
Autor: Añez, Rogério Benedito da Silva 
Primeiro orientador: Mendonça, Maria Silvia de
Resumo: No presente trabalho foi realizado o estudo etnofarmacológico com Aspidosperma nitidum e A. marcgravianum, conhecidas pelas comunidades Nossa Senhora Aparecida (Silves-AM) e Urubuí (Presidente Figueiredo-AM) como “carapanaúba”. Entretanto, os moradores dessas comunidades conhecem e indicam como carapanaúba apenas Aspidosperma nitidum tendo o seu uso mais comum para o tratamento de afecções do fígado e do estômago. A casca do caule é a parte utilizada pelos comunitários para tratar as enfermidades descritas. Pela proposta elaborada neste estudo, folhas e casca de Aspidosperma nitidum e Aspidosperma marcgravianum tiveram a anatomia investigada com o objetivo de identificar estruturas anatômicas e ainda averiguar qual seria dentre elas a indicada na medicina popular. Amostras da folha e da casca de A. nitidum e A. marcgravianum foram submetidas ao processo histológico segundo técnicas usuais de microscopia de luz. Ambas espécies possuem similaridades estruturais na folha e na casca. Contudo, quanto a coloração do limbo, presença e ausência de esclereides e conformação do sistema vascular da folha, essas características podem ser usadas na separação taxonômica entre as espécies estudadas. Destaca-se a presença de laticíferos na casca e na folha de A. nitidum e A. marcgravianum. No screening fitoquímico os principais compostos detectados nas folhas e casca das duas espécies foram cumarinas, taninos condensados, glicosídeos cardiotônicos e alcalóides. Estudos detalhados para isolamento e purificação de alcalóides de A. nitidum e A. marcgravianum são recomendados. Dessa forma, indica-se a continuidade da exploração da casca nas comunidades tradicionais, como sempre foi feito, e a exploração das folhas pela indústria, nos trabalhos futuros de bioprospecção.
Abstract: In this present paper was realized a ethnopharmacological study with Aspidosperma nitidum and A. marcgravianum known as “carapanaúba”at “Nossa Senhora Aparecida (Silves-AM) community and “Urubuí (Presidente Figueiredo-AM) community. However, the livers at those communities know and indicates just A. nitidum using it for treatment of liver and stomach diseases. The stem bark is the part used by community livers for treatment of this disease above. For the purpose of this paper, leaves and bark of A. nitidum and A. marcgravianum were analysed in anatomy studies aiming to identify anatomic structures and so to verify how specie of the two was indicated in folk medicine. Samples of leaf and bark of A. nitidum and A marcgravianum were subimmited to histological process according to usual techniques of optical microscope. Both of these species have structural similarity in leave and in bark. However, for the limb coloration, presence or absence of sclereids and the morphology of mid bundle, these characteristic can be used to separate the species taxonomically. Laticifers can be found in bark and leaf of A. nitidum and A. marcgravianum. In phytochemical screening the main detected compounds at leaves and bark from two species are cumarina, condensed tannins, cardiotonic glicosides and alkaloids. Detailed studies for alkaloids isolation and purification to A. nitidum and A. marcgravianum are recommended. So this way, it can be indicate barks for communities explorations, as they had done lately, and the exploration from the leaves for industries, in later study of bioprospection.
Palavras-chave: Carapanaúba
Aspidosperma
Anatomia vegetal
Área(s) do CNPq: CIENCIAS BIOLOGICAS::FARMACOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia
Sigla da instituição: INPA
Departamento: Coordenação de Pós Graduação (COPG)
Programa: Ciências Biológicas (Botânica)
Citação: AÑEZ, Rogério Benedito da Silva. Análise morfoanatômica das folhas e casca de Aspidosperma nitidum Benth e Aspidosperma marcgravianum Woodson (Apocynaceae) com abordagem farmacognóstica e etnofarmacológica. Manaus: [s.n.], 2009. xi, 126 f.. Tese (Ciências Biológicas (Botânica)) - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://localhost:8080/tede/handle/tede/2051
Data de defesa: 10-Fev-2009
Aparece nas coleções:Doutorado - BOT

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Tese_Rogério Benedito da Silva Añez.pdf6,69 MBAdobe PDFBaixar/Abrir Pré-Visualizar


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons